Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314120
Type: TESE
Title: Efeitos de lesões neuroquimicas unilaterais no complexo paleoestriatal em pombos (Columba livia) : correlatos comportamentais e morfologicos
Author: Toyoda, Margarete Satie Suono
Advisor: Ferrari, Elenice Aparecida de Moraes, 1945-
Abstract: Resumo: Estudos neuroanatômicos e histoquímicos têm mostrado uma homologia entre o complexo paleoestriatal (CP) de aves e os núcleos da base de mamíferos. O presente estudo teve como objetivos investigar as funções do CP sobre o desempenho locomotor e a aprendizagem de escolha espacial e as possíveis mudanças morfológicas em diferentes períodos de recuperação pós-lesão. Os sujeitos foram atribuídos a grupos, segundo o tipo de lesão, em SHAM-GS (lesão simulada com injeção de 1 ul de tampão fosfato 0,1M no CP unilateral) e EXPERIMENTAL-GE (lesão neuroquímica com injeção de 10 ul de ácido ibotênico (IBO) na concentração de 1 ug/ul em tampão fosfato 0,1M no CP unilateral) e de acordo com o período de recuperação pós-lesão em 1, 7 e 15 dias. Os animais foram submetidos aos testes comportamentais (locomoção e aprendizagem de escolha espacial) antes (PRÉ) e após (PÓS) a cirurgia, em uma câmara experimental (50x50x115 cm), com porta frontal em vidro espelhado unidirecional. A posição dos comedouros foi revertida a cada 4 sessões na condição PÓS. O tecido nervoso foi analisado por microscopia óptica e eletrônica, utilizando também animais normais e com 1 dia de lesão somente para comparação morfológica. Em conjunto, os dados comportamentais e morfológicos mostraram que, após as lesões neuroquímicas por IBO, os animais apresentaram déficits motores, de caráter transitório, relacionados com o equilíbrio e a postura. Após um período de 15 dias pós-lesão, os animais apresentaram padrões posturais semelhantes aos do GS e normal, evidenciando a recuperação do comportamento. As alterações morfológicas foram bastante notórias, principalmente 24 horas após a lesão, caracterizando-se por extensos danos celulares, das fibras nervosas, dos contatos sinápticos e do ambiente extracelular. Comparações intergrupos indicaram que o GS15 apresentou latências de locomoção significativamente maiores em relação ao GE15 (p<0,05) na primeira sessão de reversão dos comedouros (condição PÓS2). Comparações intragrupos indicaram diferenças significativas para a latência de escolha do GE7, entre a quarta sessão PRÉ e a primeira sessão PÓS 1, e para a latência de locomoção do GEI5, entre a quarta sessão PÓSl e a primeira PÓS2. Os dados sugerem a participação do CP na organização de padrões motores e fornecem evidências do seu envolvimento funcional com estruturas do sistema límbico

Abstract: Neuroanatomical and histochemical studies have proposed an homology between the paleostriatal complex (PC) of the birds and the basal ganglia (BS) of the mammals. The purposes of the present work were to investigate the functions of the paleostriatal complex on the organization of motor processes' and on spatial choice learning and the correlations with morphological changes after neurochemical lesions. The pigeons (Columba livia) were assigned in groups according to the lesion in SHAM-GS (simulated lesion with unilateral injection of the 1 ul of the phosphate buffer 0,1M in the PC) or EXPERIMENTAL -GE (neurochemical lesion with unilateral injection of the 10 ul of the ibotenic acid in the concentration of the 1 ug/ul in phosphate buffer 0,1M), with subgroups for 7 or 15 days postlesion recovery period. All animals had 4 behavioral tests (locomotion and spatial choice learning) during the PRE-lesion condition and 4 or 12 sessions during the POST-lesion condition. The tests ocurred in one experimental chamber (50x50x115 cm), that had a front door of the unidiretional mirror. The food hoppers were changed each 4 sessions during the condition POST. The nervous tissue was analysed by optical and transmission electronic microscopy, using normal and 1 day lesioned animals, just for morplogical comparisons. Behavioral data showed that ibotenate-induced lesions animals demonstrated transitory motor disturbances. 15 days after lesion, the experimental animals had completely recovery of postural patterns with no difference compared to SHAM and non-lesioned animals. Morplological changes were notorious, mainly 1 day after lesion, with pathological characteres in cells, nervous fibers, synapses and extracelular environment. Comparisons between groups indicated that the GS15 had higher values of locomotion latency (p<0,05), in comparison to GE15, on the first session of the condition POST2. Comparisons intragroups indicated significance differences of choice latency values for experimental birds on the fourth PRE and first POSTI sessions (p<0,05). The results suggest the participation of the PC in the motor patterns organization and point to its functional relationship with limbic system structures
Subject: Pombo
Morfologia (Animais)
Pombo - Comportamento
Traumatismos encefálicos
Plasticidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Toyoda_MargareteSatieSuono_M.pdf13.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.