Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313094
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: As práticas profissionais dos farmacêuticos nos serviços de atenção básica do Sistema Único de Saúde de Campinas/ SP
Title Alternative: The pharmacists professional practices at the primary health care services of the Sistema Único de Saúde of Campinas/SP
Author: Damas, Francielly, 1985-
Advisor: L'Abbate, Solange, 1942-
Abstract: Resumo: O direito ao acesso a medicamentos no Sistema Único de Saúde exigiu a estruturação de políticas públicas capazes de efetivá-lo. Neste contexto se inserem a Política Nacional de Medicamentos e a Política Nacional de Assistência Farmacêutica que direcionam os investimentos públicos para a garantia do acesso aos medicamentos essenciais pela população e a promoção do uso racional, mediante a estruturação de uma cadeia de ações e serviços articulados denominada Ciclo da Assistência Farmacêutica. Este contexto criou um cenário novo e propício para a atuação do farmacêutico, profissional identificado social e historicamente como o profissional do medicamento. No SUS e nos serviços de saúde, o farmacêutico tem a possibilidade assumir funções essenciais à efetivação destas políticas, especialmente aquelas voltadas para a promoção do uso racional e do cuidado a partir da realização de serviços farmacêuticos. Estas práticas profissionais estão em processo de institucionalização na profissão e no SUS e o referencial teórico da Análise Institucional foi utilizado para compreender como tais práticas se instituem no âmbito das políticas públicas e na prática farmacêutica dos serviços de saúde. O presente estudo analisou, no período de julho a agosto de 2015, as práticas profissionais dos farmacêuticos dos serviços de atenção básica do município de Campinas. Buscou-se compreender a profissão farmacêutica no contexto das mudanças recentes nas diretrizes curriculares de formação e no processo sócio- histórico de sua institucionalização no Brasil, e também no processo de implantação de políticas públicas na área de medicamentos e assistência farmacêutica. Desde 2012 parte das unidades básicas de saúde da Rede SUS do município de Campinas conta com o trabalho de, aproximadamente, 20 profissionais farmacêuticos atuando junto às equipes de saúde da família e em contato direto com usuários. Existem muitas possibilidades de atuação deste profissional na prestação de serviços farmacêuticos, com destaque para as ações de cuidado na dispensação, orientação farmacêutica, seguimento farmacoterapêutico e educação em saúde. O desenvolvimento de práticas profissionais está diretamente relacionado ao contexto sócio-histórico e institucional nas quais são realizadas e para a análise destas práticas, foi realizado um estudo de natureza qualitativa, a partir de entrevistas semiestruturadas, para as quais foram convidados todos os farmacêuticos que atuavam nos serviços de atenção básica de Campinas há mais de doze meses, totalizando 15 profissionais, sendo que 14 concordaram em conceder entrevistas. A análise do material utilizou o referencial teórico-metodológico da Análise Institucional. Espera-se que o estudo contribua para maior compreensão das práticas profissionais farmacêuticas, esclarecendo questões sobre sua institucionalização nos serviços de saúde e construção do trabalho multiprofissional, contribuindo para que o farmacêutico repense sua prática profissional no SUS

Abstract: The right of access to drugs on the Sistema Único de Saúde (SUS) demanded an organization of public policies in order to maintain it. Are inserted in this context the national policy of drugs and the national policy of pharmaceutical assistance, both direct public investments to guarantee population¿s access to essential drugs and promote rational usage of it, by the organization of a chain of actions and articulated services named pharmaceutical assistance cicle. This context created a new and propitious scenario for pharmacist¿s actions, a professional socially and historically identified as "the professional of the drugs". At SUS and on health services, pharmacists have the possibility of assuming essential functions to actualize those policies, especially those focused on the promotion of rational usage and care beginning with pharmaceutical services. These professional practices are being institutionalized at the profession and at SUS, and the theoretical reference of Institutional Analyzes was used to comprehend how such practices are established in the scope of public policies and at the pharmaceutical practices on health systems. The present study analyzed, from July to August of 2015 the professional practices of pharmacists from primary health care services of the municipality of Campinas. The objective was to comprehend the pharmacist¿s profession in the context of recent changes on pharmacist¿s formation curriculum guidelines and on the socio-historical process of its institutionalization on Brazil, likewise in the process of implementation of public policies in the drug and pharmaceutical assistance area. Since 2012, a fraction of basic health units from SUS network of Campinas municipality counts with the work of approximately 20 pharmacists acting together the family health teams and in direct contact with patients. There are many acting possibilities for those professionals to deliver pharmaceutical services, especially actions of dispensation¿s care, pharmaceutical orientation, pharmacotherapeutic segment and health¿s education. The development of professional practices is directly related to the socio-historical and institutional context, in which they are performed and to analyze those practices, a qualitative study was done, based on semi-structured interviews, to which all pharmacists that work on primary health assistance from Campinas for over 12 months were invited, in a total of 15 professionals, of which 14 participated giving their interviews. The material¿s analysis was based on the theoretical and methodological referential of Institutional Analysis. It is expected that this work will contribute to a larger comprehension of pharmacists practices, clarifying questions related to its institutionalization on health services and the development of multi-professional work, contributing to pharmacists to rethink their professional practices at SUS
Subject: Assistência farmacêutica
Atenção primária à saúde
Pratica profissional
Farmacêuticos
Análise institucional
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Damas_Francielly_M.pdf3.64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.