Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312996
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Impacto do seguimento farmacoterapêutico sobre a adesão e a qualidade de vida de mulheres com neoplasia de mama em tratamento com tamoxifeno
Title Alternative: Impact of pharmacotherapy follow-up on adherence and quality of life of women with breast cancer treated with tamoxifen
Author: Cruz, Aline Aparecida da, 1988-
Advisor: Mazzola, Priscila Gava, 1979-
Abstract: Resumo: Objetivos: Avaliar o impacto do seguimento farmacoterapêutico sobre a adesão à hormonioterapia, qualidade de vida e nível de informação sobre a doença e o tratamento de mulheres com câncer de mama em uso de tamoxifeno. Casuística e métodos: Tratou-se de um estudo prospectivo longitudinal. O estudo foi realizado no Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti - Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher - CAISM / UNICAMP, Campinas ¿ SP (ambulatório de oncologia clínica) entre janeiro de 2012 e dezembro de 2013. Foi realizada amostragem por conveniência. O acompanhamento farmacoterapêutico foi realizado pelo período de 1 ano, utilizando-se como método o Pharmacotherapy Workup (PW). Foram aplicados questionários validados para a avaliação de qualidade de vida (QV) (EORTCQLQ-C30 3.0 e QLQ-BR23), avaliação da adesão ao tratamento medicamentoso (Teste de Morisky-Green (TMG)) e de avaliação do nível de informação sobre a doença e o tratamento (EORTCQLQ-INFO25) no início e ao final do acompanhamento. Resultados: Um total de 60 voluntárias foram incluídas inicialmente e 21delas permaneceram até o final do estudo. Estas apresentavam em média 2,0 ±1,4 Problemas Relacionados aos Medicamentos (PRMs) no início do acompanhamento, valor que diminuiu para 1,2 ±1,0 PRMs por voluntária (p<0,05) ao final do estudo. Os PRMs de segurança foram os mais numerosos e também foram aqueles que tiveram maior redução.A variação das pontuações dos 23 quesitos avaliados nos questionários de QV aplicados não foi significativa, oscilando pouco em torno da média inicial. Observou-se que os quesitos com maior pontuação inicialmente foram "Função social" (88,3 ± 30,6) e "Imagem corporal" (78,1 ± 31,2) e permaneceram com a melhor pontuação ao final do período de um ano. A adesão ao tratamento com tamoxifeno não apresentou diferença estatística ao final do período de estudo (p=0,289). A avaliação da quantidade de informação recebida pelas participantes quanto ao seu tratamento não apresentou diferenças significativas ao final do período de estudo para 7 dos 8 itens avaliados. Conclusão: O seguimento farmacoterapêutico foi efetivo na redução de PRMs deste grupo de mulheres, porém não modificou significativamente os parâmetros qualidade de vida, adesão ao tratamento com tamoxifeno e nível de informação sobre a doença e o tratamento

Abstract: Aims: To evaluate the impact of Pharmaceutical Care (PC) on adherence to hormonal therapy, quality of life (QOL) and level of information about the disease and treatment of breast cancer patients using tamoxifen. Methods: This was a longitudinal prospective study. It was conducted at Woman¿s Hospital Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti - Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher - CAISM/UNICAMP, Campinas ¿ SP between January 2012 and December 2013. Sampling was done for convenience. Data for the study were collected during one year, using the Pharmacotherapy Workup method (PW). We used validated questionnaires to assess quality of life (EORTC QLQ - C30 3.0 and QLQ - BR23), adherence to medication (Morisky-Green test (TMG)) and level of information about the disease and treatment (EORTC QLQ - INFO25). Results: A total of 60 volunteers were included and 21 completed the study. We initially observed a 2.0 ± 1.4 (mean ± standard deviation) drug therapy problems (DTPs) per patient and this value decreased to 1.2 ± 1.0 DTPs per patient (p < 0.05) at the end of the study. The safety DTP were the most numerous of all and were also those who had the greatest reduction. The range of scores for the two QOL questionnaires used was small, oscillating slightly around the initial mean. It can be observed that questions with higher scores initially were "social function" (88.3 ± 30.6) and "body image" (78.1 ± 31.2) and remained with the highest score at the end of one year. Adherence to treatment with tamoxifen showed no statistical difference during the period (p=0,289). The evaluation of the amount of information received by patients on their treatment was not statistically significant at the end of the study period for most items assessed. Conclusion: The PC was effective in reducing drug therapy problems of this group, but was not able to cause a statistically significant impact on quality of life parameters, adherence to tamoxifen and level of information about the disease and the treatment for the group of patients studied
Subject: Atenção farmacêutica
Adesão à medicação
Qualidade de vida
Neoplasias da mama
Tamoxifeno
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cruz_AlineAparecidada_M.pdf2.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.