Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313469
Type: TESE
Title: Fatores estimuladores de colonias para o tratamento da neurotropenia febril pos-quimioterapia : revisão sistematica da literatura e meta-analise
Author: Clark, Otavio Augusto Camara
Advisor: Pizão, Paulo Eduardo, 1962-
Abstract: Resumo: RAZÕES: A neutropenia febril é uma complicação freqüente em pacientes tratados com quimioterapia. É potencialmente fatal e requer intervenção médica imediata. O tratamento padrão é feito com antibióticos (ATB) e cuidados gerais. Devido ao efeito conhecido de algumas citocinas (fatores estimuladores de colônias - FEC) em aumentar o número de neutrófilos circulantes, vários estudos clínicos avaliaram a relevância da adição de FEC no tratamento da neutropenia febril. Os resultados destes estudos são controversos e nenhuma conclusão definitiva pôde ser alcançada. Uma revisão sistemática da literatura é altamente recomendável para avaliar esta questão. MÉTODOS: Revisão sistemática e meta-análise de estudos clínicos randomizados que comparem o uso de FEC mais ATB contra ATB apenas no tratamento da neutropenia febril. Os resultados da meta-análise são expressos como Odds Ratio de Peto (OR) e Hazard Ratio (HR) com o correspondente intervalo de confiança de 95% (IC). Os desfechos clínicos avaliados são mortalidade (geral e relacionada à infecção), tempo de hospitalização, tempo para recuperação dos neutrófilos, tempo para resolução da febre, tempo para retirada dos antibióticos e efeitos colaterais. RESULTADOS: Mais de 9000 referências foram revistas. Treze estudos foram incluídos. A mortalidade geral não foi influenciada pelo uso de FEC [OR= 0,68; IC 95%= 0,43 a 1,08; p=0,1]. Um resultado significativo foi obtido na análise de mortalidade relacionada à infecção [OR= 0,51; IC95%= 0,26 a 1,00; p= 0,05], porém este resultado foi muito influenciado por um único estudo que teve uma alta proporção de mortes. Quando este estudo é excluído, um possível efeito do FEC desaparece [OR= 0,85; IC95%= 0,33 a 2,20; p= 0,7]. O grupo tratado com FEC teve um menor tempo de hospitalização [HR = 0,63; IC 95%= 0,49 a 0,82; p= 0,0006] e um menor tempo para recuperação dos neutrófilos [HR=0,32; IC 95%= 0,23 a 0,46; p < 0,00001]. CONCLUSÃO: Os dados deste estudo não validam o uso rotineiro do FEC em pacientes com neutropenia febril, quando o objetivo é reduzir mortalidade. Há porém um efeito significativo do FEC em reduzir o tempo de internação

Abstract: Colony Stimulating Factors for the Treatment of Febrile Neutropenia BACKGROUND: Febrile Neutropenia is a frequent event in cancer patients treated with chemotherapy. It is a potentially life threatening situation and requires prompt medical intervention. The standard treatment includes supportive care plus broad-spectrum antibiotics (ATB). Due to the known effect of some cytokines (colony stimulating factors CSF) on increase the numbers of circulating neutrophils, clinical studies have been done to evaluate their role on the treatment of febrile neutropenia. The results of these studies are, indeed, controversial. A systematic review is highly recommended to evaluate the role of CSF on the treatment of febrile neutropenia. METHODS: A systematic review of randomized controlled trials that compare the use of CSF plus ATB versus ATB alone on the treatment of febrile neutropenia. When appropriate, the results of individual studies were pooled on a meta-analysis. The pooled results are expressed as Peto's Odds Ratio (OR) and Hazard Ratio (HR) with the correspondent 95% confidence interval (CI). The outcomes evaluated are mortality (overall and infection related), time of hospitalization, time to neutrophil recover, time to defervecence time to withdrawals of antibiotics and side effects. RESULTS: more than 9000 references were screened. 13 studies were included. The overall mortality was not influenced by the use of CSF [OR= 0.68; CI95%= 0.43 to 1.08; p=O.I]. A significant result was obtained to the use of CSF on reducing infection related mortality [OR= 0.51; CI95% = 0.26 to 1.00 ;p=0.05], but this result was highly influenced by one study. When this study is excluded from our ana1ysis, this possible result disappears [OR= 0.85; CI95% = 0.33 to 2.20; p 0.7]. The group treated with CSF had a shorter time of hospitalization [HR= 0.63; CI 95%= 0.49 a 0.82; p=0.0006] and a shorter time to neutrophil recovering [HR= 0.32; CI 95%= 0.23 a 0.46; p < 0.00001]. CONCLUSION: The present data do not support a role of CSF on reducing mortality of patients with febrile neutropenia, but they have a positive influence on the time of hospitalization
Subject: Cancer
Infecção
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Clark_OtavioAugustoCamara_D.pdf5.97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.