Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312454
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: O trabalho no centro de material e esterilização
Title Alternative: The work in the material and sterilization center
Author: Souza, Mara Cristina Bicudo de, 1959-
Advisor: Iguti, Aparecida Mari, 1955-
Abstract: Resumo: Introdução: O Centro de Material e Esterilização (CME) é parte fundamental de suporte à assistência hospitalar, mas tem sido pouco estudado, em relação às questões de trabalho-saúde. A realização desta pesquisa justifica-se pela importância do setor na esfera hospitalar e pela escassez de estudos, em particular os relacionados às categorias da enfermagem. Objetivos: investigar a natureza do trabalho e a importância do gestor no contexto do CME, caracterizando as rotinas das equipes e, considerando as possíveis repercussões à saúde dos trabalhadores. Métodos: estudo descritivo, realizado a partir de uma abordagem qualitativa inspirada na Análise Ergonômica do Trabalho (AET), por meio de entrevistas com os funcionários de enfermagem e com a enfermeira responsável pela equipe,e, por observações diretas e registro em fotos e filmes. Resultados e Discussão: após breve caracterização do hospital e do CME, apresenta-se a descrição do perfil dos funcionários e das atividades realizadas, incluindo as condições de trabalho. A rotina revela-se essencial para dar conta do trabalho e é modificada pelos turnos, pelos trabalhadores com sua experiência, pelos diferentes modos operatórios. Denota-se casos de perda auditiva distúrbios osteomusculares, dores lombares, lesões de coluna vertebral, estresse, alterações de humor e hipertensão arterial sistêmica. O trabalho da enfermeira, que se supõe de gestão e supervisão, concentra-se mais no produto do processamento de artigos, materiais e equipamentos e menos nas dinâmicas das equipes e dos trabalhadores. A preocupação com o controle e manutenção da esterilização dos materiais revela-se no monitoramento regular e no registro de testes e da manutenção das máquinas. Conclusões: trata-se de um trabalho com características complexas e, apesar de ser visto como manual, rotineiro e normatizado, apresenta exigências físicas e mentais significativas. Existe a percepção, pelos trabalhadores, da falta de reconhecimento desse trabalho, reforçada por certa negligência em relação à infraestrutura, no que se refere a aquisição de novos equipamentos e manutenção dos existentes

Abstract: Introduction: The Material and Sterilization Center (MSC) is a fundamental support for hospital care, but has been little studied in relation to issues of work and health. This research is justified by the importance of the sector within the hospital sphere and the lack of studies, particularly those related to nursing categories. Objectives: This study aims investigate the nature of work and the importance of the manager in the context of CME, featuring the routines of the teams, considering the possible impact on workers' health. Methods: A descriptive study are made with a qualitative approach inspired by the Ergonomic Work Analysis (EWA), through interviews with nursing staff and the nurse responsible for the team, and by direct observation and recording of photos and videos. Results and Discussion: After a brief characterization of the hospital and the CME, it is presented the description of the staff profile and their activities, including working conditions. The routine is revealed essential to deal with work and it is modified by shifts, by the workers with their experience, by the different operational modes. There have been cases of hearing loss, musculoskeletal disorders, back pain, spinal injuries, stress, mood alterations and hypertension. The work of the nurse who assumes the management and supervision focuses more on product processing of articles, materials and equipment and less on the dynamics of teams and workers. It concerns to the control and maintenance of sterilization of materials disclosed in the regular monitoring and recording of tests, and maintenance of machines. Conclusions: This study reveals complex traits of the work and despite being seen as a manual, routine and standardized, has significant physical and mental demands. The workers' perception is a lack of recognition of this work, strengthened by a certain neglect of infrastructure, as regards the acquisition of new equipment and maintenance of existing ones
Subject: Esterilização
Condições de trabalho
Saúde do trabalho
Enfermagem
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SOUZA, Mara Cristina Bicudo de. O trabalho no centro de material e esterilização. 2012. 238 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/312454>. Acesso em: 19 ago. 2018.
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_MaraCristinaBicudode_D.pdf3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.