Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313617
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Correlação entre medidas antropometricas e biometricas na inserção da sonda gastrica em pediatria
Title Alternative: Correlation among anthropometric and biometric measurements on gastric tube insertion in pediatrics
Author: Beck, Ana Raquel Medeiros, 1973-
Advisor: Da-Costa-Pinto, Elizete Aparecida Lomazi, 1957-
Abstract: Resumo: Até 50% dos tubos gástricos podem ser posicionados inadequadamente. A diversidade de técnicas e de pontos de referência utilizados para estimar a locação de sondas gástricas contribui para ocorrência de erros de posicionamento. JUSTIFICATIVA: Estudos internacionais caracterizam-se por incluir amostras reduzidas, grande amplitude nas faixas etárias e etnias específicas. OBJETIVOS: 1. Identificar o grau de correlação entre a medida do esôfago, obtida por endoscopia digestiva alta (EDA) e as medidas antropométricas e biométricas externas, tomadas em 153 crianças brasileiras, na faixa etária de 2 a 12 anos; 2. Desenvolver modelos de predição gerando equações para inserção de sondas na transição esôfago-gástrica (TEG) e no corpo do estômago (CE); 3. Comparar os valores do estudo com a medida NEX (distância do nariz, ao lóbulo da orelha até o apêndice xifóide) e com estudos internacionais. MÉTODO: Estudo analítico, observacional e transversal. Os dados foram coletados no período de janeiro de 2006 a janeiro de 2008. As medidas de biometria mensuradas foram: 1. Externas: arcada dentária superior-subnasal, subnasal-tragus, tragus-apêndice xifóide, apêndice xifóide-umbigo, subnasal-apêndice xifóide, altura e comprimento do joelho; 2. Internas: arcada dentária superior e subnasal à transição esofagogástrica e ao corpo do estômago. Modelos de predição foram ajustados para essas medidas, utilizando análise de regressão linear múltipla. Os modelos obtidos neste estudo foram comparados com os modelos provenientes de estudos internacionais, utilizando-se o coeficiente de correlação de Pearson. RESULTADOS: Altura e comprimento do joelho apresentaram as mais fortes correlações com o comprimento do esôfago, respectivamente, 0,91 e 0,88. A correlação entre a medida NEX e a medida arcada dentária superior-TEG apresentou coeficiente de correlação foi r=0,81 e com a medida ADS-CE de r=0,72. Forte correlação foi obtida entre os modelos desenvolvidos nesse estudo e modelos internacionais, r=1,00. CONCLUSÕES: A medida da altura, seguida pela medida do comprimento do joelho, apresentaram as mais fortes correlações com a medida esofágica. A medida até o corpo gástrico apresentou correlações mais fracas que as encontradas com a TEG. A medida NEX apresentou grau de correlação inferior aos obtidos nas correlações antropométricas. Houve forte correlação entre os achados no presente estudo e os valores obtidos em casuísticas internacionais.

Abstract: Errors in placement of orogastric and nasogastric feeding tubes may occur in more than 50% of procedures. The diversity of techniques and landmarks definitions used for estimating gastric tube location contributes to inadequate placement. JUSTIFICATION: International studies have included reduced samples, wide range age subjects and specific ethnic groups. OBJECTIVES: 1. Identifying correlation values between endoscopic esophageal length and anthropometric and external biometric data obtained from 153 Brazilian children (2 - 12 years old). 2. Developing statistical predictive models for inserting tubes at esophageal-gastric transition and in gastric body. 3. Comparing correlation values obtained with presented models and those obtained from international sample and with NEX (nose to ear lobe and xiphoid) measurement. METHOD: Analytical, observational and crossectional study. Data were collected from January 2006 to January 2008. The biometric measurements were: 1. External: ADS-subnasal, subnasal-tragus, tragus-xiphoid process, xiphoid processumbilicus, subnasal-xiphoid process, height and knee length; 2. Internal: superior dental arch (SDA) subnasal to the esophageal-gastric transition and to the body gastric. Correlation and determination values were obtained using multiple linear regressions. Presently predictive models were compared to international data using Pearson test. RESULTS: 1. Internal values were best correlated with height followed by knee length, respectively, 0.91 and 0.88. Correlation value between NEX and internal measurements were inferior than correlation between height and knee length, r = 0,81. Strong correlation was found between presently developed models and international samples, r=1.00. CONCLUSION: Height, followed by knee length, presented the strongest linear correlation with internal measurements. Gastric body showed weaker correlation values when compared to TEG. The NEX was hence confirmed to having a weaker correlation with the esophageal length than height. There was a strong correlation between present values and those generated from international samples.
Subject: Alimentação enteral
Medidas
Crianças
Enfermagem
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Beck_AnaRaquelMedeiros_D.pdf2.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.