Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312848
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Fisioterapia respiratória com pressão positiva intermitente : uma análise comparativa em relação ao tratamento convencional na remoção do dreno de tórax
Title Alternative: Chest therapy with positive pressure intermittent : a comparative analysis between convencional physiotherapic in removal chest drain
Author: Anjos, Ana Paula Ragonete dos, 1985-
Advisor: Martins, Luiz Claudio, 1964-
Abstract: Resumo: Introdução: Uma das estratégicas clínicas que pode ser adotadas para acelerar a remoção do dreno torácico é a reabilitação respiratória com técnicas de reexpansão pulmonar, sendo este um dos critérios para remoção do dreno. Objetivo: Comparar a utilização do equipamento Reanimador de Muller como recurso fisioterapêutico em relação às técnicas fisioterapêuticas convencionais no tratamento de pacientes submetidos ao uso de dreno de tórax. Método: Estudo prospectivo, randomizado, descritivo e comparativo. O estudo foi composto por 40 pacientes, sendo elegíveis acima de 18 anos, hemodinamicamente estável, presença de tórax de dreno, orientado e consciente. Foi comparado dois grupos, sendo o grupo convencional composto por técnicas fisioterapêuticas com incentivador inspiratório e manobras manuais de reexpansão. O outro grupo denominado de estudo, teve como principal técnica a pressão positiva intermitente com o equipamento Reanimador de Muller. A análise estatística foi realizada para comparar as variáveis categóricas entre os 2 grupos, porém foram usados o teste qui-quadrado ou, na presença de valores esperados menores que 5, o teste exato de Fisher, Mann-Whitney, ANOVAs, sendo o nível de significância adotado para os testes estatísticos foi P<0.05 . Resultado: Houve diferença estatísticas entre os valores pré e pós intervenção fisioterapêutica intra grupos da variável de volume minuto, volume corrente e dispneia (p<0.001). O valor de frequência respiratória no momento pós intervenção foi maior no grupo estudo (p=0.031).Quanto a variável de saturação periférica de oxigênio apresentaram diferença (p<0.001) intra grupos antes e após sessão de fisioterapia. A percepção de dor, tempo de internação e tempo de dreno não foram observadas diferenças estatísticas. Conclusão: Ambas as técnicas de fisioterapia respiratória em indivíduos com dreno de tórax foram efetivas na melhora do volume minuto, volume corrente, redução da dispneia

Abstract: Introduction: Introduction: One of the clinical strategies that can be adopted to accelerate the removal of the chest tube is respiratory rehabilitation with pulmonary re-expansion techniques, being one of the criteria for removal of the drain. Objective: To compare the use of Muller Resuscitator equipment as a physical therapy resource in relation to conventional physical therapy techniques in the treatment of patients with the use of chest drain. Methods: A prospective, randomized, descriptive and comparative. The study consisted of 40 patients, being eligible over 18 years, hemodynamically stable, the presence of chest drain, oriented and aware. two groups were compared, and the conventional group consisting of physical therapy techniques with inspiratory encourager and manual maneuvers to re-expansion. The other group called the study was mainly technical intermittent positive pressure with Muller Resuscitator equipment. Statistical analysis was performed to compare categorical variables between the 2 groups, but were used the chi-square test or, in the presence of lower expected values than 5, Fisher's exact test, Mann-Whitney, ANOVA, and the level of significance for the statistical tests was P <0.05. Results: There was statistical difference between pre and post physical therapy intervention intra groups of minute volume variable, tidal volume and dyspnea (p <0.001). The value of respiratory rate in the post intervention time was higher in the study group (p = 0.031).As peripheral oxygen saturation variable showed differences (p <0.001) intra groups before and after physical therapy session. The perception of pain, hospitalization time and drain time stats differences were observed. Conclusion: Both techniques of respiratory physiotherapy in patients with chest tube were effective in improving the minute volume, tidal volume, reduction of dyspnea
Subject: Fisioterapia
Respiração com pressão positiva intermitente
Doenças pleurais
Editor: [s.n.]
Citation: ANJOS, Ana Paula Ragonete dos. Fisioterapia respiratória com pressão positiva intermitente: uma análise comparativa em relação ao tratamento convencional na remoção do dreno de tórax. 2016. 1 recurso online (53 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/312848>. Acesso em: 30 ago. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Anjos_AnaPaulaRagonetedos_M.pdf1.3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.