Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313393
Type: TESE
Title: Avaliação da reinserção dos retratores da palpebra inferior na correção do entropio involucional
Author: Caldato, Roberto, 1950-
Advisor: Costa, Marilisa Nano, 1947-
Abstract: Resumo: O entrópio involucional acomete principalmente pessoas acima dos 60 anos de idade e é uma afecção cujo tratamento é cirúrgico. A recorrência é freqüente com todas as técnicas até então descritas. Apesar do enfraquecimento dos retratores, com alongamento ou mesmo desinserção do tarso, já terem sidos citados na literatura como um fator importante na fisiopatologia do entrópio involucional, nenhum estudo até então foi dirigido isoladamente aos retratores para avaliar o seu efeito no tratamento do entrópio. Foram realizadas 30 cirurgias em 30 pacientes com entrópio involucional atendidos no Ambulatório de Oftalmologia do Hospital das Clínicas da UNICAMP, com idades variando entre 61 e 75 anos, de ambos os sexos. A cirurgia foi realizada sob anestesia local. Uma incisão subciliar e dissecção da pálpebra foi feita até identificar a aponeurose do retrator, que foi suturada na borda inferior do tarso com pontos em U de seda 6.0. Em seguida a pele foi suturada com pontos separados utilizando o mesmo fio. Não houve recorrência no período de seguimento que variou de 19 a 36 meses. O estudo sugere que todo planejamento cirúrgico deve levar em consideração a reinserção dos retratores da pálpebra inferior para que a cirurgia seja bem sucedida. Ressalta-se a importância de realizar a identificação correta dos retratares da pálpebra inferior

Abstract: The involutional entropion is a problem that occurs in over 60 years old patients. A surgery is necessary to solve it. Recorrence is common with most of the techniques. Involutional lower lid entropion results from a faulty lower lid retractors complex, lid laxity and overriding of preseptal orbicularis fibres on the pretarsal fibres. There is no studies about isolated correction of the retractors. Thirdy patients with involutional entropion on Ophthalmology Service at the School of Medical Science of the Campinas State University, underwent reinsertion of the retractors at the lower tarsal border. The age ranged from 61 to 75 years old. After local anesthesia and a subciliar incision retractors was identified and sutured at the lower tarsal border with three 6.0 silk "U" sutures. There was no recorrences in a follow-up period ranged from 19 to 36 months. Ali the procedures to correct involutional entropion must include retractors defect correction to a succesfull surgery and the surgeons must be able to identify and treat this important and essencial anátomic defect
Subject: Córnea
Conjuntiva
Idosos - Cuidados médicos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Caldato_Roberto_M.pdf2.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.