Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314093
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Efeito de um programa de terapia manual sobre a variabilidade da frequência cardíaca e indicadores de estresse em vestibulandos
Title Alternative: Effect of a manual therapy program (MTP) on heart rate variability (HRV) and on indicators of stress in school students
Author: Ferreira, Heloisa Aparecida, 1966-
Advisor: Grassi-Kassisse, Dora Maria, 1964-
Kassisse, Dora Maria Grassi, 1964-
Abstract: Resumo: O processo seletivo para ingresso nas universidades públicas brasileiras é competitivo e um agente estressor para adolescentes. Técnicas de relaxamento, propostas pela terapia manual (TM), são utilizadas em diferentes populações para redução de sintomas de estresse. Objetivamos, neste trabalho, avaliar os efeitos de um programa de terapia manual (PTM) sobre a variabilidade da frequência cardíaca (VFC) e indicadores de estresse em vestibulandos. O estudo seguiu o desenho experimental longitudinal com análises pré-pós-programa em população única. Sessões de TM foram aplicadas, 40-50 min, 2x/semana, ao longo de nove semanas. O estudo da variabilidade da frequência cardíaca foi utilizado para avaliar o efeito do PTM sobre o tônus do sistema nervoso autonômico sobre o coração. Para o estudo da VFC, registramos a frequência cardíaca (FC, bpm) durante 15 min em 16 voluntários em posição supina (18 a 20 anos; 8 mulheres e 8 homens) antes e após a primeira e última sessão de TM, S810i - Polar® -Finlândia. A VFC foi avaliada nos 5 min centrais (Kubios HRV Analysis Software). Os indicadores de estresse escolhidos foram o instrumento psicológico ¿ questionário de estresse para adolescentes (QEA) e a concentração e ritmicidade de produção de cortisol (Alka, ng/mL). O estudo estatístico foi realizado utilizando o programa GraphPad Prism versão 5.00 para Windows. A normalidade dos resultados foi testada utilizando os testes de Kolmogorov Smirnov. Quando adequado, utilizamos os testes: ANOVA seguido de Tukey ou t Student pareado e não pareado ou Kruskal-Wallis seguido de Dunns. Os resultados foram considerados significativos quando os valores de p foram menores que 5%. PTM reduziu (p<0,05) os valores do QEA de 143,1±8,8 para 114±7,1 e da FC (bpm) de 80,68 (128,8-64,26) para 69,6 (93,44-56,86). A TM causou efeito agudo induzindo queda na concentração de cortisol após as sessões e crônico, pois a concentração de cortisol no momento antes da última sessão estava abaixo daquela antes do início do programa. A concentração de cortisol (ng/mL) foi de 15,9±0,9 para 12,0±0,9 após todo o PTM. A ritmicidade de produção de cortisol, desta população, apresentou-se normal e foi preservada ao longo das 9 semanas. A concentração de cortisol avaliada em AUC (ng/mL) foi mais elevada no dia da prova de vestibular e as amostras do meio-dia e das 20 h apresentaram os valores mais elevados neste dia. Efeitos agudos da TM foram identificados nas análises do domínio da frequência e do tempo nos registros da VFC. Os efeitos na VFC foram devido ao aumento na atividade do tônus parassimpático e atividade global do coração. Os resultados deste estudo permitem concluir que a TM é eficaz em sessão única e ao longo de um programa induzindo efeitos agudos e crônicos. O efeito crônico, possível plasticidade neural, foi observado na redução na concentração de cortisol antes da última sessão de TM e este pode ser o fator responsável pela predominância do tônus do sistema nervoso parassimpático sobre o coração registrado nestes voluntários

Abstract: The selective process for admission to the Brazilian public universities is competitive and one stressor for adolescents. Relaxation techniques, proposed by manual therapy (MT) are used in different populations to reduce stress symptoms. We aim in this study evaluate the effects of a manual therapy program (MTP) on heart rate variability (HRV) and on indicators of stress in school students. The study followed a longitudinal experimental design with pre- post- analysis program in a single population. MT sessions, 40-50 min, twice a week were applied over nine weeks. The study of heart rate variability was used to assess the effect of MTP on the heart autonomic nervous system tonus. For the study of HRV, we recorded heart rate (bpm) for 15 min in 16 volunteers in the supine position (18 to 20 years, 8 women and 8 men) before and after the first and last session of MT, S810i - Polar ® - Finland. HRV was evaluated in 5 min stations (Kubios HRV Analysis Software). The stress indicators chosen were the psychological instrument - the questionnaire of stress for adolescents (ASQ) and the concentration and rhythm of cortisol production (Alka , ng/mL) . Statistical analysis was performed using the program GraphPad Prism version 5.00 for Windows. The normality of the results was tested using the Kolmogorov-Smirnov test. Where appropriate, we use the following tests: ANOVA followed by Tukey or t Student paired or unpaired or Kruskal-Wallis followed by Dunns. Results were considered significant when P values were less than 5 %. MTP reduced (p < 0.05) values of the ASQ 143.1±8.8 to 114±7.1 and HR (bpm) to 80.68 (from 128.8 to 64.26) to 69.6 (93.44 to 56.86). The MT induced acute decrease in cortisol concentration after the sessions and chronic effects since the concentration of cortisol in the time before the last session was below that observed before the beginning of the program. The concentration of cortisol (ng/mL) was 15.9±0.9 to 12.0±0.9 after the end of MTP. The rhythm of cortisol production of this population was normal and was preserved over 9 weeks. Cortisol levels measured in AUC (ng/mL) was higher on race day and vestibular samples noon and 20 h showed the highest values for this day. Acute effects of MT have been identified in the analysis of frequency and time domain of HRV. These alterations were due to an increase in parasympathetic tone and overall activity of the heart activity. The results of this study allow us to conclude that MT is effective in one session and throughout a program inducing acute and chronic effects. The chronic effect, possible neural plasticity was observed as a reduction in the concentration of cortisol before the last session of MT and this may be the cause for the predominance of the tone of the parasympathetic nervous system on the heart recorded in these volunteers
Subject: Estresse
Cortisol
Terapia manual
Adolescentes
Variabilidade da frequência cardíaca
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferreira_HeloisaAparecida_D.pdf2.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.