Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312878
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Perfil dos idosos com transtornos mentais assistidos em ambulatórios do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (SP)
Title Alternative: Profile of the elderly with disorders assited in hospital outpatient clinics of the State University of Campinas (SP - BRAZIL)
Author: Biasoli, Tiago Rodrigo, 1986-
Advisor: Guariento, Maria Elena, 1955-
Abstract: Resumo: Em decorrência do aumento significativo de pessoas acima de 60 anos com transtornos mentais, é necessário conhecer as características destes sujeitos, com o intuito de promover uma melhor assistência em saúde, assim como identificar os possíveis fatores de risco associados à incidência destas doenças. Em função disso, esta pesquisa teve como o objetivo principal a caracterização sociodemográfica (gênero, idade, escolaridade, estado conjugal) e clínica (número de consultas, tempo de tratamento, número de ambulatórios frequentados e óbitos) de 318 idosos com algum tipo de transtornos de humor, entre os 1131 idosos atendidos em Ambulatórios Especializados na atenção ao idoso, do Hospital de Clínicas da Unicamp no período de 2008 a 2013. Os dados foram coletados dos prontuários do Serviço Digital de Arquivo Médico. A análise dos dados foi realizada utilizando-se os testes Qui-Quadrado (para valores esperados menores que 5). Para avaliar a associação dos transtornos de humor com as demais variáveis, foram realizadas análises de regressão logística univariada, para a verificação de associações isoladas. Em seguida, foram realizadas com os mesmos desfechos análises de regressão logística multivariada pelo método de entrada manual (enter) das variáveis independentes. Para todas as análises foram adotadas um valor de p menor ou igual a 0,05 e utilizando-se, para isso, o software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS®), versão 20. Verificou-se, que a amostra total era composta predominantemente por mulheres (59,8%), por idosos na faixa etária entre 70-79 anos (38,8%) e casados (50,8%). Os Transtornos Mentais Orgânicos estavam presentes em 62,3% dessa população, seguidos por 23,6% relacionado aos Transtornos de Humor, sendo que 67,6% da amostra submetiam-se a tratamento por período superior a dois anos, 39% tinham realizado mais de 6 consultas e 34,1% tinham registro de comorbidades associadas. Em relação ao perfil por Especialidade, novamente se constatou um predomínio de mulheres idosas em todos os segmentos, já em relação à faixa etária, percebe-se uma diferença significativa entre as Especialidades, já que os indivíduos mais novos predominavam na Área de Psiquiatria e os mais idosos (acima de 80 anos), são mais evidentes na Área de Geriatria. Quanto às características clínico-psicológicas, verificou-se predomínio dos Transtornos Mentais Orgânicos nos Ambulatórios relacionados da Geriatria e Neurologia, sendo que os Transtornos de Humor tiveram maior registro na Psiquiatria com 44,4% dos diagnósticos. Em relação ao número de comorbidades registradas, verificou-se que 76,3% dos idosos atendidos na Geriatria apresentavam comorbidades associadas, sendo que o maior tempo de tratamento foi encontrado nos pacientes da Psiquiatria, que também registrou o maior número de consultas por paciente, e foi o único local com pacientes acompanhados em três ou mais ambulatórios. Em relação aos idosos com Transtornos de Humor, evidenciou-se que os sujeitos com menos de 80 anos, do sexo feminino, analfabetos, sem companheiros, e que comparecimento a maior número de consultas associaram-se positivamente com a presença desses Transtornos

Abstract: As a consequence of the significant increase in people over 60 with mental disorders, it is necessary to know the characteristics of this population in order to promote better health care, and to identify possible risk factors associated with the incidence of these diseases. This research has as main objective to describe the socio-demographic characteristics (gender, age, education, marital status) and clinical characteristics (number of counsel, treatment time and deaths) of 318 elderly people with some kind of disorder mood among 1131 elderly patients from outpatient clinics of Clinic Hospital of the State University of Campinas, during the period of 2008-2013. The data were collected from medical records of Digital Medical Archive Service. Data analysis was performed using the chi-square test (expected to lower values than 5) to compare categorical variables. To evaluate the association of mood disorders with the other variables, analyzes were performed univariate logistic regression, for the verification of individual associations. They were then held to the same outcomes multivariate logistic regression analysis by manual input method (enter) the independent variables. For all analyzes were adopted a p-value lesser than or equal to 0.05. It was used the Statistical Package for the Social Sciences software (SPSS), version 20. It was found that the total sample was consisted in the majority of women (59.8%). people aged between 70-79 years (38.8%) and married (50.8%). The Organic Mental Disorders were present in 62.3% of the population, followed by 23.6% related to Mood Disorders; 67.6% of the sample were undergoing treatment for longer than two years, 39% had conducted over 6 consultations and 34.1% had associated comorbidities registration. Regarding the profile for Specialty, again we found a predominance of older women in all segments. In terms of age, a significant difference between the specialties was evident, as the younger individuals predominated in Psychiatry Area and older (over 80) are more evident in Geriatrics Area. As for the clinical and psychological characteristics, there was predominance of Organic Mental Disorders related to outpatient clinics Geriatrics and Neurology, and the Mood Disorders had greater occurrence more record in Psychiatry with 44.4% of diagnoses. Regarding the number of registered comorbidities, it was found that 76.3% of the elderly seen in Geriatrics had more comorbidities, and the longer treatment was found in patients of Psychiatry, who also recorded the highest number of visits per patient and was the only place with patients followed for three or more clinics. Regarding the elderly with Mood Disorders, it became clear that individuals under 80 years, female, illiterate, without companions, and that attendance at more consultations were positively associated with the presence of these disorders
Subject: Instituições de assistência ambulatorial
Idosos
Transtornos mentais
Editor: [s.n.]
Citation: BIASOLI, Tiago Rodrigo. Perfil dos idosos com transtornos mentais assistidos em ambulatórios do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (SP). 2015. 73 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/312878>. Acesso em: 27 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Biasoli_TiagoRodrigo_M.pdf806.11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.