Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313820
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Deficiência e trabalho no setor informa
Author: Tissi, Maria Cristina
Advisor: Canesqui, Ana Maria, 1944-
Abstract: Resumo: O trabalho tem sido tratado no campo da reabilitação de pessoas com deficiências fisicas como um fator de integração social. Frente às transformações atuais nos processos produtivos, a inserção de pessoas com deficiências no mercado formal de trabalho tem se mostrado complexa, sendo o setor informal visto como uma alternativa que poderia representar maiores condições de acesso e permanência. A temática deficiência e trabalho foi abordada em relação a pessoas com deficiências fisicas que atuam no setor informal como vendedores ambulantes na cidade de São Paulo, numa perspectiva exploratória e de corte qualitativo. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com pessoas com deficiências que at 1am no comércio ambulante, buscando colher depoimentos que retratassem as condições nas quais se realiza a ocupação no comércio ambulante e as representações elaboradas sobre as deficiências, o trabalho, a saúde e a doença, procedendo-se a análise temática dos mesmos. A inserção no trabalho, ainda que marcada por processos de exclusão social, acentuados no contexto específico de repressão aq comércio ambulante movida pela Prefeitura do Município, manifesta-se, contraditoriamente, como uma forma de inclusão, possibilitando oportunidades de integração econômica e de realizações no plano da sociabilidade, dadas nos planos concreto e simbólico. Em outro plano de análise tem-se que as representações das deficiências elaboradas pelos entrevistados opõem-se às representações das pessoas sadias, aproximando-se mais às concepções que elaboram das pessoas doentes. Contudo, concebem a si próprios com os atributos que qualificam as pessoas sadias, não estendendo, porém estas representações para o segmento de pessoas com deficiências. Enquanto portadores de deficiências, contrapõem-se às representações que predominam socialmente acerca das deficiências, às quais associam-se a improdutividade, a inutilidade, a dependência, a carência, entre outros elementos. Nesta direção, expressam-se os esforços realizados pelos entrevistados em reelaborar, a partir das dificuldades enfrentadas no dia-a-dia, as representações dominantes

Abstract: ln the field of rehabilitation to people with physical impairments work has been treated as a factor of social integration. Disabled's insert in the formal workplace seems to be complex in front of the current transformations in the productive processes. The informal section has being noticed as an altemative that could represent larger access and permanence conditions. The thematic deficiency and work was approached in relation to people with physical impairments that act in the informal section as street paddler in the city of São Paulo, in an exploratory perspective and of qualitative court. There were accomplished semi-structured interviews with disabled persons that act in the street trade, to colect testimonys that reveal the conditions in which the occupation takes place and the representations elaborated on disabilities, work, health and disease, using thematic analysis. The integration in workplace, although marked by processes of social exc1usiqh, accentuated in the specific context of repression to the street trade moved by the City hall of the Municipal district, contradicting, is an inc1usion way, facilitating opportunities of economic integration and of accomplishments, concrete and symbolic, in the plan of the sociability. ln another analysis plan the representations of disable elaborated by the interviewees oppose the representations about healthy people's, approaching to the conceptions of the sick people. However, they conceive their selves with the attributes that they use to qualify the healthy people, even so not extending these representations for disabled social segment. ldentifying themselves as disabled persons they oppose to representations that prevail socially concerning disabilities, associated to unproductiveness, uselessness, dependence, lack, among other elements. ln this direction, they expresses his efforts to elaborate the dominant representations, starting from the difficulties faced in the everyday life
Subject: Reabilitação
Sociabilidade
Integração social
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Tissi_MariaCristina_M.pdf3.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.