Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314389
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Ação de angiotensina II sobre macrofagos peritoneais de camundongos normais e diabeticos
Author: Belline, Paula
Advisor: Figueiredo, Jose Francisco, 1942-
Abstract: Resumo: O Sistema Renina Angiotensina (SRA) é um mecanismo importante para a regulação da homeostase cardiovascular via balanço de sódio em indivíduos normais e hipertensos. Recentemente, diversos trabalhos têm comprovado a existência de um SRA local em diferentes tecidos, inclusive em células do Sistema Imunológico. Nosso estudo teve como objetivo analisar em cultura a ação de Angiotensina II (AlI) sobre algumas funções de macrófagos provenientes do peritôneo de camundongos (BALB/c e NOD - Diabéticos Não Obesos). Primeiramente, determinamos a curva dose-resposta de Angiotensina II (AII) com relação à atividade fagocitária nos períodos de 1 e 3 horas de tratamento. Verificamos que a dose de AII que estimulou a fagocitose foi 10-12 M. Para verificarmos a presença de receptores de AII, determinamos também uma curva dose-resposta do antagonista do receptor ATl, DuP 753, conhecido comercialmente como Losartan®. O protocolo com DuP 753 foi realizado na presença e ausência de AII. Nossos resultados mostraram que apesar de inibirmos a atividade fagocitária em diferentes concentrações de DuP, a maior inibição, tanto em animais normais quanto em animais diabéticos, foi com a dose de 1 O-6 M. Em seguida resolvemos avaliar o efeito citotóxico de DuP 753 para comprovarmos que seu efeito inibitório não foi causado por uma alteração da viabilidade celular. Realizamos 3 testes de citotoxicidade: MTT (Brometo de [3-( 4,5-dimetiltiazol-2-il]-2,5 difeniltetrazolio), análise do conteúdo de ácidos nucléicos (CAN) e a liberação de lactato desidrogenase (LDH). Os 3 testes comprovaram que DuP 753 nas concentrações utilizadas não exerceu efeito tóxico para macrófagos em cultura. Além da atividade fagocitária, analisamos também a produção do radical superóxido através da redução do ferricitocromo c. Nossos resultados demonstraram que a dose estimuladora de AII (10-12 M) e a dose inibitória de DuP (10-6 M) com relação à atividade fagocitária das células, não alteraram a produção do ânion superóxido. Isto mostra que a função fagocitária e a produção do radical superóxido são ativadas provavelmente por concentrações diferentes de AII. Finalmente demonstramos por imunofluorescência os tipos de receptores de AII presentes em macrófagos BALB/c e NOD. Verificamos a existência de receptores do tipo ATI e AT2 e que o tratamento das células com AII e DuP parece alterar o número destes receptores. Isto comprova a influência do SRA sobre a função fagocitária de uma das células do Sistema Imunológico

Abstract: The Renin Angiotensin System (RAS) is an important regulatory mechanism of cardiovascular homeostasis in normal and hypertensive subjects. Recently, several reports have been showed the existence of a local RAS in different cells and tissues, inclusive immunological cells. The aim of this study was evaluated in culture the effect of Angiotensin II (AII) on peritoneal mice macrophages (BALB/c and Non Obese Diabetic - NOD). The dose response curve of AII on phagocytic activity was determined during 1 and 3 hours of treatment and the stimulant dose of the phagocytosis was AII 10-12 M. To verify if this stimulus was obtained through AT1 receptor, the dose response curve of DuP 753 was determined. The protocol with DuP 753 was realized in the presence and absence of AII. The results showed that the inhibition of the phagocytic activity occurred in different concentrations of DuP, but the higher inhibition, in normal and diabetic animals, it was with 10-6 M. In order to evaluate the cytotoxic effect of DuP 753 and to show that the inhibition effect was not caused by an alteration of the cellular viability, were realized 3 cytotoxic assays: MTT reduction, analysis of nucleic acid content (NAC) and lactate dehydrogenase release (LDH). All assays indicated that cell viability was maintained afier treatment with DuP 753 in concentrations used. In addition of the phagocytic activity, the effect of AII and DuP 753 in production of superoxide anions was also investigate through the ferricytochrome c reduction. The results demonstrated that the phagocytic stimulant dose of AII (10-12 M) and the inhibition phagocytic dose of DuP (10-6 M) did not influence the superoxide production of macrophages. These results showed that the phagocytic function and superoxide production are probably activated by different concentrations of AII. Finally, an immunofluorescence study was performed in order to identify the type of AII receptors are present in BALB/c and NOD macrophages. The treatment of the cells with AII and DuP changed the immunoreactive of AT1 and AT2 receptors. This shows the influence of RAS on the function and metabolism of lmmunological Cell System
Subject: Macrofagos
Angiotensina
Diabetes Mellitus
Fagocitose
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Belline_Paula_D.pdf5.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.