Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314189
Type: TESE
Title: Mecanismos moleculares envolvidos na modulação redox da secreção e ação da insulina em ilhotas pancreáticas, fígado e músculo esquelético de camundongos desnutridos submetidos à obesidade experimental
Title Alternative: Molecular mechanisms involved in redox modulation of insulin action and secretion in pancreatic islets, liver and skeletal muscle of undernourished mice undergoing experimental obesity
Author: Cappelli, Ana Paula Gameiro, 1984-
Advisor: Carneiro, Everardo Magalhães, 1955-
Abstract: Resumo: Neste trabalho estudamos o efeito da desnutrição, obesidade e da suplementação com taurina na sensibilidade à insulina nos tecidos muscular e hepático, e sobre a secreção de insulina. Foram utilizados camundongos C57BL6 machos controle (C), controle + dieta hiperlipídica (CH) e controle + dieta hiperlipídica + taurina (CHT), restrito (R), restrito + hiperlipídica (RH) e restrito + hiperlipídica + taurina (RHT). Os animais receberam dieta entre os 21 e 105 dias de vida. Após esse período os animais receberam uma aplicação intraperitoneal de salina ou glicose (2g/Kg) e foram sacrificados. Medimos o conteúdo protéico da SOD1, GPx1, CAT, p-IR, p-AKT, p-PTP1B e p-PTEN no fígado e músculo. Verificamos a secreção de insulina em ilhotas expostas a alta concentração de glicose (16,7mM) + DPI (inibidor da NADPH oxidase). Nossos resultados mostraram que a taurina foi eficiente em melhorar a sinalização da insulina no fígado, na presença ou não de uma carga de glicose e mostrou, também, uma possível associação entre o efeito observado no conteúdo da p-PTEN sobre a atividade da AKT nos grupos CHT e RHT, porém sem alteração no teste de sensibilidade à insulina. Nossos resultados sugerem que a taurina atua na modulação redox da PTEN, favorecendo a sinalização da insulina no tecido hepático tanto no grupo CHT quanto no grupo RHT. Em adição, notamos que a suplementação com taurina aumenta o conteúdo protéico das enzimas antioxidantes no tecido muscular, no grupo RHT. A suplementação com taurina, apesar de não ter apresentado diferença estatística, parece atenuar o efeito causado pela dieta hiperlipídica no grupo CHT sobre a sinalização da insulina no músculo, porém sem efeito sobre o grupo RHT. Dessa maneira, concluímos que a taurina no grupo CH melhora a sinalização da insulina, no fígado e músculo, e a tolerância à glicose, sem alteração da secreção de insulina. No grupo RH, a taurina melhora a sinalização da insulina no fígado, mas não altera a sinalização da insulina no músculo e melhora parcialmente, sem diferença estatística, a tolerância à glicose, sem alteração da secreção de insulina. Assim, a suplementação com taurina poderia ser utilizada como terapia complementar no tratamento da resistência à insulina e diabetes tipo 2, no entanto, essa terapia seria mais eficiente em indivíduos que receberam dieta normoproteica e hiperlipídica do que em indivíduos que receberam dieta hipoproteica e hiperlipídica

Abstract: We studied the effect of malnutrition, obesity and taurine supplementation on insulin sensitivity in liver and muscle, and on insulin secretion. Male mice C57BL6 control (C), control + fat diet (CH) and control + fat diet + taurine (CHT), restricted (R), + restricted diet (HR) and restricted + fat diet + taurine (RHT) were treated between 21 and 105 days old. After this period the animals received intraperitoneal saline or glucose (2g/Kg) and were sacrificed. We measured the protein content of SOD1, GPx1, CAT, p-IR, p-AKT, p-PTEN and p-PTP1B in liver and muscle. We also measured insulin secretion in islets exposed to high glucose concentration (16,7mM) + DPI (inhibitor of NADPH oxidase). Our results showed that taurine was effective in improving insulin signaling in the liver, when stimulated or not with a glucose load, and also showed a possible association between the content of p-PTEN on the activity of AKT in CHT and RHT groups, but no change in insulin sensitivity test. Our results suggest that taurine has a role on the redox PTEN modulation, favoring the signaling of insulin in the hepatic tissue in both CHT and RHT groups. In addition, we noted that taurine supplementation increases antioxidant enzyme protein content in muscle in the RHT group. The taurine supplementation, although not statistically different, seems to attenuate the effect caused by high fat diet in the CHT groups on the insulin signaling in muscle, but no effects on RHT group were reported. Thus, we concluded that taurine in CH group improves insulin signaling in liver and muscle, as well as glucose tolerance, without alteration in insulin secretion. In RH group, taurine improves insulin signaling in the liver, but does not alter insulin signaling in muscle and improves partly glucose tolerance, without alteration in insulin secretion. Thus, supplementation with taurine could be used as adjunctive therapy in the treatment of insulin resistance and type 2 diabetes, however, this therapy would be more efficient in subjects who received normal and hyperlipidic diets than in subjects who received high-fat and low-protein diets
Subject: Desnutrição
Obesidade
Taurina
Reação de oxidação-redução
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cappelli_AnaPaulaGameiro_D.pdf5.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.