Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313682
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.descriptionOrientadores: Abraham Juan Antonio Diaz Moraguez, Luis Bahamondespt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicaspt_BR
dc.format.extent77f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.typeTESEpt_BR
dc.titleAvaliação clinica do uso do dispositivo intra-uterino T-Cu 200B em adolescentespt_BR
dc.contributor.authorRibeiro, Gizelda Nogueira de Oliveira, 1943-pt_BR
dc.contributor.advisorBahamondes, Luis Guillermo, 1946-pt_BR
dc.contributor.coadvisorDiaz Moraguez, Abraham Juan Antonio, 1941-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicaspt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Medicinapt_BR
dc.subjectDispositivos intra-uterinospt_BR
dc.subjectAdolescentespt_BR
dc.description.abstractResumo: O objetivo do presente estudo foi avaliar o desempenho do OIU T Cu 200B em mulheres menores de 20 anos de idade que tinham tido pelo menos um filho, comparado com o desempenho em mulheres com dez anos a mais de idade. O grupo de estudo foi constituído por 1.248 mulheres que receberam um DI U T -Cu 200B e que tinham menos de 20 anos no momento da inserção. Para formar o grupo-controle, cada mulher do grupo de estudo foi comparada a outra mulher com dez anos a mais de idade e com a mesma paridade. Ambos os grupos foram acompanhados por quatro anos depois da inserção. O desempenho foi avaliado pelo método de tabela de vida e as diferenças entre os grupos foram testadas pelo método de log-ranl<. Gravidez, expulsão e extração por dor e/ou hemorragia foram significativamente mais freqüentes no grupo de mulheres mais jovens e a taxa de continuação foi mais baixa no mesmo grupo. As taxas de extração por infecção foram baixas em ambos os grupos (taxa acumulada a quatro anos de 2/100 mulheres). A principal conclusão foi que as usuárias do OIU T-Cu 200B com menos de 20 anos tiveram taxas de fracasso maiores e mais expulsões e extrações que as mulheres com dez anos a mais de idade. Entretanto, a taxa de falha com DIU nas mulheres mais jovens foi similar ou menor que a observada com outros métodos reversíveis em adolescentes. A taxa de continuação também foi mais alta no grupo de estudo que a habitualmente observada em adolescentes com outros métodos. Concluiu-se que o DIU T-Cu 2008 não deve ser contra-indicado em mulheres com menos de 20 anos que já tiveram pelo menos um filho, desde que o processo de seleção, a técnica de inserção e o acompanhamento sejam adequadospt
dc.description.abstractAbstract: The objective of the study was to evaluate the clinical performance of the T-Cu 2008 IUD in women under 20 years old, having had at least one child, compared to women ten years older. The study group was constituted by 1.248 women who received a T -Cu 2008 and had less than 20 years old at insertion. To constitute the control group every woman of the study group was paired with a woman 10 years older at insertion and having the same parity. 80th groups were followed for four years afie r the insertion. Performance was evaluated by life table analysis and the differences between the groups were tested by the log-rank method. Pregnancy, expulsion, ánd removal for bleeding and or pain were significantly higher in the group of young women and continuation rate was lower in the same group. Rates of removal for infection were low in both groups (cumulative rate of 2% at four years). The main conclusion was that T Cu 2008 IUD users under 20 years old hàd higher failure rate and more expulsions and removals than women ten years older. However, failure rate with IUD in the group of women under 20 years, was similar or better than the rates observed with other reversible methods in adolescents. Continuation rate in the study group was also higher than the one usually observed in adolescents with other methods. Therefore we concluded that the Copper IUD should not be contraindicated in women under 20 years old who have had at least one child, provided a good selection procedure is used, the insertion technique is appropriate, and adequate follow-up is availableen
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued1997pt_BR
dc.identifier.citationRIBEIRO, Gizelda Nogueira de Oliveira. Avaliação clinica do uso do dispositivo intra-uterino T-Cu 200B em adolescentes. 1997. 77f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/313682>. Acesso em: 22 jul. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelDoutoradopt_BR
dc.description.degreedisciplineTocoginecologiapt_BR
dc.description.degreenameDoutor em Medicinapt_BR
dc.date.available2018-07-22T23:47:34Z-
dc.date.accessioned2018-07-22T23:47:34Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-07-22T23:47:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ribeiro_GizeldaNogueiradeOliveira_D.pdf: 1446840 bytes, checksum: 3b0c4ab8a4d34e8715975f3e8c0f5b0e (MD5) Previous issue date: 1997en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313682-
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ribeiro_GizeldaNogueiradeOliveira_D.pdf1.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.