Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312762
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Qualidade de vida dos pacientes antes e após realização de transplante penetrante de córnea = The quality of life before and after corneal transplantation
Title Alternative: The quality of life before and after corneal transplantation
Author: Okanobo, Andre, 1979-
Advisor: Vasconcellos, Jose Paulo Cabral de
Abstract: Resumo: Avaliação da qualidade de Vida dos Pacientes Antes e Após Realização de Transplante Penetrante de Córnea. OBJETIVO Verificar o impacto do transplante de córnea sobre a qualidade de vida dos indivíduos submetidos à cirurgia no serviço de Oftalmologia HC-UNICAMP no período de outubro de 2005 a outubro de 2006. METODO: O estudo foi aprovado pelo comitê de ética e pesquisa da FCM-UNICAMP. Foram inclusos indivíduos com indicação de transplante de córnea do ambulatório de Doenças Externas da Oftalmologia do HC UNICAMP no período de outubro de 2005 a outubro de 2006 e que aceitaram em participar do estudo. Foram incluídos 32 indivíduos. Os critérios de exclusão foram transplante tectônico, indivíduos com déficit visual importante causado por outra afecção ocular além das alterações corneanas. Realizou-se exame oftalmológico assim como aspectos demográficos e história ocular dos pacientes incluídos no estudo. Métodos objetivos como claridade do transplante e melhor acuidade visual corrigida e método subjetivo, a qualidade de vida, através do questionário SF-36 adaptado. RESULTADOS: Houve diferença significativa de satisfação entre gêneros com maior escore no sexo masculino (p = 0.0319). No método objetivo como a acuidade visual corrigida teve aumento significativo do olho transplantado (p<0.0001); A AV média antes do transplante era de 0,98 ± 0,1 logMAR e após 0,48 ± 0.38 logMAR. Quanto o escore de qualidade de vida (SF-36), método subjetivo, após o transplante houve um aumento significativo (p<0.0001). O escore do SF-36 antes do transplante foi de 49,11% ± 19,28 (média ± DP) e após o transplante de 71, 98% ± 24,28 (média ± DP) com uma melhora de 22, 87% (p<0.0001).Os indivíduos mais satisfeitos foram aqueles que tiveram a pontuação mais alta no SF-36 (r = 0.60; P = 0.0002). A satisfação parece não estar correlacionada com a melhora da AVCC no olho transplantado (r = 0.3186; P = 0.0755). Ocorreu uma fraca correlação entre a melhora da AVCC no olho transplantado e a melhora do SF-36 (r=0.28382; p=0.1154). Não houve diferença significativa do SF-36 nos indivíduos com visão baixa nos dois olhos quando comparado com os pacientes com visão boa em um dos olhos (p=0.2998 ) CONCLUSÃO: O transplante penetrante de córnea proporcionou melhora na pontuação dos métodos subjetivo e objetivos. Os indivíduos com maior satisfação foram melhor avaliados através do método subjetivo (SF-36). Não houve diferença significativa na qualidade de vida dos indivíduos com pior acuidade visual no olho contralateral quando comparado com os indivíduos com boa visão no olho contralateral, mas análise de um maior número de indivíduos é necessária

Abstract: Purpose: To assess and measures the patient satisfaction before and after penetrating keratoplasty. Methods: The study of approved by the ethics committee of FCM-UNICAMP. Data were collected from 32 patients who underwent penetrating keratoplasty (PK) between October 2005 and October 2006. Demographic, ocular history, objective treatment outcome measures such as clarity of the graft and best-corrected visual acuity (BCVA) of both eyes were collected prospectively. In addition to assessment of quality of life were obtained by an interview before the PK and after at least one year of postoperative. Results: The average age of subjects was 42 ± 22 (mean ± SD) years and 68.75 % were women. On average, men were most satisfied. BCVA was 0,98 ± 0,1 logMAR before and 0,48 ± 0.38 logMAR after PK showing a significant improvement on BCVA (P < 0.0001). SF-36 score was 49.11% ± 19.28% before and 71.98% ± 24.28% after PK showing a significant improvement after the PK (p< 0.0001). The most satisfied patients where those who had a better score on SF-36 (r = 0.60; p = 0.0002). Satisfaction seems not to be correlated to improvement in BCVA at the transplanted eye (r = 0.3186; p = 0.0755). There was weak correlation between improvement in BCVA on the transplanted eye and improvement of SF-36 score (r = 0.28382; p=0.1154). There was no significant improvement in SF-36 in patients with worse BCVA in the other eye (p = 0.2998). Conclusions: Penetrating keratoplasty has a positive effect on objective and subjective outcome measures. Patient satisfaction is better predicted by subjective outcomes. There is no significant difference in quality of life in patients with worse BCVA in the contralateral eye when compared to eye with good BCVA in the contralateral eye, but analysis of a larger number of patients is necessary to confirm that
Subject: Qualidade de vida
Cornea - Transplante
Questionário SF-36
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Okanobo_Andre_M.pdf2.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.