Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313407
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudo da produção local de citocinas e oxido nitrico sintase induzivel (iNOS) em lesões de mucosa oral e linfonodos de pacientes com paracoccidioidomicose
Author: Neworal, Erika Pereira de Moraes
Advisor: Blotta, Maria Heloisa de Souza Lima, 1953-
Blotta, Maria Heloisa Souza Lima
Abstract: Resumo: A paracoccidioidomicose (PCM) causada pelo fungo dimórfico Paracoccidioides brasiliensis é a micose sistêmica de maior prevalência na América Latina. Apresenta duas formas clínicas principais: a forma Adulta (FA) e a forma Juvenil (FJ). Com o objetivo de caracterizar a resposta inflamatória local na PCM, analisamos por imunoistoquímica, a população celular (CD4, CD8, CD15 e CD68), a expressão das citocinas TNF-a(fator de necrose tumoral alfa), TGF-b? (transforming growth factor beta), IL-10 (interleucina 10) e da enzima óxido nítrico sintase induzível (iNOS), em biópsias de mucosa oral de pacientes com a FA e linfonodos de pacientes com a FJ da PCM. De modo geral, as lesões caracterizaram-se pela presença de granulomas formados por células epitelióides e células gigantes (CD68+) circundados e permeados por linfócitos TCD4+ e TCD8+. Enquanto que em lesões de pacientes com a FJ da PCM havia predominância de células CD68+ (macrófagos, células epitelióides e gigantes), em pacientes com a FA foi observado infiltrado misto, composto por macrófagos, plasmócitos e neutrófilos. O número de células fúngicas encontradas nas lesões de linfonodos de pacientes com a FJ foi mais elevado do que em mucosa oral de pacientes com a FA da PCM. O número de células expressando TNF-a (macrófagos, neutrófilos e células gigantes) e iNOS (macrófagos) foi semelhante tanto em linfonodos, como em mucosa oral. Por outro lado, em linfonodos o número de células positivas para TGF-b e IL-10 foi acentuadamente maior. Em biópsias de pacientes com FA a expressão de iNOS foi observada em um número pequeno de macrófagos, distribuídos na periferia dos granulomas, e em pacientes com a FJ a expressão desta enzima foi observada em células gigantes e em macrófagos esparsos e em contato com as células do fungo. Os resultados obtidos sugerem que a produção aumentada de citocinas supressoras da ativação de macrófagos em lesões de pacientes com FJ da PCM pode estar contribuindo para a forma mais grave e disseminada da doença

Abstract: Paracoccidiodomycosis (PCM) is a deep mycosis caused by Paracoccidioides brasiliensis, with high incidence in Brazil. In order to examine the immune response in lesional tissue of patients with PCM, we analyzed cytokines as well as the phenotype of cellular infiltrate. Paraffin-embedded tissue from oral mucosa of 8 patients with the localized adult form (AF) of PCM and lymph nodes of 10 patients with the juvenile form (JF) of PCM was analyzed by immunohistochemistry to detect tumor necrosis factor-a (TNF-a), inducible nitric oxide synthase (iNOS), transforming growth factor-b (TGF-b, and interleukin-10 (IL-10). In the lymph nodes the majority of inflammatory cells was CD68+ (macrophages, epithelioid and giant cells) while in the oral mucosa a mixed infiltrate with macrophages, plasma cells and neutrophils was detected. TNF-a as well as iNOS expression was similar in lymph nodes and oral mucosa, whereas TGF-b and IL-10 were observed in a higher number of macrophages, epithelioid and giant cells in the lymph nodes, where numerous yeast cells were visualized. The higher expression of anti-inflammatory cytokines (IL-10 and TGF-b) in lesions of patients with the JF of PCM (lymph nodes) may represent a mechanism by which the fungus evade the host immune response, contributing for a more severe and disseminated form of the disease
Subject: Paracoccidioides
Imuno-histoquímica
Resposta imune
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Neworal_ErikaPereiradeMoraes_M.pdf1.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.