Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314091
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Study of lipolytic activity of isolated adipocytes of epididymal adipose tissue and of energy metabolism of rats from two models of hypertension = genetic and induced = Estudo da atividade lipolítica de adipócitos isolados do tecido adiposo epididimal e do metabolismo energético de ratos provenientes de dois modelos de hipertensão: genética e induzida
Title Alternative: Estudo da atividade lipolítica de adipócitos isolados do tecido adiposo epididimal e do metabolismo energético de ratos provenientes de dois modelos de hipertensão : genética e induzida
Author: Ishizu, Larissa Yuri, 1986-
Advisor: Grassi-Kassisse, Dora Maria, 1964-
Kassisse, Dora Maria Grassi, 1964-
Abstract: Resumo: A hipertensão é a doença cardiovascular mais comum. A resposta ao estresse é constituída pela ativação do sistema nervoso simpático e do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal. Estudos sugerem que tais mecanismos sejam centrais na hipertensão essencial. Distúrbios metabólicos têm sido observados na hipertensão essencial, e podem ser decorrentes dos hormônios do estresse. O objetivo deste trabalho foi a caracterização dos hormônios do estresse, parâmetros metabólicos, a sensibilidade lipolítica de adipócitos epididimais isolados e a expressão de proteínas relacionadas de ratos Wistar com hipertensão induzida pela ingestão crônica de NG-nitro-L-arginine methyl ester (40mg/kg por dia, a partir da 10ª semana de vida, por 5 semanas) (grupo L-NAME) e de ratos espontaneamente hipertensos (grupo SHR), comparados com seus controles, Wistar (grupo W) e Wistar Kyoto (grupo WKY), respectivamente. Comparações entre ambos os controles e ambos os hipertensos também foram realizadas. O peso corpóreo, ingestão alimentar e hídrica e taxa metabólica de repouso foram feitas na 7ª e na 14ª semana de vida. A coleta de sangue para análises séricas e de tecidos (para medida de peso, morfometria de adipócitos, ensaio funcional com adipócitos epididimais isolados e análise de expressão por Western Blot) e a eutanásia ocorreu nos ratos anestesiados, submetidos a jejum prévio de 12-16 h, na 15ª semana de vida, por volta das 9:00h da manhã. Altas concentrações circulantes de catecolaminas e corticosterona foram observadas nos grupos L-NAME, SHR e WKY, mas não em W. O L-NAME exibiu respostas metabólicas típicas do estresse agudo, pois além da menor adiposidade, reduziu a sua ingestão alimentar. O WKY exibiu algumas alterações típicas do estresse crônico, como menor taxa metabólica e reduzida expressão de UCP3 na musculatura esquelética. O SHR apresentou alterações que podem ser relacionadas a uma possível hiperfunção da tireoide, como aumento da ingesta alimentar e da taxa metabólica de repouso e menor adiposidade. Houve aumento da lipólise mediada por adrenoceptores beta-2 no grupo L-NAME se comparado ao Wistar, mas sua expressão não foi diferente. Entretanto, apresentou menor expressão de adrenoceptores-beta-1, receptor de adenosina A2 e perilipina e aumento de HSL. Por outro lado, o grupo SHR apresentou inibição da lipólise mediada por adrenoceptores beta-2 comparado ao WKY, devido ao seu efeito promíscuo de associação a proteínas Gi, sem alteração na expressão destas proteínas. No entanto, apresentou alta expressão de ATGL e de perilipina. Em resumo, nossos resultados constataram algumas alterações metabólicas em ambos os grupos hipertensos e no normotenso WKY, que podem ser atribuídas aos hormônios do estresse, cuja presença em altas concentrações no grupo WKY não foi suficiente para desenvolver a sua hipertensão. O presente trabalho também evidenciou uma função alterada do adrenoceptor beta-2 em adipócitos epididimais isolados no estado hipertensivo, o que já foi descrito em cardiomiócitos e que pode ter função protetora

Abstract: Hypertension is the most common cardiovascular disease. Stress response is composed by activation of the sympathetic nervous system and the hypothalamic-pituitary-adrenal axis. Studies suggest that these mechanisms are central in essential hypertension too. Metabolic disorders have been observed in essential hypertension, and may be due to stress hormones. The aim of this study was the characterization of stress hormones, some metabolic parameters, the lipolytic sensitivity of isolated epididymal adipocytes and the expression of related proteins of Wistar rats with hypertension induced by chronic ingestion of NG-nitro-L-arginine ester methyl (40 mg / kg per day, in 10-week-old rats, for 5 weeks) (L-NAME group) and spontaneously hypertensive rats (SHR), compared to their controls, Wistar (W group) and Wistar Kyoto (WKY group), respectively. We also performed comparisons between W and WKY and between L-NAME and SHR. Body weight, food and water intake and resting metabolic rate were measured in 7 and 14-week-old rats. Blood sampling for serum analysis and tissue extraction for analysis of weight, adipocyte size, lipolytic response of isolated epididymal adipocytes and protein expression by Western Blot, and euthanasia occurred at around 9: 00 a.m. in anesthetized 15-week-old rats that were previously fasted for 12-16 h. High levels of catecholamines and corticosterone were observed in L-NAME, SHR and WKY groups, but not in W. L-NAME showed typical metabolic responses of acute stress, like reduced adiposity and food intake. WKY exhibited some alterations of chronic stress, such as reduced metabolic rate and UCP3 expression in skeletal muscle. SHR presented changes that were attributed to a possible thyroid hyperfunction, such as increased food intake and resting metabolic rate and reduced adiposity. L-NAME showed increased beta-2- adrenoceptor mediated lipolysis, although there were no differences in the expression of related proteins. However, it had lower expression of beta-1-adrenoceptor, adenosine A2 receptor and periliin and increased HSL. On the other hand, SHR group displayed promiscuous beta-2-adrenoceptor association to Gi without changes in the expression of the associated proteins. Nevertheless, it showed high expression of ATGL and perilipin. In summary, our results observed some metabolic abnormalities in both hypertensive groups and in the normotensive WKY, which may be attributed to stress hormones, whose presence at high circulating levels in WKY groupp was not sufficient to develop its hypertension. This study also showed an altered function of beta-2-adrenoceptors in epididymal isolated adipocytes in the hypertensive groups, which has already been described in cardiomyocytes and that may have a protective role
Subject: Hipertensão
Estresse
Lipolise
Ratos endogâmicos SHR
NG-nitroarginina metil éster
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Citation: ISHIZU, Larissa Yuri. Study of lipolytic activity of isolated adipocytes of epididymal adipose tissue and of energy metabolism of rats from two models of hypertension: genetic and induced = Estudo da atividade lipolítica de adipócitos isolados do tecido adiposo epididimal e do metabolismo energético de ratos provenientes de dois modelos de hipertensão: genética e induzida. 2016. 1 recurso online ( 155 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/314091>. Acesso em: 30 ago. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ishizu_LarissaYuri_D.pdf3.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.