Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312612
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudo da mortalidade em trabalhadores da mineração do amianto no Brasil no período de 1940 a 2010
Title Alternative: Study of mortality in asbestos mining workers in Brazil in the period from 1940 to 2010
Author: Friestino, Fernando Simões, 1981-
Advisor: Bagatin, Ericson, 1947-
Abstract: Resumo: Introdução:O asbesto é uma fibra mineral utilizada por suas características distintas, e usada como matéria-prima para produtos na indústria têxtil e construção civil. O asbesto é considerado carcinogênico para humanos. O Brasil está entre os quatro maiores produtores mundiais. Há diversos trabalhos internacionais relacionando a exposição ocupacional a este agente com doenças das vias aéreas. Entretanto não há estudos de mortalidade entre os trabalhadores expostos no Brasil. Objetivos: Estudar a mortalidade entre os trabalhadores expostos ao asbesto no Brasil, na atividade de mineração. Métodos: Os trabalhadores foram divididos em dois grupos, de acordo com o tipo de exposição que tiveram. O primeiro grupo foi composto pelos trabalhadores expostos entre 1940 e 1980. O segundo foi composto pelos trabalhadores admitidos após 1980. Foram consultadas as declarações de óbito dos ex-trabalhadores para se estabelecer a causa básica do óbito. Foram codificados para a CID-10, para posterior análise descritiva. Resultados:Dos 616 casos estudados, foi possível estabelecer a causa básica do óbito em 429. O grupo exposto à maior carga de amianto apresentou menor proporção de mortes por doenças relacionadas ao asbesto. Conclusões:A exposição ocupacional apontou maior proporção de mortes no grupo com menor exposição, e isto pode estar relacionado com a qualidade da informação disponível.A qualidade da informação foi um fator limitante do estudo

Abstract: Introduction: Asbestos is a mineral fiber used for its distinct characteristics, as raw material for products in the textile industry and construction. Asbestos is considered carcinogenic to humans. Brazil is among the four largest global producers. There are many international studies relating occupational exposure to airway diseases. However, there are no studies of mortality among exposed workers in Brazil. Objectives: To investigate mortality among workers exposed to asbestos in Brazil, in mining activity. Methods: The workers were divided into two groups according to the type of exposure. The death certificates of former employees with underlying cause of death were consulted. They were coded to ICD-10 for further descriptive analysis. Results: Of the 616 cases studied, it was possible to establish the cause of death in 429.The group exposed to the greater burden of asbestos showed a lower proportion of deaths from asbestos-related diseases. Conclusions: The quality of information was a limitation of the study. Occupational exposure showed higher proportion of deaths in the group with less exposure, and this may be related to the quality of information available
Subject: Mortalidade
Saúde do trabalhador
Asbestos
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Friestino_FernandoSimoes_M.pdf3.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.