Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312386
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Quantificação de farmacos em estudos de biodisponibilidade relativa por espectrometria de massas com a utilização da tecnica de fotoionização
Title Alternative: Drug quantification for relative biovailability studies by means of photoionization mass spectrometry
Author: Ilha, Jaime de Oliveira
Advisor: De Nucci, Gilberto, 1958-
Abstract: Resumo: O desenvolvimento de técnicas de ionização à pressão atmosférica foi de fundamental importância para que a cromatografia líquida de alta eficiência associada à espectrometria de massas se transformasse em uma solução de rotina, possibilitando o desenvolvimento de métodos quantitativos robustos, com elevado desempenho e alta sensibilidade e especificidade. Neste contexto, o recente desenvolvimento da técnica de fotoionização à pressão atmosférica é de particular interesse, já que é capaz ionizar uma série de substâncias farmacologicamente ativas dificilmente contempladas pelas técnicas anteriores, como, por exemplo, esteróides e outros compostos não polares. Todavia, sobretudo em nosso meio, ainda são poucos os trabalhos que apresentam métodos desenvolvidos para a quantificação de drogas em estudos farmacocinéticos com o emprego dessa técnica. Inserido nesse contexto, este trabalho tem como objetivo o desenvolvimento e avaliação de métodos para a quantificação de drogas em estudos farmacocinéticos utilizando a técnica de fotoionização, tendo como objeto de estudo o anastrozol e as di-hidropiridinas. As avaliações incluíram, entre outras, comparações entre métodos de ionização e estudo da influência do tipo de dopante utilizado. A partir das referidas avaliações e da experiência adquirida com o desenvolvimento de diferentes métodos analíticos, considera-se que esta interface tem o potencial de proporcionar um desempenho igualmente satisfatório quando empregada na avaliação de moléculas passíveis de análise pela aplicação dos métodos de ionização tradicionais, como é o caso da eletronebulização. Para moléculas de pequena afinidade a prótons, a introdução do anisol como substância dopante permitiu que fosse atingida uma eficiência de 10 a 100 vezes maior no processo de ionização dessas substâncias. A utilização de acetona ou anisol, adicionada diretamente à fase móvel, demonstrou ser também uma abordagem interessante, já que diminui o número de equipamentos envolvidos no processo e simplifica a operação diária, além de garantir que a razão entre o fluxo do dopante e do eluente seja constante, o que é importante para reduzir a variabilidade da eficiência de ionização. Verificou-se também que tal abordagem não traz prejuízos à coluna cromatográfica. Os métodos desenvolvidos com o emprego desta interface demonstraram ser adequadamente sensíveis, específicos, precisos e exatos, atendendo assim aos quesitos de validação de métodos bioanalíticos para quantificação de fármacos em matrizes biológicas. Por fim, ao possibilitar a análise de novos compostos, assim como aumentar a sensibilidade dos métodos bioanalíticos em função da maior eficiência de ionização, esta técnica traz uma contribuição importante para a quantificação de fármacos e, em particular, para a realização de estudos de biodisponibilidade relativa

Abstract: The development of atmospheric pressure ionization techniques has been of utmost importance to turn high performance liquid chromatography coupled to mass spectrometry into a routine solution, enabling the development of robust, high performance, high sensitivity and specific quantitative methods. In this sense, the recent development of the atmospheric pressure photoionization technique is specially interesting, as it is making possible the ionization of a group active pharmacological entities hardly addressed by the traditional techniques, as is the case of steroid and other non polar compounds. However, especially in our region, there are only few organizations developing methods for drug quantification in pharmacokinetic studies by means of this technique. Within this setting, the present work aims at the development and evaluation of drug quantification methods for pharmacokinetic studies using photoionization, having anastrozole and dihydropyridine drugs as case studies. Tests performed have included, among others, the comparison of ionization methods and the evaluation of the influence of the dopant selected. Taking into account the evaluations and the acquired experience with the development of distinct analytical methods, it is believed this interface is capable to equally perform satisfactorily when applied to the evaluation of molecules handled by traditional ionization methods, as is the case of electrospray. For low proton affinity molecules, the use of anisole as dopant allowed to enhance the ionization efficiency by 10 to 100 fold. Acetone or anisol directly added to the mobile phase has also shown to be an interesting approach, as few apparatus are required, thus simplifying daily operations. This also assures a constant dopant flow rate as compared to the eluant flow rate, which is relevant to reduce variability on the ionization efficiency. It was also verified this approach does not damage the chromatographic column. Methods developed with this interface have shown to be sensitive, specific, precise and accurate, therefore meeting the requirements for bioanalytical method validation used for quantative determination of drugs in biological matrices. At last, by supporting the analysis of new compounds, as well as by increasing the sensitivity of bioanalytical methods due to a better ionization efficiency, this technique brings an important contribution to drug quantification and, in particular, to the performance of relative bioavailability studies
Subject: Medicamentos genéricos - Análise
Fotoionização
Biodisponibilidade
Espectrometria de massas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ilha_JaimedeOliveira_D.pdf1.97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.