Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312939
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação de polimorfismos nos genes IL1A, IL1B e TNFA em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto
Title Alternative: Association of IL1A, IL1B and TNFA gene polymorphisms in primary open angle glaucoma patients
Author: Oliveira, Mariana Borges, 1978-
Advisor: Melo, Mônica Barbosa de, 1968-
Abstract: Resumo: O glaucoma engloba um grupo de doenças que têm como característica comum a atrofia progressiva do disco óptico com alteração correspondente de campo visual, decorrente da perda de células ganglionares da retina. O aumento da pressão intraocular (PIO) é o principal fator de risco para o desenvolvimento do glaucoma, mas tem sido sugerida a existência de outros aspectos relevantes, tais como alterações no metabolismo do óxido nítrico, na regulação do fluxo vascular, sinais de estresse oxidativo e alterações no sistema imunológico. O glaucoma primário de ângulo aberto (GPAA), a forma mais prevalente entre os glaucomas, está associado a uma série de fatores de risco para sua instalação e desenvolvimento, além da PIO. Os demais fatores de risco são: idade (relação direta), raça (mais frequente e grave em indivíduos da raça negra), miopia e história familiar de glaucoma. A maioria dos casos de GPAA apresenta um padrão complexo de hereditariedade, em que variantes de suscetibilidade contribuem para a gravidade da doença. O objetivo deste estudo do tipo caso-controle foi avaliar o papel de polimorfismos nos genes da interleucina alfa (IL1A), interleucina beta (IL1B) e fator de necrose tumoral alfa (TNFA) em relação à suscetibilidade ao GPAA. Após avaliação oftalmológica, foram recrutados 214 indivíduos não relacionados portadores de GPAA. A análise molecular foi realizada por meio de técnicas de PCR e sequenciamento direto. Neste estudo observou-se que o alelo C do polimorfismo -31 C/T, presente na região promotora do gene IL1B, confere risco para o glaucoma (p=0,002). Este alelo está contido em um "TATA" box, influenciando na transcrição deste gene. Existe um desequilíbrio de ligação entre os SNPs -31 C/T e -511 T/C do gene IL1B e este último também está associado a um risco aumentado para o glaucoma (p=0,006). Com relação aos demais SNPs estudados (+3954 C/T do gene IL1B, -889 C/T e +4845 G/T do gene IL1A e -238 G/A e -308 G/A do gene TNFA), não houve associação com o glaucoma. Este estudo sugere que há relação das variantes "C" do SNP -31 C/T e "T" do SNP -511 T/C do gene IL1B com a etiologia do GPAA em uma amostra da população brasileira

Abstract: Glaucoma comprises a group of diseases characterized by progressive atrophy of the optic disc and corresponding visual field loss, as consequence of retinal ganglion cells death. Augmented intraocular pressure (IOP) is the main risk factor for glaucoma development, but it has been suggested that there are other relevant aspects that may lead to neuronal and trabecular meshwork (TM) damage and contribute to the development of glaucoma, including alterations in nitric oxide metabolism, oxidative stress and vascular and immune system dysregulations. Primary open angle glaucoma (POAG), the most prevalent form of glaucoma, is associated with several risk factors to its initiation and progression besides IOP. The additional risk factors are: age (direct correlation), race (more frequent in black subjects), myopia and family history of glaucoma. The majority of POAG cases presents a complex pattern of heritability, in which susceptibility variants contribute to disease severity. The aim of this case-control study was to evaluate the role of single nucleotide polymorphisms (SNPs) in the interleukin alpha (IL1A), interleukin beta (IL1B) and tumor necrosis factor alpha (TNFA) genes in relation to POAG susceptibility. After ophthalmologic evaluation, 214 unrelated subjects with POAG were recruited. The molecular analysis was performed by PCR and direct sequencing techniques. In this study it was observed that the C allele of the -31 C/T promoter polymorphism of the IL1B gene confers risk for glaucoma (p=0.002). This allele disrupts a "TATA" box, influencing the transcription of the IL1B gene. There is linkage disequilibrium between the -31 C/T e -511 T/C SNPs, and the latter is also associated with an increased risk for glaucoma (p=0.006). Regarding the others studied SNPs (+3954 C/T of the IL1B gene, -889 C/T and +4845 G/T of the IL1A gene and -238 G/A and -308 G/A of the TNFA gene), there is no association with glaucoma. This study suggests the relationship of the "C" variant of -31C/T and "T" variant of -511T/C of IL1B gene with POAG etiology in a sample of the Brazilian population
Subject: Glaucoma
Genética médica
Inflamação
Disco óptico
Malha trabecular
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_MarianaBorges_M.pdf6.74 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.