Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312730
Type: TESE DIGITAL
Title: As percepções de pais e professores sobre as dificuldades escolares
Title Alternative: Parents and teachers perceptions about learning disability
Author: Giammelaro, Cínthia Najla Fahl, 1985-
Advisor: Silva, Ivani Rodrigues, 1955-
Abstract: Resumo: O presente estudo foi elaborado considerando a necessidade de refletir sobre a quantidade elevada de crianças em fase de alfabetização encaminhadas para atendimento fonoaudiológico, ou outras áreas, com queixa de dificuldade de aprendizagem. Assim, a partir de entrevistas individuais realizadas com pais e professores de alunos que recebem atendimento fonoaudiológico em um centro de atendimento localizado em uma cidade do interior do estado de São Paulo, buscou-se discutir quais as percepções desses pais e professores sobre as dificuldades escolares. Para a realização das entrevistas com os pais e professores foram utilizados questionários semiestruturados, apenas para direcionamento destas, uma vez que a coleta de dados teve por objetivo as narrativas dos pais quanto aos seus filhos e dos professores quanto aos seus alunos, e ainda, as percepções desses sujeitos em relação às dificuldades escolares e sua própria história de vida referente às experiências e práticas de leitura e escrita. As entrevistas realizadas foram gravadas em áudio e transcritas, sendo posteriormente organizadas em categorias com o intuito de responder a pergunta desta pesquisa. Para a análise qualitativa dos dados foi utilizada a análise de conteúdo proposta por Bardin. Analisando as narrativas dos professores pode-se observar que estes acabam relacionando as dificuldades escolares dos alunos a questões familiares, as alterações na linguagem oral e ao esforço pessoal do próprio aluno. As dificuldades escolares no discurso dos professores estão sempre atreladas a problemas do próprio aluno ou a problemas nas famílias desses alunos, sendo que tanto a escola quanto os professores acabam sendo eximidos de qualquer culpa. Uma vez que veem seus alunos como iguais, não conhecendo as peculiaridades de cada um, os professores, no intuito de auxiliarem seus alunos em relação às dificuldades escolares, acabam oferecendo atividades repetitivas e por vezes desprovidas de sentido, que não enfatizam as funções da linguagem escrita e o lugar de um interlocutor. Sendo comum a inserção dessas crianças em reforços escolares, assim como o encaminhamento para especialistas. Ao analisar as narrativas dos pais desses alunos, pode-se observar que estes acabam acatando o discurso escolar de que o problema na aprendizagem é do aluno, além do que, não se consideram aptos para auxiliarem os filhos em relação às exigências escolares, uma vez que em sua maioria não concluíram os anos de escolarização e por vezes ainda apresentam histórias de fracasso escolar. Neste contexto, de culpabilização de alunos e suas famílias, no qual o sistema escolar não é sequer questionado, sendo o aluno sempre visto como incapaz, a prática fonoaudiológica, considerando as peculiaridades de cada aluno e sua família, e ainda, a história desses sujeitos com a linguagem escrita, deve buscar ao longo de todo o processo terapêutico construir novas relações, ou ainda uma nova história, entre o aluno, sua família e a leitura e a escrita

Abstract: This study was prepared considering the need to reflect on the high number of children in literacy phase referred for speech therapy, or other areas, complaining of learning disability. Thus, from individual interviews with parents and teachers of students who receive speech therapy in a specialized clinic located in a countryside city in the state of São Paulo, it is proposed to discuss the perceptions of these parents and teachers about the learning difficulties. It were used semistructured questionnaires for the interviews with parents and teachers, aiming to guide them, since the data collection focused on the narratives of parents about their children and teachers about their students, and also the perceptions of these subjects in relation to learning difficulties and their own life story and experiences related to reading and writing practices. The interviews were audio-recorded and transcribed, and later organized into categories in order to answer the question of this research. For the qualitative analysis it was used the content analysis proposed by Bardin. Analyzing the narratives of the teachers it was possible to observe that they relate the learning difficulties of the students to family issues, changes in oral language and the personal effort of the student himself. According to teachers' discourse, the school difficulties are always tied to the student's own problems or troubles in the families of these students, and both the school and the teachers end up being exempt from any guilty. Once the teachers see their students as equals, not knowing their peculiarities, they end up offering repetitive and sometimes meaningless activities, which do not emphasize the functions of writing language and the place of the interlocutor. Usually, these children are inserted at school reinforcements as well as led to experts. By analyzing the narratives of the parents of these students, it can be observed that they accept the school discourse that the problem in learning regards to the student, and that they (the parents) are not able to help their children with the school requirements, since most of them have not completed the years of schooling, presenting sometimes school failure stories. In this context of blaming students and their families, where the school system is not even questioned and the student is always seen as incapable, the speech therapy practice must seek throughout the therapeutic process to build new relationships, or even a new story, between the student, his family and the reading/writing learning process, considering the peculiarities of each student and their families, and also the history of those subjects with written language
Subject: Transtornos de aprendizagem
Fonoaudiologia
Linguagem
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Giammelaro_CinthiaNajlaFahl_M.pdf1.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.