Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312970
Type: TESE
Title: Avaliação de três estratégias de ventilação pulmonar mecânica durante cirurgias cardíacas com circulação extracorpórea
Title Alternative: Evaluation of three strategies of mechanical ventilation during cardiac surgery with cardiopulmonary bypass
Author: Dias, Davi José, 1983-
Advisor: Petrucci Junior, Orlando, 1966-
Junior, Orlando Petrucci
Abstract: Resumo: Introdução: A disfunção pulmonar durante cirurgias cardíacas ocorre pelos efeitos combinados da anestesia geral, circulação extracorpórea (CEC), trauma cirúrgico e isquemia pulmonar. A manobra de recrutamento alveolar (MRA) e a manutenção da pressão positiva no final da expiração (PEEP) durante a CEC são procedimentos que podem reverter o colapso alveolar e melhorar as trocas gasosas no pós-operatório. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da manobra de recrutamento alveolar e da manutenção da PEEP durante a CEC na mecânica respiratória e nos parâmetros de oxigenação, em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca com utilização de CEC. Métodos: Foram incluídos 90 pacientes (57 masculino/ 33 feminino) consecutivos, divididos em três grupos: grupo controle (GC), grupo recrutamento (GR) e grupo PEEP (GP), submetidos à cirurgia cardíaca com utilização de CEC. O GC recebeu ventilação mecânica com volume corrente de 8 ml/kg e frequência respiratória de 12 ciclos por minuto; o GR foi submetido ao mesmo tipo de ventilação mecânica e acrescido ao recrutamento alveolar imediatamente após a saída de CEC, já o GP foi submetido ao mesmo tipo de ventilação mecânica durante o ato cirúrgico, porém no momento da CEC, os pacientes não foram desconectados da ventilação mecânica, onde foi mantido uma PEEP contínua de 8 cmH2O. Os pacientes foram seguidos do momento pré-operatório até a alta hospitalar. Os pacientes foram avaliados quanto a distância caminhada no teste de caminhada de 6 minutos (TC6), complacência e resistência pulmonar, e mecânica respiratória. Resultados: A distância percorrida no TC6 no pós-operatório foi maior no GP comparado aos dois outros grupos no pós-operatório imediato e 2 meses após a cirurgia. A mecânica respiratória avaliada pela pressão inspiratória máxima (PImáx), pressão expiratória máxima (PEmáx) e pico de fluxo expiratório (PFE) variou igualmente nos três grupos não havendo diferença entre eles. A complacência pulmonar foi maior no GP no período pré-extubação comparado aos dois outros grupos. A saturação de oxigênio foi maior no grupo submetido ao recrutamento e no grupo PEEP, logo após a intervenção, mas este efeito não foi duradouro. Conclusão: A manobra de recrutamento alveolar no período intraoperatório e a manutenção de pressão positiva contínua nas vias aéreas durante a CEC proporcionaram melhora da saturação de oxigênio e da complacência pulmonar, mas estes efeitos não foram duradouros. A utilização da PEEP a CEC proporcionou maior distância percorrida no teste de caminhada de seis minutos

Abstract: Introduction: Pulmonary dysfunction related to cardiac surgery may occurs as consequence of several factors such as general anesthesia , cardiopulmonary bypass (CPB) , surgical trauma, and pulmonary ischemia . The alveolar recruitment maneuver (ARM ) or the maintenance of PEEP (Positive Expiratory End Pressure) throughout the CPB period may preclude the alveolar collapse and improve gas exchange at the postoperative period. The aim of this work was evaluate the effects of two different ventilatory strategies on mechanical respiratory physiology and oxygenation parameters in patients undergoing open heart surgeries using CPB. Methods: Ninety patients ( 57 male / 33 female) were allocated to three different groups named: control group (CG ), recruitment group (GR ) and PEEP group ( GP ). The CG were ventilated with a tidal volume of 8 mL/ kg and respiratory rate of 12 breaths per minute, GR were ventilated with the same parameters with additional alveolar recruitment right after weaning from CPB,, and the GP where the patients received a positive airways pressure of 8 cmH2O for the duration of the CPB time. Patients were followed-up up to 2 months of post-operative period. They were evaluated with 6-minute walk test (6MWT), pulmonary compliance resistance and respiratory muscle strength tests. Results: The GP showed longer distance walked in the 6MWT compared to GC and GR groups. The three groups were similar regarding respiratory muscle strength tests. There was an increase of lung compliance in GP at pre-extubation time compared to two other groups. The GR and GP groups showed a slight higher oxygen saturation compared to GC right after the intervention. However, these beneficial effects did not last until first day after surgery. Conclusion: Intraoperative recruitment maneuver and maintenance of PEEP during CPB produced to slight improvements on oxygen saturation and lung compliance, but these effects were not durable. The use of positive pressure during CPB improved the distance walked in six-minute walk test
Subject: Tórax - Cirurgia
Testes funcionais dos pulmões
Oxigenio
Respiração com pressão positiva
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dias_DaviJose_M.pdf1.39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.