Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313500
Type: TESE
Title: Comparação das condições bucais entre crianças nascidas pre-termo e a termo
Title Alternative: Comparison of the bucal conditions among preterm born children and full-term
Author: Ferrini, Fabiana Renno D'Oliveira
Advisor: Marba, Sérgio Tadeu Martins, 1958-
Abstract: Resumo: A prematuridade tem sido vista como uma das causas de defeitos no esmalte dentário. Desta forma, o objetivo deste estudo foi demonstrar as alterações bucais presentes em crianças prematuras e com baixo peso de nascimento, assim como as medidas preventivas e interceptadoras indicadas, por meio da revisão da literatura. Posteriormente, foi verificada a influência da prematuridade e do baixo peso de nascimento tanto na prevalência de alterações bucais, quanto de hábitos alimentares e de sucção, através de um estudo observacional do tipo coorte em 52 crianças prematuras e com muito baixo peso de nascimento na faixa etária de 2 a 4 anos. De acordo com a revisão da literatura foi possível verificar que as alterações presentes em crianças prematuras e com baixo peso de nascimento se manifestam na má formação do esmalte e do palato como também no atraso do desenvolvimento da dentição decídua. Estas alterações podem afetar a estética e predispor os dentes à cárie dentária, além de favorecer a maloclusão. Desta forma verifica-se a necessidade e importância dos cuidados educativos, preventivos e interceptores a essas crianças o mais precocemente possível, evitando problemas futuros. Os resultados do estudo de coorte mostraram que os defeitos do esmalte, tais como opacidade demarcada (p= 0.0001) e hipoplasia (p= 0.0041) foram significantemente associados a prematuridade e ao baixo peso, assim como a erupção tardia (p= 0.0441). O aleitamento materno e o bruxismo foram mais freqüentes no grupo a termo (p=0.0006 e p=0.0141, respectivamente), enquanto a mamadeira noturna (p= 0.0199), chupeta (p= 0.0178) e higiene oral (p= 0.0213) foram mais freqüentes em crianças prematuras e com muito baixo peso. Os achados sugerem que a prematuridade e o baixo peso de nascimento são fatores indicativos para defeitos no esmalte e atraso na erupção, além de contribuir para o aumento da instalação de hábitos de sucção não nutritivos. Assim, os cuidados preventivos voltados à criança prematura são imprescindíveis para a manutenção de sua saúde bucal, possibilitando o crescimento e desenvolvimento adequado do sistema estomatognático, sendo evidente a necessidade de atuação multiprofissional

Abstract: The prematurity has been considered one of the causes of the enamel defects. Moreover, the objective of this study was to show the oral alterations due the premature and low birthweight children, as well as the interceptive and preventive measures indicated, by reviewing the literature. Furthermore, it was verified the influence of the prematurity and low birthweight on the prevalence of oral alterations and suction and feeding habits, through a coorte observacional study, performed with 52 pre-term and very low birthweight children aged from 2 to 4 years. In accordance of the literature review it was possible to verify that the alterations due the prematurity and low birthweight manifest on the enamel and palatum malformation as well as in the delayed development of the primary dentition. These alterations may affect the esthetics and may predispose to dental caries and malocclusion. So, it is necessary the early establishment of preventive and interceptive measures for these children, avoiding future problems. The results of the coorte study showed that the enamel defects, as the demarcated opacity (p=0.0001) and hipoplasy (p=0.0041) had significant association with prematurity or low birthweight, as well as the delayed dental eruption (p=0.0441). The breast-feeding and bruxism were more often on the full-term children (p=0.0006 and p=0.0141, respectively), whereas the nocturnal bottle-feeding (p=0.0199), pacifier (p=0.0178) and oral hygiene (p=0.0213) were associated with the prematury and low birth-weight. These findings suggest that the prematurity and the low birthweight are indicative factors for enamel defects and delayed eruption, besides contributing to increase in non nutritive suction habits. Thus, the preventive cares for preterm children are essential for maintain the oral health, allowing proper growth and development of stomatognathic system, being of importance the multiprofessional care
Subject: Ouvidos
Neonatologia
Prematuros
Dentes
Esmalte dentário
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferrini_FabianaRennoD'Oliveira_M.pdf873.03 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.