Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312870
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Saúde auditiva e integralidade do cuidado : itinerário de usuários na rede de serviços
Title Alternative: Hearing health and comprehensive care : itinerary users in the service network
Author: Vianna, Núbia Garcia, 1983-
Advisor: Andrade, Maria da Graça Garcia, 1954-
Abstract: Resumo: Desde a criação do SUS até o início dos anos 2000, a Atenção à Saúde Auditiva apresentava caráter clínico reabilitador com ênfase nos problemas auditivos já instalados. Em 2004, com a criação da Política Nacional de Atenção à Saúde Auditiva, observou-se uma mudança positiva ao se contemplar ações de atenção básica e de média e alta complexidades, legitimando, assim, a promoção da saúde auditiva, a prevenção de problemas que cursam com alterações auditivas e, na existência destas, ações de reabilitação com o auxílio de recursos tecnológicos. Tais ações deveriam organizar-se na perspectiva de redes, mas é em 2011 que esta proposta ganha força com a publicação da Rede de Cuidados à Pessoa Deficiência. Nesse contexto, a presente pesquisa teve por objetivo analisar a integralidade do cuidado na atenção à saúde auditiva nos âmbitos municipal e regional, com ênfase no acesso, no vinculo e na autonomia do usuário. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, envolvendo análise documental, entrevistas com gestores e profissionais de saúde, assim como entrevistas com usuários dos serviços de modo a reconstituir seus itinerários terapêuticos (IT). Foram construídas narrativas a partir dos IT de seis usuários provenientes de um município de grande porte da região de Campinas/SP e o conjunto do material foi submetido a análise temática de conteúdo. Os resultados mostraram dificuldades de acesso para adultos e idosos em todos os níveis de complexidade, desde a atenção básica até os serviços especializados, o que é menos evidente no caso de recém-nascidos e crianças, para os quais há mais agilidade e facilidade em acessar os serviços de saúde. Por outro lado, a ênfase na protetização domina a lógica de funcionamento dos serviços, com forte presença do setor privado, em detrimento de aspectos importantes como a construção de vínculo e a produção de autonomia. Isto é ainda mais evidente quando o usuário do serviço é surdo, visto que apenas um dos serviços está apto a receber usuários que se comunicam pela língua de sinais. A pesquisa aponta os desafios colocados para o alcance da integralidade em saúde auditiva e que possíveis caminhos para isso exigem o esforço dos profissionais na identificação das reais necessidades de saúde dos sujeitos, a garantia de acesso à reabilitação e uma maior articulação entre os profissionais e os serviços de saúde. Propostas recentes relacionadas à implementação de redes de cuidado para pessoas com deficiência podem aportar novas possibilidades de atuação na área e renovam as expectativas de avanços na atenção à saúde auditiva no país

Abstract: Since the creation of SUS until the early 2000s, the Hearing Health Attention had a clinical rehabilitation approach with emphasis on hearing problems already installed. In 2004, with the creation of the National Policy for Hearing Health Care, there was a positive change when the basic, medium and high hearing healthcare activities were implemented, what legitimated the promotion of hearing health promotion, prevention of problems with auditory damages and rehabilitation actions of such damages with technological resources. Such actions should be organized on a network perspective, but in 2011 that this proposal gains momentum with the publication of the Network of Care with People Disabilities. In this context, the present research aimed to analyze the comprehensiveness of the care in the healthcare network under municipal and regional jurisdiction, with emphasis on the access bond and the autonomy of the patient. It is a qualitative research, involving analysis of documents, interviews with managers and health professionals, as well as interviews with users of services in order to reconstitute their therapeutic itineraries (TI). Narratives were built from the TI of six users from a large city in the region of Campinas/SP and the entire material was subject to the content analysis technique. The results showed the difficulties of access for adults and the elderly at all levels of complexity, from basic care to specialized services, what is less evident in the case of infants and children, for which the health services access is faster and easier. On the other hand, the emphasis on hearing aids dominates the services operating logic, with a strong presence in the private sector, to the detriment of important aspects as the bond building and the production of users autonomy. This is even more intense when the user of the service is deaf, as only one of the services is able to receive users who communicate by sign language. The research points out the numerous challenges to achieve comprehensiveness in hearing health care and that possible paths for that require the efforts of professionals in identifying the real health needs of users, ensuring access to rehabilitation and greater articulation between professionals and the health services network . However, the scenario is of change and expectations with the publication of the latest proposals - the Plan Live without Limit and the Network of Care for Person with Disabilities, which suggests major advances over the next years
Subject: Acesso aos serviços de saúde
Perda auditiva
Surdez
Políticas públicas
Itinerário terapêutico
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ruivo_NubiaGarciaVianna_M.pdf2.1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.