Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313178
Type: TESE
Title: Genotipagem RHD fetal atraves da analise do plasma materno
Author: Machado, Isabela Nelly
Advisor: Barini, Ricardo, 1955-
Abstract: Resumo: A Doença Hemolítica Perinatal ainda contribui para as taxas de morbi-mortalidade perinatal, a despeito do amplo uso da imunoprofilaxia. A determinação da tipagem sanguínea RhD fetal é útil para o acompanhamento pré-natal das gestantes RhD-negativo sensibilizadas e para a profilaxia da Doença Hemolítica Perinatal, evitando-se desnecessários procedimentos invasivos, investigações sorológicas e administração da imunoglobulina humana nos casos de fetos RhD-negativo. A análise molecular do plasma matemo abriu novas possibilidades para o diagnóstico pré-natal não invasivo, onde a genotipagem RHD fetal é uma das aplicações clínicas mais relevantes até o momento. Objetivo: Avaliar o desempenho da genotipagem RHD fetal através da análise do plasma matemo como método diagnóstico pré-natal não invasivo. Método: Foi conduzido um estudo de validação de teste diagnóstico a partir de 81 amostras sangüneas obtidas de gestantes RhD-negativo, entre 4 e 41 semanas de gestação. O DNA fetal foi extraído dos respectivos plasmas matemos utilizando kits comercialmente disponíveis. As regiões exon 10 e intron 4 do gene RHD foram testadas através da reação em cadeia da polimerase alelo- específica (AS-PCR) convencional. Os resultados da genotipagem fetal foram comparados com a tipagem sanguínea neonatal e os dados analisados pelo softwware SAS - versão 8.2@ (1999-2001). Resultados: 15 amostras foram obtidas no primeiro trimestre, 37 no segundo trimestre e 29 no terceiro trimestre. Houve falha de amplificação em 6 amostras, 3 RhD-negativo e 3 RhD-positivo à tipagem neonatal. A concordância entre os resultados da genotipagem e da tipagem neonatal foi de 97,3%, sensibilidade de 98,3% e especificidade de 93,8%. Foi observado 1 falso positivo no terceiro trimestre e 1 falso negativo no primeiro trimestre. Conclusão: AS-PCR convencional é um método com bom desempenho para a genotipagem RHD fetal através da análise do plasma matemo, como método diagnóstico pré-natal não invasivo

Abstract: Hemolytic Disease of the Fetus and Newborn still contributes to perinatal morbidity and mortality, in spite of the widespread munoprophylaxis. Prenatal identification of fetal RHD status is a goal of obstetrical practice, in order to prevent maternal immunization and to help in the management of alloimmunized pregnant women. The analysis of the maternal plasma opened up new posibilities for noninvasive prenatal diagnosis and the determination of fetal RHD genotype is one of the most relevant application of this molecular analysis. Objective: To establish the performance of conventional PCR analysis of the maternal plasma as a method to genotype fetal RHD. Method: A validity of diagnostic test was conduced with 81 peripheral blood samples obtained from RhD-negative pregnant women, between 4 and 41 weeks of gestation. Commercially available kits were used to extract DNA from the maternal plasma. Exon 10 and intron 4 RHD gene regions were tested using conventional Allele-Specific Polymerase Chain Reaction (AS-PCR). Fetal RHD genotyping by PCR on maternal plasma was compared to conventional Rh typing in neonatal period and data analysed by SAS- 8.2 version@ (1999-2001). Results: Samples were obtained as follows: 15 on 1 si, 37 on 2nd and 29 on 3rd trimester. Amplification failed in six of the specimens, 3 were RhD-negative and 3 RhD-positive at neonatal typing. Concordance between the genotyping and neonatal typing was 97.3%, sensitivity of 98.3% and specificity of 93.8%. One false positive in the third trimester and one false negative in the first trimester were observed. Conclusion: Conventional AS-PCR is an accurate method for fetal RHD genotyping on maternal plasma, as a noninvasive prenatal dignosis
Subject: Diagnostico pre-natal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Machado_IsabelaNelly_M.pdf4.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.