Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313537
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudo da reprodutibilidade intra e interobservador das classificações de Frykman, AO e universal para as fraturas distais do radio
Author: Oliveira Filho, Osvaldo Mendes de, 1964-
Advisor: Belangero, William Dias, 1952-
Abstract: Resumo: Existem inúmeras classificações para as fraturas da extremidade distal do rádio e todas são abertas para interpretações pessoais ( JOHNSTONE et al., 1993 ). Dessa forma, para ser bem aceita e utilizada para comparação de diferentes séries, qualquer classificação deve ter uma boa reprodutibilidade intra e interobservador. Neste estudo foram selecionadas 40 radiografias de fraturas distais do rádio que foram classificadas por ortopedistas de centros e nível de experiências diferentes, sendo alguns ligados a instituições universitárias e outros não, com o objetivo de determinar o grau de reprodutibilidade intra-observador e interobservador das classificações de Frykman, AO e Universal empregando-se o método estatístico Kappa. Além disso, verificar se a proporção de concordância melhora com os observadores de maior experiência.As classificações foram avaliadas, à princípio, sem simplificações e foi observada concordância intra-observador média moderada para as classificações de Frykman e Universal e leve para o sistema AO.A média de reprodutibilidade interobservador foi leve nas duas leituras para as classificações de Frykman e Universal e desprezível na segunda leitura para a classificação AO.Houve melhora do índice de concordância intra-observador entre os observadores com mais experiência, o que não acorreu com a reprodutibilidade interobservador.Todas as classificações utilizadas apresentaram reprodutibilidade interobservador questionável, comprometendo o uso dos três sistemas avaliados

Abstract: There are numberless classifications to the fractures of the extremity of the distal radius and all of them are open to personal interpretation ( Jonhstone et al., 1993 ). In order to be well accepted and used to the comparison of different series, any classification must, however, have a good intra and interobserver reproducibility.In this study, 40 radiographs of fractures of the distal radius were selected and classified by orthopedists of different centers and levels of experience, with the purpose of determining the intra-observer and interobserver reproductive degree of Frykman, AO and Universal classification using Kappa statistic method. The medium intra-observer concordance observed was moderate to Frykman and Universal classifications and light to the AO system.The medium interobserver reproducibility was light in the two readings to Frykman and Universal classifications and despicable in the second reading of the AO classification.All the classifications used presented questionable interobserver reproducibility compromising the use of the three evaluated systems
Subject: Traumatologia
Fratura
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
OliveiraFilho_OsvaldoMendesde_M.pdf952.74 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.