Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312324
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Estudo comparativo entre a uretrocistografia e a ultra-sonografia transferineal na propedeutica da incontinencia urinaria de esforço
Author: Hermann, Viviane
Advisor: Bedone, Aloisio José, 1947-
Abstract: Resumo: No período de novembro de 1991 a novembro de 1992 foram estudadas 40 mulheres selecionadas da população que teve consulta no Ambulatório de Ginecologia Geral do Hospital de Clinicas da UNICAMP. O objetivo foi o de analisar a aplicabilidade da ultra-sonografia transperineal como método por imagem alternativo à uretrocistografia na propedêutica da incontinência urinária de esforço. Os casos foram distribuídos em dois grupos de 20 pacientes, segundo a presença ou ausência de queixa clínica de incontinência urinária de esforço, os quais foram denominados Grupo I e Grupo II (sintomáticas e assintomáticas, respectivamente). O grupo sintomático submeteu-se à avaliação urodinâmica a fim de se excluir a instabilidade vesical e a incontinência urinária mista. O descenso da junção uretrovesical sob esforço foi mensurado através da uretrocistografia e comparado com os resultados obtidos mediante a mensuração por ultra-sonografia transperineal. O descenso maior ou igual a lOmm foi considerado compatível com o suporte anatômico insuficiente da junção uretrovesical em ambos os métodos. Concluiu-se que a ultra-sonografia transperineal pode representar um método propedêutico alternativo à uretrocistografia na avaliação da mobilidade da junção uretrovesical em pacientes com incontinência urinária de esforço, apresentando vantagens com relação aos índices de especificidade e valor preditivo positivo

Abstract: During the period November 1991 to November 1992, 40 women were selected from the population receiving health care at the Outpatient Clinic of the University Hospital, State University of Campinas, with the aim of studing the clinical applicability of transperineal ultrasonography as an alternative imaging method to uretrocystography in the investigation of female stress urinary incontinence (S.U.I.). The cases were divided in two groups of 20 patients each, according to the presence or not of S.U.I, symptoms, named Group I and Group II {symptomatic and asymptomatic respectively). The group with symptoms received the urodynamic assessment in order to rule out detrusor instability and mixed urinary incontinence. The descent of the urethrovesical junction under straining was measured through urethrocystography and compared with the results obtained through transperineal ultrasonography. A descent equal to or higher than 10mm was considered consistent with poor anatomical support in both methods. Our conclusion was that transperineal ultrasonography can probably replace urethrocystography in the assessment of the urethrovesical junction descent on straining in patients with S.U.I, with the advantages compared to the tests of specificity and positive predictive values
Subject: Ultrassonografia
Aparelho urinario - Fisiologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1993
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Hermann_Viviane_D.pdf2.73 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.