Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314074
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Parâmetros bioquímicos e hematológicos na saliva e sangue de indivíduos fisicamente ativos
Title Alternative: Biochemical and hematological parameters in saliva and blood from physically active subjects
Author: Nunes, Lázaro Alessandro Soares
Advisor: Macedo, Denise Vaz de, 1959-
Abstract: Resumo: A análise individual de parâmetros bioquímicos e hematológicos comparados com valores de referência populacionais pode ser uma ferramenta útil para monitorar os efeitos de treinos e competições, uma vez que a detecção de sujeitos com valores aumentados ou diminuídos em relação ao grupo de referência possibilita a individualização do programa de treinamento ou intervenção médica/nutricional quando necessária. No entanto, para que as informações obtidas sejam aplicáveis no dimensionamento das cargas de treino é necessário o estabelecimento de intervalos de referência (limites superiores e inferiores) para os analitos de interesse, de amostras de sangue obtidas de uma população fisicamente ativa e/ou atletas. Os valores utilizados normalmente na clínica são obtidos de sujeitos saudáveis, mas não praticantes de atividade física, embora seja consenso que o treinamento físico influencia a concentração de alguns analitos. Outro fato importante a considerar para o monitoramento do treino de atletas através de biomarcadores é a necessidade de comparação de resultados provenientes de análises consecutivas de um mesmo sujeito, que demanda considerar a variação analítica e biológica inerente aos testes, contidas nos cálculos da Diferença Crítica ou Reference Change Value (RCV) para cada analito. O RCV define o percentual de alteração que deve ser excedido em um teste subsequente para que exista uma diferença significativa entre duas medidas consecutivas. A necessidade de coleta de amostras de sangue venoso em diferentes momentos do ano para muitos indivíduos é um procedimento desconfortável e estressante. A saliva apresenta vantagens distintas como substituta do sangue no monitoramento de atletas, pois é um fluído não invasivo e que não requer treinamento especializado para sua coleta. A saliva é constituída de água, eletrólitos, metabólitos, proteínas, enzimas e hormônios, que podem ser provenientes do plasma ou produzidos localmente nas glândulas salivares. Portanto, nem todos os componentes salivares irão se correlacionar com os valores plasmáticos. Além disso, a composição da saliva pode sofrer influência do sistema nervoso autônomo, medicamentos e estresse. Dessa forma, a utilização da saliva deve considerar métodos de coleta que permitam quantificação de volume e recuperação acurada da amostra, além de horários de coleta definidos de acordo com o analito quantificado. Da mesma forma, é importante o estabelecimento de valores de referência para os analitos de escolha. Os objetivos da presente Tese de Doutorado foram: estabelecer intervalos de referência e de RCV para analitos no sangue de um grupo de indivíduos fisicamente ativos; verificar a aplicabilidade dos valores estabelecidos para o monitoramento de jogadores de futebol da categoria sub-20, apresentados na presente Tese na forma de Capítulos (1 e 2, respectivamente). Uma revisão crítica do potencial da saliva como biomarcador, apresentada no Capítulo 3, e a determinação de valores de referência de analitos de interesse no esporte na saliva coletada em um sistema de base líquida, que permite a determinação acurada do volume e recuperação da amostra, apresentada no Capítulo 4, compuseram os outros objetivos da presente Tese de Doutorado. Participaram dos estudos 171 voluntários do sexo masculino, com idade entre 18 e 20 anos após quatro meses de treinamento físico diário sistematizado (população referencia controle). O programa de atividade física incluiu atividades predominantemente aeróbicas (maior volume, menor intensidade) com duração diária de 3 horas. A coleta de saliva precedeu a coleta de sangue. Para a determinação do RCV foram realizadas 4 coletas mensais de sangue em 56 sujeitos. A aplicabilidade dos valores estabelecidos acima contou com a participação de 56 jogadores de futebol da categoria sub-20. Amostras de sangue foram coletadas mensalmente em 5 momentos ao longo da temporada de treinos e competição. Os resultados apresentados na presente tese de doutorado permitirão a aplicação destas análises no monitoramento de atletas durante treinos e competições

Abstract: Comparing individual biochemical and hematological parameters values with reference intervals obtained from a physically active population and/or athletes may be a useful tool to monitor the effects of training and competition, since to detect subjects with increased or decreased values compared to the reference group would allow individualizing training program or medical/ nutritional intervention when necessary. However, to the athletes blood results allowing relevant information to establishment of training loads, it's necessary to establish reference intervals (upper and lower limits) for different analytes in a physically active population. The generally adopted reference values are usually obtained from healthy subjects, but not physically active or athletes. The minimum recommended number (120 subjects) by the International Federation of Clinical Chemistry (IFCC) to establish reliable reference intervals can be one of those responsible for the lack of such information in sports medicine. Another fact to consider is that the athlete's monitoring through blood parameters requires serial analysis over the time. In this case, for the interpretation of serial results in the same subject it is proposed to consider the biological and analytical variation related to the analyte through the reference change value (RCV). RCV is a percent value that should be exceeded by a subsequent testing so that there is a significant difference between two consecutive measurements. However, to monitor athletes we need to collect venous blood at different times of the year, which for many individuals is an uncomfortable and stressful procedure. Saliva has distinct advantages as a substitute for blood in the athletes monitoring, it is a noninvasive fluid that do not requires specialized training for their collection. Saliva consists of water, electrolytes, metabolites, proteins, enzymes and hormones originated from plasma or locally produced in the salivary glands. Therefore, not all salivary components will be correlated with serum. Moreover, the composition of saliva may be influenced by the autonomic nervous system, drugs and stress. Thus, the correct saliva use should consider collection methods that allowing volume quantification and sample accurate recovery, collection schedules in according with the analyte and the establishment of specific salivary reference intervals. The objectives of this thesis were: to establish blood reference intervals and RCV to physically active population; to verify the applicability of RCV in the under-20 soccer players category monitoring (presented here in Chapters 1 and 2, respectively). A critical review of the potential saliva application in sports science, presented in the chapter 3, and the establishment of saliva reference intervals in a liquid based saliva collection system, which allow the accurate volume quantification and recovery, presented in the chapter 4, completed de aims of this Thesis. Participated in this study 171 physically active volunteers (control group), male, age (19 ± 1 years old). The regular physical activity program included periodized activities predominantly aerobic (higher volume, lower intensity) with three hours daily duration. The saliva was collected before the blood samples. To establish RCV were collected 4 monthly blood samples from 56 physically active subjects. The RCV were applied in the 56 soccer players from the under-20 category in 5 moments during the training and competition season. The results presented in this PhD thesis will allow to monitor athletes during training and competition season
Subject: Saliva
Sangue
Valores de referência
Teste de esforço
Variação (Biologia)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: NUNES, Lázaro Alessandro Soares. Parâmetros bioquímicos e hematológicos na saliva e sangue de indivíduos fisicamente ativos. 2011. 137 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/314074>. Acesso em: 17 ago. 2018.
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nunes_LazaroAlessandroSoares_D.pdf1.69 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.