Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313380
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Trabalho com grupos : as dimensões do cuidado sob a otica do profissional da saude publica
Author: Bologna, Dirce
Advisor: Benatti, Maria Cecilia Cardoso, 1943-
Abstract: Resumo: Esta tese de doutorado teve como objetivo compreender significações das experiências de trabalho com grupos coordenados por profissionais da saúde no atendimento de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Trata-se de uma investigação exploratória, com utilização de referenciais do método qualitativo. A pesquisa de campo foi realizada através de entrevistas semi-dirigidas com quinze profissionais da Rede Básica de Saúde do município de Campinas, São Paulo, constituindo uma amostra intencional. O material transcrito foi categorizado e submetido a uma análise de conteúdo qualitativa, que resultou nos seguintes conjuntos de categorias: a) características das práticas grupais configuradas pelas experiências relatadas; b) fatores facilitadores do trabalho com grupos, considerando as motivações profissionais e aspectos institucionais; c) vicissitudes do trabalho com grupos, decorrentes de dificuldades de natureza pessoal, profissional, social e institucional. A análise dos resultados utilizou referenciais teóricos psicodinâmicos, de enfoque grupal analítico e operativo, e aportes do modelo empírico de grupos. Este estudo mostra que as representações do trabalho com grupos foram associadas ao grupo como lugar de sofrimentos e de ensino-aprendizagem; grupo como lugar de vinculações afetivas (como matriz vivencial); grupo como lugar de cuidados com o corpo; grupo como vinculador da cultura do próprio grupo, entre outras. A necessidade de atenção à formação profissional para o trabalho com grupos, sugeridas pelos próprios entrevistados e também pela pesquisadora, foram consideradas nas conclusões desta tese

Abstract: The goal of this thesis was the understanding of the working experience with groups coordinated by health system professionals, at the care of patients who make use of the Public Health System. It deals with an exploratory research supported by qualitative method references. The research field was made through semi-guided interviews with fifteen Public Health System professionals of Campinas (São Paulo, Brasil), making up our planned sample. The resulting transcription were categorized and submitted to a qualitative content analysis, resulting in the following groups: a) Characteristics of groups practices from the reported experiences; b) Facilitative facts of work with groups, taking into account both prefessional motivation and institutional factors; c) difficulties in working with groups, related to personal, professional, social and institutional problems. The analysis of the results was based on theoretical references from psychodynamics, analytical, operative and empirical working group models. This study shows that representations of group work were associated with group: as a place of suffering and of learning; or as having affection implications (a matrix of living); or as place for the care of the body; or as binder of the culture of the very group, among others. The necessity of attention for training professionals to work with groups, suggested by the interviewer and also by the researcher, was considered on the conclusion of this thesis
Subject: Educação em saúde
Saúde pública
Psicoterapia de grupo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bologna_Dirce_D.pdf6.89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.