Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312778
Type: TESE
Degree Level: Mestrado
Title: A dialética resistência/entrega no uso nocivo de substâncias psicoativas por mulheres
Title Alternative: The dialectic resistance/surrender in the harmful use of psychoactive substances by women
Author: Rybka, Larissa Nadine, 1980-
Advisor: Nascimento, Juliana Luporini do, 1974-
Abstract: Resumo: O presente estudo se propõe a compreender o desenvolvimento do uso nocivo de substâncias psicoativas (SPA) na trajetória de quatro usuárias de um CAPS AD (Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas) localizado no município de Campinas (SP). A pesquisadora trabalhou neste serviço de saúde mental como médica (clínica geral) no período de 2009 a 2014. O material de campo consiste em quatro narrativas de histórias de vida, sendo a técnica utilizada para sua coleta a entrevista individual, do tipo aberta. Os referenciais teórico-metodológicos fundamentais da pesquisa são o materialismo histórico-dialético, o feminismo marxista crítico e a Epistemologia Qualitativa - esta última um desenvolvimento da teoria histórico-cultural da subjetividade. No processo de análise das narrativas, buscou-se apreender os sentidos subjetivos do uso de SPA na produção da existência cotidiana de cada entrevistada, em diferentes momentos de suas vidas. A seguir, estas configurações singulares de sentidos foram relacionadas entre si e com a realidade tomada como totalidade histórico-social nesta pesquisa. Dentre os principais resultados, evidenciou-se a diversidade de configurações assumidas por experiências ideologicamente construídas como universais e homogêneas (como a maternidade, a prostituição e o próprio uso de SPA). As narrativas explicitam ainda inúmeras facetas da violência social/racial/patriarcal - cujos elementos estão entrelaçados em uma dinâmica de coprodução e de reforço mútuo - e seus efeitos perversos sobre a subjetividade individual e social. No campo desta pesquisa, o uso de SPA se revela como um recurso psicossocial importante para enfrentar e ao mesmo tempo suportar as situações de extrema violência, exploração e opressão que marcam as histórias de vida analisadas. Conclui-se que uso de SPA compõe estratégias singulares de resistência construídas conforme os recursos disponíveis em cada contexto particular e acessíveis (objetiva e subjetivamente) a cada uma das entrevistadas. Simultânea e dialeticamente, o uso nocivo de SPA assume um caráter de entrega - expressão utilizada por uma das entrevistadas, mas cujos múltiplos sentidos (de desistência, rendição, afronta) estão presentes em todas as narrativas

Abstract: This study seeks to understand the development of the harmful use of psychoactive substances (PAS) in the life trajectories of four users of a Psychosocial Care Center for Alcohol and Drugs (CAPS AD) in the city of Campinas, São Paulo State, Brazil. The author worked at CAPS AD as a staff physician in general medicine from 2009 to 2014. Fieldwork material consists of four life narratives, obtained through individual, open-ended interviews. The theoretical-methodological references that underlie this research are the historical-dialectical materialism, the critical Marxist feminism and the qualitative epistemology - the latter a development of the historical-cultural theory of subjectivity. Throughout the analytical process of the four narratives, the author sought to capture the subjective significations of PAS use in the production of everyday existence, in different moments of each interviewee's life. Subsequently, these singular configurations of meanings were related amongst themselves and also with the reality that was taken as a historic social totality for the purpose of this research. The main results highlighted the diversity of configurations assumed by experiences ideologically constructed as universal and homogenous (such as maternity, prostitution and PAS use itself). Moreover, the narratives make explicit various facets of social/racial/patriarchal violence - whose elements are intertwined in a dynamic of co-production and mutual reinforcement - and its perverse effects over social and individual subjectivity. In the realms of this research the use of PAS turned out to be an important psychosocial resource to challenge and, at the same time, to endure situations of extreme violence, exploitation and oppression that so much characterize these four life stories. Finally, the author concludes that the use of PAS is a component of singular strategies of resistance built in accordance with the resources that, being at hand in these four particular contexts, can be accessed (both objectively and subjectively) by each of the interviewees. Simultaneously and dialectically, the harmful use of PAS is an act of surrender - an expression quoted from one of the interviews, which multiplicity of meanings (renunciation, rendition, challenge), however, is a consistent presence in all four narratives
Subject: Transtornos relacionados ao uso de substâncias
Gênero
Feminismo
Saúde mental
Editor: [s.n.]
Citation: RYBKA, Larissa Nadine. A dialética resistência/entrega no uso nocivo de substâncias psicoativas por mulheres. 2015. 180 p. Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/312778>. Acesso em: 26 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rybka_LarissaNadine_M.pdf1.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.