Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312763
Type: TESE
Title: Avaliação de efeito e segurança da toxina botulínica tipo A na indução de ptose palpebral temporária em gatos domésticos
Title Alternative: Evaluation of the effect and safety of botulinum toxin type A to induce temporary palpebral ptosis in domestic cats
Author: Teixeira, Myrian Kátia Iser, 1969-
Advisor: Vasconcellos, Jose Paulo Cabral de
Abstract: Resumo: Objetivo: Avaliar o efeito e a segurança da toxina botulínica tipo A quando aplicada na região do músculo elevador da pálpebra superior, para a indução de ptose palpebral protetora em gatos domésticos. Métodos: Neste estudo do tipo longitudinal, série de casos com intervenção, um total de 10 gatos foram submetidos à quimiodenervação do músculo elevador da pálpebra superior esquerdo, através da aplicação transpalpebral de 10 unidades de toxina botulínica do tipo A. Alterações sistêmicas, mobilidade ocular, função visual, pressão intraocular, o aparecimento, grau e duração da ptose foram avaliados antes da aplicação, diariamente, durante os sete primeiros dias e, posteriormente, nos dias 14, 21 e 28 após a aplicação. A mensuração da fenda palpebral foi realizada também no olho contralateral que funcionou como controle. Resultados: O início do efeito clínico foi observado entre os dias 1 e 4 após a aplicação; a ptose máxima foi observada entre o quinto e o sétimo dia e a duração média de ação da toxina foi de 21 dias. O tempo máximo para recuperação da ptose foi de 28 dias. A porcentagem média de redução da fenda palpebral foi de 39,66% (16,55% ¿ 59,64%). A análise qualitativa demonstrou que duas gatas (20%) apresentaram cobertura corneal maior que 50%, sete gatas (70%) obtiveram cobertura corneal entre 25 e 49% e uma gata (10%) mostrou cobertura corneal menor que 25%. Os valores da pressão intraocular permaneceram dentro dos limites de normalidade. A toxina botulínica não causou efeitos adversos nos gatos desse estudo. Conclusão: O uso de toxina botulínica tipo A no músculo elevador da pálpebra superior foi seguro e promoveu ptose palpebral temporária parcial nos gatos desse experimento

Abstract: Purpose: To evaluate the effect and safety and of botulinum toxin A for the induction of palpebral ptosis in felines. Methods: In this prospective interventional study, a total of 10 cats underwent transpalpebral chemodenervation of levator palpebral superioris with 10 units of botulinum toxin type A in the left eye. The systemic changes, ocular mobility, visual function, intraocular pressure, and the onset, degree and duration of ptosis were evaluated before application, on a daily basis during the first seven days and on days 14, 21 and 28 after application.The palpebral edge of the contralateral eye was also measured. Results: A clinical effect was observed beginning between the first and fourth days after botulinum toxin A administration. The extent of ptosis was maximal between the fifth and seventh days after administration, and ptosis was observed for a mean duration of 21 days. The maximum time for recovery of ptosis was 28 days. The palpebral edge was reduced by an average of 39.6% (16.55% - 59.64%). Qualitative analysis showed that two cats (20%) had greater than 50% coverage corneal, seven cats (70%) achieved corneal coverage between 25 and 49% and one cat (10%) showed corneal coverage less than 25%. Intraocular pressure values were within normal limits. Botulinum toxin did not cause undesirable effects. Conclusions: The use of botulinum toxin A in the levator palpebrae superioris muscle was safe and provided transient, partial palpebral ptosis in all of the studied cats
Subject: Gatos
Blefaroptose
Toxinas botulínicas tipo A
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Teixeira_MyrianKatiaIser_M.pdf2.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.