Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312936
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Efeitos da reposição de testosterona no remodelamento peniano relacionado ao envelhecimento = Effects of testosterone supplementation on age-related penile remodeling
Title Alternative: Effects of testosterone supplementation on age-related penile remodeling
Author: Ferreira, Fabio Thadeu, 1981-
Advisor: Dambros Lorenzetti, Miriam
Lorenzetti, Miriam Dambros
Abstract: Resumo: Introdução: A disfunção erétil é presente em 46,2% dos homens entre 40 e 70 anos de idade. Vários fatores já foram apontados como causa da disfunção erétil masculina, incluindo as alterações neurológicas, vasculares arteriogênicas, vasculares venogênicas, hormonais e psicológicas. Além disso, a incidência da DE é mais acentuada conforme aumenta a idade dos indivíduos, podendo chegar a 60-70% na sétima década de vida. A disfunção erétil (DE) deve ser encarada como uma doença multifatorial e seu tratamento deve ser realizado da mesma forma. Alguns estudos demonstram uma substituição no músculo detrusor por tecido colágeno devido a privação de testosterona; é natural que se faça tal analogia também para trato genital masculino. Observa-se uma clara associação entre o envelhecimento masculino, o decréscimo de testosterona sérica e a disfunção erétil, porém existem raros estudos na que avaliem a estrutura histológica do pênis em tal situação. Objetivos: Este estudo tem como objetivo avaliar os efeitos da reposição de testosterona sobre a fibrose dos corpos cavernosos de pênis de ratos senis. Metodologia: 16 ratos Wistar idosos foram divididos em 2 grupos: Tratamento (receberam suplementação padronizada de testosterona) e controle (receberam dose de solução salina equivalente). Testosterona foi dosada no D0 e D56 do estudo. Os pênis dos ratos foram preparados em parafina e suas lâminas coradas com picrosirius; estereologia foi aplicada para determinar a densidade volumétrica das fibras colágenas. Resultados: Os testes de ANOVA demonstraram que a reposição de testosterona foi efetiva, enquanto a privação androgênica se manteve no grupo controle (p < 0,01). O grupo com reposição de testosterona obteve uma densidade volumétrica (Vv) de 20,6%, menor que o do controle (47,8%); Teste-t e Kruskal-Wallis (p < 0,001). A correlação de Pearson demonstrou uma inversa relação entre os níveis de testosterona e Vv (p < 0,001). Conclusões: Este é um dos estudos pioneiros na demonstração de alterações estruturais sobre a musculatura do corpo cavernoso causadas pela deprivação de testosterona em ratos idosos. Estes achados implicam que os níveis de testosterona podem influenciar, não só a libido, mas também, na função erétil

Abstract: Introduction: Erectile dysfunction (ED) develops among 46,2% of men between 40-70 years. Many factor are implicated on the male ED, including neurology alterations, artheriogenic vascular pathologies, and venogenics vascular pathologies, hormonal and physiologic. Besides, the incidence of ED is more common with the aging, reaching over 60-70% on the 7th decade of life. ED must be faced as one multifactorial disease and its treatment must be performed as such. Some studies demonstrated detrusor muscle substitution by collagens fibers due to testosterone deprivation; it is natural to make similar analogy to the male genial tract. There is a clear association between aging, lower levels of testosterone and ED, however, there are few studies evaluating the histologic penile structure on this situation. Objetives: This study aims to evaluate the effects of testosterone supplementation over the corpora corpus fibroses in pênis of elderly rats. Methodology: 16 senescent Wistar rats were divided in 2 groups: treatment (receiving standard supplementation testosterone dose) and control (receiving equivalent saline solution). Testosterone was dosed on D0 and D56 of study. All penises were prepared with picrosirius colored histology; stereology was applied to determine the volumetric density of collagen fibers (Vv). Results: ANOVA demonstrated testosterone group's replacement therapy was effective, while the androgenic decline continued by the time of experiment in control group (p<0.05). Testosterone group had Vv of 20,6%, lower than control group (47,8%); t-test and Kruskal Wallis test (p<0.001). Pearson¿s correlation demonstrated an inverse correlation between the Vv and testosterone¿s levels (p<0,001). Conclusions: This is a pioneer study on demonstration of structural alterations over the cavernous corpora muscle caused by deprivation of testosterone on elderly rat. These finding implicate that the testosterone levels can influence, not only the libido, but also the erectile function
Subject: Envelhecimento
Disfunção erétil
Fibrose
Testosterona
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferreira_FabioThadeu_D.pdf3.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.