Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313812
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Uma reflexão socioantropológica sobre o corpo na menopausa
Title Alternative: A sociological anthropological reflection on the body in the menopause
Author: Separavich, Marco Antonio Alves, 1966-
Advisor: Canesqui, Ana Maria, 1944-
Abstract: Resumo: Este estudo analisou a construção da visão do corpo feminino na menopausa em um segmento da mídia, Menospausa - o site da Mulher Madura, bem como o conceito climatério/menopausa elaborado pela biomedicina, além das representações sociais e relatos de experiências nelecontidos. Comumente os meios de comunicação veiculam informações que privilegiam os aspectos biológicos ou "naturais", enfatizando as características negativas desta etapa da vida das mulheres, em detrimento de um enfoque que amplie o olhar, direcionando-o para o contexto sociocultural, o que permitiria observar os possíveis ganhos adquiridos por elas. As informações da mídia tendem a empobrecer a complexidade que reveste o processo climatério/menopausa. A contribuição das Ciências Sociais em Saúde tem sido tímida em relação ao tema, predominando os estudos que tratam da fase reprodutiva feminina, com as conseqüentes implicações nos assuntos relacionados à própria concepção, tais como a sexualidade, contracepção, aborto, entre outros. Justifica-se, portanto, o interesse e a importância da análise socioantropológica do processo climatério/menopausa, ainda mais quando o quadro demográfico brasileiro, não se diferenciando neste sentido do mundial, aponta para o envelhecimento populacional crescente, com o aumento do contingente de mulheres que ingressam nesta fase, demandando, deste modo, maior atenção dos Serviços de Saúde. Utilizou-se a metodologia qualitativa, com referencial teórico socioantropológico, contemplando as discussões sobre as representações sociais do corpo e do processo saúde-enfermidade; experiência da doença; narrativas do adoecimento; gênero; mudanças corporais, além de referir-se às opções terapêuticas. A literatura biomédica utilizada baseou-se em textos seminais para o conhecimento biológico do processo climatério/menopausa e no Manual de Atenção à Mulher no Climatério/Menopausa, da área técnica da Saúde da Mulher, do Ministério da Saúde, por orientar tecnicamente os profissionais de saúde nos cuidados às mulheres menopausadas. Procedeu-se a distribuição dos temas encontrados no site a partir da classificação dos saberes sobre o corpo, tais como, somáticos, psíquicos e sociais. Foram separadas as quarenta e oito postagens interativas do site, sendo escolhidas aquelas que se mostraram exemplares para a interpretação socioantropológica. Realizou-se a análise temática do ambiente virtual por meio das seguintes categorias: menopausa, corpo, envelhecimento, corpo feminino, cuidados e pessoa. Buscou-se assim compreender a representação sociocultural do corpo menopausado e a experiência das internautas com o processo climatério/menopausa. Concluiu-se que não há menopausa, mas menopausas, pois não há uma visão única deste processo, como apontam as narrativas das experiências constantes no site. As experiências vividas neste período não são homogêneas, e não necessariamente negativas

Abstract: This study analyzed the construction of the feminine body in the menopause in a segment of the media, Menospausa - o site da Mulher Madura, as well as the climacteric/menopause concept elaborated for the biomedicine, moreover explored the social representations and stories of experiences in it contained. It is observed that Medias divulge information that stick out the biological or "natural" aspects, emphasizing negative points of this stage of feminine life, impoverishing, in this way the complexity that coats the climacteric/menopause process. The contribution of Social Sciences in Health has been shy, predominating studies that deal with the feminine reproductive phase, with the consequent implications in the subjects related to the proper reproduction, such as the sexuality, contraception, abortion, among others. Therefore, it justifies the interest and the importance of sociological anthropological analysis of the climacteric/menopause process, still more when the Brazilian picture demographic, not differentiating itself of the worldwide one, points to the increasing population aging, with a contingent every larger time of women who enter in this phase, thus demanding larger attention of the Services of Health. It was used qualitative methodology, with sociological anthropological referential, contemplating the quarrels on the social representations of the body and health-illness process; experience and narrative of the illness; gender; corporal changes, beyond mentioning therapeutical options to it. Used biomedical literature was based on seminal texts for the biological knowledge of the climacteric/menopause process, besides of manuals, such as Manual of Attention to the Health of the Woman in the climacteric/menopause, of the technical area of Woman's Health, Ministry of the Health, for guiding professionals of health in the cares to the menopausal women. It was proceeded distribution from the subjects found in the site according to the classification knowing of them on the body, such as, somatic, psychic and social. They had been separate the forty eight interactive messages of site, being chosen those that if had shown units for the sociological anthropological interpretation. It was become fulfilled thematic analysis of the virtual environment by means of the following categories: menopause, body, aging, feminine body, cares and person. One thus searched to understand social cultural representations of the menopausal body and the experience internet's with climacteric/menopause process. Concluded that it does not have menopause, but menopauses, therefore do not have an only vision of this process, as they point the narratives of the experiences in the site. The experiences lived in this period are not homogeneous nor necessarily negative
Subject: Antropologia
Ciências sociais
Corpo humano
Processo saúde-doença
Climatério
Envelhecimento
Internet
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Separavich_MarcoAntonioAlves_M.pdf1.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.