Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313345
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Comparação entre a repetição da colpocitologia oncologica com leitura por diferentes observadores e a captura hibrida II no diagnostico histologico de NIC 2 e/ou 3
Author: Santos, Andre Luis Ferreira
Advisor: Derchain, Sophie Françoise Mauricette, 1959-
Abstract: Resumo: O objetivo deste estudo de validação de teste diagnóstico foi comparar a repetição a colpocitologia oncológica (CO), com leitura realizada por diferentes observadores, e a captura híbrida II no diagnóstico histológico de NIC 2 e 3 em mulheres com CO inicial alterada. Foram estudadas 105 mulheres não-grávidas, encaminhadas por resultado da CO com atipias indeterminadas ou sugestivas de infecção pelo HPV e/ou NIC, atendidas entre agosto de 2000 e junho de 2001 no Ambulatório de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia do Hospital Universitário de Taubaté. Em todas as mulheres foram coletadas amostras de material do colo uterino para nova CO e para estudo de DNA-HPV por CH II. A seguir, todas foram avaliadas pela colposcopia e realizou-se biópsia de áreas colposcopicamente anormais em 91 delas. As lâminas da nova CO foram avaliadas separadamente por dois patologistas, classificadas segundo a rotina do laboratório, e verificada a variação intralaboratorial dos resultados. Os laudos discordantes foram identificados pelo pesquisador e as lâminas correspondentes revisadas pelos patologistas para consenso. Posteriormente, as lâminas foram avaliadas por um terceiro patologista, de outro laboratório, para verificar a variação dos resultados. O teste de CH II foi classificado em positivo ou negativo para detecção do DNA-HPV de alto risco oncogênico, e nos casos positivos, foi quantificada a carga viral. O padrão-ouro para o diagnóstico foi o resultado histopatológico e nos casos em que não foi realizada biópsia, considerou-se a colposcopia satisfatória e normal como resultado negativo (normal). A análise estatística utilizada para avaliação da concordância dos resultados citológicos foi o coeficiente kappa. A concordância entre os observadores do mesmo laboratório foi muito boa (coeficiente kappa 0,6741) e péssima quando interlaboratorial (kappa 0,0734). Utilizamos as estimativas de sensibilidade e especificidade para a comparação citoistológica. A sensibilidade da CO de encaminhamento para NIC 2 e 3 foi de 60%; om a nova coleta e leitura de consenso entre os dois primeiros patologistas esse valor aumentou para 80%, com redução da taxa de falsonegativo (40% para 20%). A sensibilidade da CO do terceiro patologista para NIC 2 e 3 foi de 45%. A CH II foi positiva para o DNA-HPV de alto risco oncogênico em 85% das mulheres com NIC2 e 3 (p=0,02), com quantificação fortemente associada (p<0,01). Para avaliação do desempenho dos métodos comparando-os com o diagnóstico histológico de NIC 2 e 3, utilizamos a razão de verossimilhança positiva (RV+). O desempenho da CO de repetição não melhorou com a revisão para consenso (RV+ de 5,92 com a primeira leitura e 4,22 com o consenso). A CH II apresentou baixa especificidade (49%). Quando foi avaliado o desempenho das leituras da CO associadas à CH II para diagnóstico histológico de NIC 2 e 3, houve um aumento das taxas de sensibilidade para todas as leituras citológicas (70%para 100%), queda das taxas de especificidade (80%para 40%) e queda da RV+ (5,92 para 2,33). Não se observou diferença quando foi realizado o cálculo dessas taxas com correção, ou seja, incluindo os casos sem biópsia

Abstract: The purpose of this study was compare the result of out-service Pap smear with the result of in-service Pap smear with an inter observer and inter laboratory evaluation and to analyze the impact of Hybrid Capture II (CH II) in the detection of CIN 2 and 3. Population studied include 105 non pregnant women attending for an abnormal Pap smear, with atypical undetermined cells or HPV/intraepithelial neoplasia at the Pathological Lower Genital Tract and Colposcopic Service of the Taubaté University Hospital. All women repeated Pap smear and high-risk HPV-DNA CH II. All women performed a colposcopy and 91 had a biopsy taken from the abnormal colposcopic area. In-service cytological slides were evaluated separately by two independent pathologists - intra laboratory control - and classified in accordance with the laboratory routine criteria. The author identified discordant results and these slides were reviewed for consensus. In a second step, all slides were read by a third pathologist from outside laboratory - inter laboratory control. DNA-HPV was classified as negative or positive for high- risk HPV types, and in positive cases the viral load was measured. Histology result or colposcopy without any abnormality and visible transformation zone totally ectocervical were used as gold standard for diagnosis. The intra laboratory agreement rate was very good (kappa coefficient 0,6741), however inter laboratory agreement rate was poor (kappa coefficient 0,00734). To compare cytologic and hystologic results, cases with biopsy were considered. The sensitivity of out-service cytology for CIN 2 and 3 was 60%, and with the in-service cytology and second pathologist analyzes this value increase to 80%. The evaluation by and out-service pathologist showed a low sensitivity for CIN 2 and 3 (45%). High risk HPV-DNA CH II was positive in 85% of the women with CIN 2 and 3 (p=0,02). Accessing the accuracy of these diagnostic methods for detection of CIN 2 and 3, sensitivity and specificity of pathologist 1) and (2) cytology and CH II were higher than out-service and pathologist (3) cytological evaluation. The accuracy of the second and consensus cytologic interpretation was similar before and after consensus (likelihood ratio, between 4,22 and 5,92). CH II showed a low specificity (49%). Evaluating the accuracy f the association between cytology and CH II in CIN 2 and 3 detection the sensitivity increase (70 to 100%), the specificity decrease (80 for 40%). The likelihood ratio, fall for 5,92 to 2,33. No important difference was observed when these accuracy dates were corrected in cases without biopsy
Subject: Colo uterino
Carcinogênese
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_AndreLuisFerreira_M.pdf275.95 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.