Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313275
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Efeito da adição de levonorgestrel sobre a reação acrossomal de espermatozoides de homens ferteis
Author: Nascimento, Josiane Aparecida Andrade do
Advisor: Bahamondes, Luis Guillermo, 1946-
Abstract: Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do progestógeno Levonorgestrel (LNG) sobre a reação acrossomal dos espermatozóides in vitro. Quatro homens com fertilidade comprovada foram convidados a participar. Foi requerida a cada um deles a obtenção de amostras de sêmen, colhidas através de masturbação em intervalos de sete ou 14 dias. Após realização da análise de rotina do sêmen, os espermatozóides móveis foram separados do líquido seminal por duas centrifugações consecutivas com solução tampão de fosfato (PBS) e descarte do material sobrenadante e posterior acréscimo, sobre o pellet resultante, de meio Human Tubal Fluid (HTF) suplementado com 35mg/ml de albumina de soro bovino (BSA) segundo a técnica de swim-up. Após a migração dos espermatozóides para o meio de cultura no período de uma hora, os mesmos foram incubados durante 20 horas em estufa de cultura, com temperatura e concentração de CO2 controladas para a ocorrência da capacitação espermática. Após esta incubação, a amostra passou por nova análise de concentração, motilidade e vitalidade e foi dividida em sete alíquotas, as quais receberam respectivamente meio HTF, fluido folicular (FF), uma das quatro concentrações diferentes de LNG ou Etanol (o diluente do LNG). Após incubação dos tratamentos por 15 e 30 minutos, as amostras receberam alíquotas do corante supravital Hoescht 33258 (bis-Benzimide) e as lâminas foram confeccionadas para posterior coloração com fluoresceina isotiocianato conjugada com a lectina de Pisum sativum (FITC-PSA) e leitura da taxa de espermatozóides com reação acrossomal. A leitura da reação acrossomal foi realizada de tal forma que o leitor desconhecia qual dos tratamentos em questão estava sendo avaliado. Somente os espermatozóides vivos, segundo a coloração supravital do Hoescht, foram examinados em relação ao status acrossomal exibido após a exposição aos diferentes tratamentos. Os resultados de cada série de tubos com os diferentes meios agregados foram comparados através da análise de variância (ANOVA) para medidas repetidas, seguida do teste não paramétrico de Wilcoxon para amostras pareadas. Os resultados mostraram, em primeiro lugar, que o LNG e o Etanol não produziram efeito tóxico sobre os espermatozóides, ao menos durante os 30 minutos analisados. Também que nas condições do estudo os espermatozóides capacitaram-se e responderam à indução com o FF. Quando os espermatozóides capacitados foram expostos por 30 minutos às concentrações de 0,64µM, 1,28µM, 2,56µM e 32µM de LNG houve um aumento estatisticamente significativo da taxa de reação acrossomal em relação ao HTF. Entretanto, os valores de indução obtidos pelo FF (controle positivo) resultaram sempre estatisticamente superiores quando comparados aos valores do progestógeno em todas as concentrações estudadas. Considerando que os espermatozóides perdem a capacidade de interagir com o oócito após sofrerem a reação acrossomal, o efeito do LNG poderia resultar em uma indução prematura desse processo nos espermatozóides capacitados, diminuindo assim o potencial fértil. Concluiu-se que talvez este efeito do LNG poderia ser um dos mecanismos de ação possíveis do sistema intra-uterino liberador do LNG, auxiliando assim a compreensão da alta eficácia contraceptiva deste método

Abstract: The aim of this study was to evaluate the effect of levonorgestrel (LNG) on the occurrence of acrosome reaction (AR) on capacitated spermatozoa from fertile men. Twenty semen samples from four fertile men were evaluated. Spermatozoa were separated by swim-up, and were incubated for 20 hours under capacitating conditions. Capacitated spermatozoa were exposed to either four different concentrations of LNG (200, 400,800, 10.000 ng/ml), follicular fluid (20 % v/v), ethanol or human tubal fluid medium (HTF) as control. The rate of AR and the ratio of live/dead spermatozoa were assessed after 15 and 30 minutes of incubation at 37ºC and 5% CO2. The different treatments were compared with follicular fluid and HTF medium as controls. The rate of AR after 15 minutes of exposure was significantly higher with follicular fluid than all other treatments with the exception of LNG at 200 ng/ml. At 30 minutes of exposure, follicular fluid induces significantly higher rate of acrosome reaction than the other treatments. Nevertheless, the four LNG concentrations induce greater rate of AR than HTF and ethanol used as a control. High LNG concentration induces higher AR rate. In conclusion, the addition of LNG in vitro to capacitated human spermatozoa was able to increase the rate of acrosome-reacted spermatozoa respect to those incubated in control medium, although lower than induce by follicular fluid
Subject: Anticoncepção
Espermatozóides
Dispositivos intra-uterinos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nascimento_JosianeAparecidaAndradedo_M.pdf206.73 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.