Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312916
Type: TESE
Title: Consumo de gorduras e escolaridade em adultos : estudo de base populacional no município de Campinas, SP
Title Alternative: Intake fats and educational status in adults : population-based study in Campinas, SP
Author: Barbosa, Lhais de Paula, 1990-
Advisor: Barros, Marilisa Berti de Azevedo, 1948-
Abstract: Resumo: O consumo de gorduras é essencial na alimentação humana. Os lipídios contribuem ativamente como precursores na síntese de hormônios, fazem parte da estrutura das membranas celulares, compõe a bile, participam da resposta autoimune e do transporte de vitaminas lipossolúveis e garantem o aporte energético da dieta. Contudo, o excesso na ingestão deste nutriente representa risco para o desenvolvimento de uma série de doenças crônicas e o aumento da ingestão de gorduras na dieta das populações foi uma característica marcante no processo de transição nutricional. O objetivo desta dissertação foi analisar o perfil de ingestão de gordura segundo escolaridade e sexo na população adulta residente no município de Campinas. Trata-se de estudo transversal de base populacional que avaliou a dieta de 949 adultos residentes na área urbana do município de Campinas por meio do instrumento Recordatório de 24 horas (R24h). A composição nutricional da dieta foi calculada a partir do software NDS-R versão 2007 e para a análise dos dados foram calculadas as proporções e estimadas as médias com seus respectivos intervalos de confiança de 95% utilizando os modelos lineares generalizados, com base na distribuição do tipo Gamma, para variáveis assimétricas. Como resultados, pode-se observar que a dieta apresentou-se normoglicídica, normolipídica e normoproteica, segundo as recomendações do IOM de 2005, tanto para homens quanto para mulheres e em todos os estratos de escolaridade. Sobre o consumo dos diferentes tipos de gordura, quando analisados por sexo e escolaridade, foi verificado para o sexo masculino maior consumo de gordura total, gordura saturada, gordura monoinsaturada e gordura trans entre os mais escolarizados. Entre as mulheres, foi observado maior consumo de gordura saturada e menor consumo de gorduras poliinsaturadas nos estratos de maior escolaridade. Os resultados do estudo mostraram que, em linhas gerais, o consumo de determinados tipos de gordura é elevado na população estudada e que as gorduras mais consumidas foram àquelas com potencial de prejudicar a saúde: gordura saturada e gordura trans. Pode-se dizer diante dos resultados encontrados que o nível de escolaridade está associado à maior ingestão de gorduras na alimentação já que os indivíduos mais escolarizados, de um modo geral, apresentaram maior consumo médio de gorduras. Estes resultados podem sinalizar uma etapa do processo de transição nutricional em que as populações mais favorecidas apresentam piores indicadores para doenças crônicas não transmissíveis. Por esta razão faz-se necessária a realização de inquéritos alimentares periódicos a fim de monitorar a tendência deste comportamento na população

Abstract: The intake of fat is essential in human nutrition. Lipids actively contribute as precursors in the synthesis of hormones; they are part of the structure of cell membranes and bile, participate in autoimmune response and in the transport of fat-soluble vitamins and ensure the energy intake of the diet. However, the excess intake of this nutrient represents a risk for the development of several chronic diseases and the increased intake of fats in the population diet was a remarkable feature in the nutritional transition process. The aim of this dissertation was to analyse the fat intake profile according to the education and sex in the adult population living in the city of Campinas. This is a cross-sectional population-based study which evaluate the diet of 949 adults living in the urban area of Campinas through the instrument 24-hours Recall (R24h). The nutritional composition of the diet was calculated with the NDS-R software version 2007 and for the data analysis was calculated the proportions and estimated the means with its respective confidence interval of 95% using the generalized linear models, based in the distribution of Gamma type, for the asymmetric variables. As results, it could be observed the diet was normal for carbohydrates, fats and proteins, according to the 2005 IOM recommendations, for both men and women and in all educational strata. For the intake of different types of fat, when analysed by sex and education, it was verified for male a greater intake of total fat, saturated fat, monounsaturated fat and trans fat among the more educated. Among women, it was observed a greater intake of saturated fat and lower intake of polyunsaturated fat in the more educated strata. The results of the study show that, in general, the intake of certain types of fat is high in the population evaluated and the most consumed fats were those with potential to jeopardize health: saturated and trans fat. Thus, the results affirm that education is associated with a greater intake of fat since the most educated, in general, had a greater mean intake of fat. This results can signalize a stage in the process of nutritional transition where the most rich population have the worst indicators for noncommunicable chronic diseases. Therefore it is necessary to perform regular food surveys to monitor this behavior trend in the population
Subject: Alimentos - Consumo
Gorduras na dieta
Dieta
Escolaridade
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barbosa_LhaisdePaula_M.pdf773.34 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.