Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312442
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Eletromiografia de superfície de músculos respiratórios : avaliação de hepatopatas em lista de espera de transplante de fígado e de não hepatopatas
Title Alternative: Surface elestromyography of respiratory musclesassessment : assessment liver disease waiting list for liver transplantation and non liver disease subjects
Author: Silva, Aurea Maria Oliveira da
Advisor: Boin, Ilka de Fatima Santana Ferreira, 1953-
Abstract: Resumo: A eletromiografia de superfície (EMGs) é uma técnica não-invasiva para a detecção da atividade da musculatura esquelética, podendo ser utilizada para verificação da atividade dos músculos da respiração, como o diafragma e reto abdominal, escassamente estudados na literatura. Objetivo - Este estudo comparou a eletromiografia de superfície (músculos diafragma e reto abdominal) de indivíduos não hepatopatas e pacientes hepatopatas em lista de espera de transplante de fígado. Método ¿ Estudo prospectivo transversal analítico com indivíduos do sexo masculino acima de 18 anos distribuídos em dois grupos: Grupo hepatopata (GH) e não hepatopata (GNH). Através da EMGs, avaliou-se a média da raiz quadratica ¿ RMS dos músculos diafragma e reto abdominal direitos. Verificou-se a força muscular através da manovacuometria (pressão inspiratória máxima - PIM e pressão expiratória máxima- PEM) e os volumes e fluxos pulmonares, usando se a espirometria (CVF ¿ capacidade vital, VEF1 ¿ volume expiratório forçado no primeiro segundo, FEM25-75% - fluxo expiratório máximo em 25-75% da CVF); e através do oximetro verificou-se frequência cardíaca (FC) e saturacão de oxigênio (satO2). Os outros dados analisados foram idade, índice de massa corpórea (IMC), antecedentes respiratórios, presença ou não de tabagismo, atividade física e ascite; escore MELD (model for end-stage liver disease), sendo considerado seis pontos para o grupo não hepatopata. Na análise estatística foi utilizado o teste Levene, de Mann-Whitney, qui-quadrado com teste de Fisher para análise das variáveis categóricas e a curva ROC (receiver operating curve), com nível de significância de 5%. Resultados ¿ Foram estudados 236 indivíduos, sendo: GNH (65) e GH (171). Foi observado no GH um IMC maior, possivelmente pela presença de ascite (p = 0,001 ); um RMS maior do reto abdominal (p = 0,0001) e da RMS do diafragma (p = 0,030); frequência cardíaca mais alta (p=0,0001); uma diminuição nos índices de PIM e PEM (p = 0,0001) e diminuição do VEF1 e FEM 25-75% (p=0,0001). Entre os pacientes em lista de transplante, 56 (32,7%) dos pacientes foram submetidos o transplante no período do estudo sendo a mortalidade em lista de 12,9% (22 pacientes). A ascite foi encontrada somente no grupo GH e tanto o tabagismo, quanto a atividade física e antecedentes pulmonares não foi diferente nos grupos estudados. A curva ROC mostrou que a RMS do reto abdominal foi capaz de discriminar os pacientes com doença hepática dos indivíduos não hepatopatas (área = 0,63 ; IC95 % :0.549 - 0,725 ). Conclusão - A EMGs, juntamente com dados do perfil respiratório, mostrou que os pacientes hepatopatas em lista de espera possuem um déficit muscular respiratório, que pode levar a complicações pulmonares no pós-operatório

Abstract: Surface electromyography (sEMG) is a non-invasive method to detect skeletal muscle activity used for respiratory muscle verification. There is little in the literature about the diaphragm and rectus abdominal using sEMG. Aim - This study compared sEMG for diaphragm and rectus abdominis muscles of a group of individuals with liver disease on the waiting list for liver transplantation to a group without. Method ¿ An analytical cross-sectional prospective study was carried out with 236 men, all over 18 years old, which were distributed into two groups: group hepatopathy (HG) and no hepatic disease group (NHG). sEMG, applying the root mean square (RMS) for the diaphragm and rectus abdominis right muscle, was used. The muscle strength was measured using a manometer (maximal inspiratory pressure - MIP and expiratory pressure - MEP), and for lung volumes and flows, (FVC: forced vital capacity, FEV1: forced expiratory volume in one second, MEF25-75%: maximum expiratory flow 25-75% of FVC) spirometry was used. By using a oximeter heart rate (HR) and oxygen saturation (SpO2) were calculated. Other demographic and clinical data were: age, body mass index (BMI), respiratory antecedent disease, smoker or non-smoker, physical activity (yes/no) and ascites (yes/no), and MELD score (model for end-stage liver disease). In the non-hepatic group six points for MELD were considered. For statistical analysis Levene test, Mann- Whitney test, chi-square with Fisher test for the categorical variables and ROC (receiver operating curve), with a significance level of 5 %, was used in a SPSS 21.0. Results - NHG (65) and HG (171) were studied. HG showed a higher BMI, possibly due to the presence of ascites (P = 0.001); an increase in the RMS of the rectus abdominis (P = 0.0001) and the RMS of the diaphragm (P = 0.030), and heart rate (P = 0.0001); while there was a decrease in levels of MEP, MIP (P = 0.0001), FEV1 and MEF 25-75% (P = 0.0001). Between patients on the transplant waiting list, 56 (32.7%) were submitted to liver transplantation during the study, and mortality in list was 12.9% (22 patients). Ascites were found only in the HG. Smoking habits, physical activity and pulmonary disease antecedents were not different in either group. The ROC curve showed that the RMS rectus abdominis was able to discriminate subjects with liver disease (area = 0.63, 95%CI: 0549 -0.725). Conclusion -sEMG, along with respiratory profile data, showed that the liver disease waiting list patients had a respiratory muscle impairment, which may lead to pulmonary complications in the postoperative transplant period
Subject: Testes funcionais dos pulmões
Hepatopatias
Diafragma
Eletromiografia
Reto do abdome
Language: Multilíngua
poreng
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_AureaMariaOliveirada_D.pdf3.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.