Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314080
Type: TESE
Title: Adaptações bioquimicas em fumantes e em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva cronica (DPOC)
Author: Carmona, Andrea Ferreira Mendes
Advisor: Macedo, Denise Vaz de, 1959-
Abstract: Resumo: Portadores de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) sofrem necessariamente adaptação à hipóxia, por apresentar saturação de oxigênio (SatOz) na hemoglobina mais baixa em relação a indivíduos normais. Aliado à doença, o hábito de fumar pode induzir aumento na produção de radicais livres, o que torna necessário adaptações bioquímicas nesses indivíduos. Nesse estudo, avaliamos biomarcadores de estresse oxidativo e outros, que podem estar relacionados com a caracterização de alterações específicas induzidas pela doença e pelo tabagismo. Participaram do estudo, voluntários do sexo masculino com idades entre 40 a 80 anos. O grupo foi dividido entre pacientes portadores de DPOC, fumantes e não fumantes. Os biomarcadores sangüíneos utilizados foram: atividades das enzimas catalase (CAT) e glutationa redutase (GR) para o sistema de defesa antioxidante, e da creatina quinase (CK) para lesão muscular, concentração de proteínas carboniladas (PC), de grupamentos sulfidrila livres (SH), de ácido úrico (AV) e de substâncias reativas ao ácido tiubarbitúrico (TBARs) para o ataque oxidativo, além das concentrações de hemoglobina e lactato. Os resuItados apresentados neste trabalho, sugerem que os parâmetros de saturação de oxigênio, lactato, concentração de hemoglobina, creatina quinase, catalase e grupamento sulfidrila livres possam ser usados para caracterizar alterações específicas observadas nos três grupos

Abstract: Patients suffering from Chronic Obstructive Pulmonary Disease (COPD) are likely to be adapted to hypoxic situation, as they present lower levels of oxygen saturated hemoglobin compared to normal individuais. This disease, as well as smoking habit potentially induce an increase on free radical generation what causes some biochemical adaptations. In the present work we have analysed some biomarkers for oxidative stress as well as other biochemical parameters which could be used to characterize specific adaptations induced by COPD or smoking. The study group comprized 40 to 80 years old male voluntiers, divided in COPD patients, smoking and non smoking individuais. The evaluated blood biomarkers were: the enzymatic activities of catalase (CAT) and glutathione reductase (GR) for the antioxidant defense system and creatine kinase (CK) for muscle injury; the concentrations of carbonyl proteins (PC), total sulphydryl groups (SH), uric acid (AV) and thiubarbituric acid reactive substances (TBARs) as indicators of oxidative attack, as well as hemoglobin and lactate concentrations. Our results show that the parameters saturation of oxygen, lactate, hemoglobin, creatine kinase, catalase and total sulphydryl groups can be used to characterize specific alterations observed in the three distinct groups
Subject: Pulmões - Doenças
Antioxidantes
Fumo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Carmona_AndreaFerreiraMendes_M.pdf3.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.