Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312200
Type: TESE
Title: Analise da termoterapia transuretral por microondas no tratamento da hiperplasia benigna da prostata
Author: Cortado, Pedro Luiz Macedo
Advisor: Ferreira, Ubirajara, 1956-
Abstract: Resumo: A hiperplasia benigna da próstata (HBP) é uma condição anátomo-patológica que se traduz por alterações clínicas, morfológicas e funcionais do trato urinário, sendo estimado que um terço de todos os homens necessitará de um procedimento cirúgico para aliviar a sintomatologia secundária à HBP. Até hoje, o melhor método para tratamento é o cirúrgico, através da ressecção endoscópica da próstata porém, as taxas de morbidade e mortalidade não são desprezíveis, bem como o alto custo das cirurgias. Muitas técnicas alternativas estão em desenvolvimento, sendo a aplicação de calor sobre a próstata uma idéia antiga que, agora, com a tecnologia atual, já apresenta resultados animadores. DEVONEC et a1.(1990) introduziu o conceito de termoterapia tqmsuretral da próstata por microondas, que utiliza a aplicação profunda de calor nos' lobos laterais, causando lesão irreversivel no parênquima glandular. Para avaliar o procedimento observamos os seguintes aspectos: a) segurança do método; b) influência no tamanho prostático, nos valores. 110 antigeno especifico prostático, na sintomatologia, no ,resíduo vesical, na melhora do fluxo urinário. Analisamos vinte (20) pacientes que foram divididos em dois (2) grupos, segundo o peso da glândula: abaixo de 40 g.( grupo I) e igualou superior a 40 g.(grupo 11). Todos passaram por exame físico completo, exame laboratorial, ultra-sonografia transretal da próstata e fluxometria no pré-operatório, 3 e 6 meses após o procedimento. Observamos que se reduziu o volume prostático em, aproximadamente, 17 % e o PSA não mostrou diferença significante entre o pré e pós-operatório, em ambos os grupos. A sintomatologia foi avaliada seguindo-se o escore internacional de avaliação dos sintomas prostáticos (I-PSS) e, globalmente, os pacientes apresentaram uma melhora de 41,8% para o grupo I e 61,8% no grupo 11, ao final' de 6 meses. O resíduo vesical diminuiu 21 % no grupo I e 83% no grupo 11, o fluxo médio melhorou 70% para os dois grupos, ao fmal de 6 meses e o fluxo máximo melhorou em média 60% no grupo I e 40% no grupo 11, no mesmo período. As complicações atingiram 25%, sendo os distúrbios ejaculatórios os de maior gravidade. Ao avaliarmos os resultados obtidos com a termoterapia transuretral por microondas podemos dizer que é um método seguro e eficaz como tratamento alternativo para a hiperplasia benigna da próstata

Abstract: Benign prostatic hyperplasia (BPH) is a pathological condition that presents c1inical, morphological and functional alterations of the urinary system. It is estimated that one third of men will need a surgical procedure to treat the secondary symptons of BPH. At present, the best treatment for BPH is transurethral ressection of prostate (TURP), although with some morbidity and mortility and high costs. Many other treatments have been considered long ago. At moment, this technique shows favorable results. DEVONEC et al (1990) developed the concept of transurethral thermotherapy of prostate using microwaves. The use of heat in the lateral lobes of the prostate causes irreversible damage of the gland stroma. In order to evaluate this procedure, we studied a) the safety of the procedure; b) the influence on the prostate size, prostatic specific antigen (PSA) levels, on symptons, on residual urine and on the urinary flow. We have studued 20patients that were divided in two groups accordingto prostate weight: group I: below 40 g.; group II: equal e above 40 g.. AlI patients were submitted to a complete physical exam, laboratory tests, transrectal ultrassonograthy of prostate and urinary flow, before and 3 and 6 months followimg surgery. The prostatic volume was reduced in aproximately 17% of the patients and the levels of PSA ~ere similar in the pre and post-operative periods in both groups. The symptoms were evaluated according to the I-PSS and there was an improve in 41,8% of patients of group I and 61,8% of group II afier months. Residual urine lowered in 21 % in patients of group I and 83% in patients of group II. Median urinary flow improved 70% in both groups following six months and maximum urinary flow improved 60% in group I and 40% in group 11 in the same period. There was 25% of side efects, mainly ejaculatory disorders. According to our results, microwave transurethral termotherapy is a safe and successful altemative treatment of benign prostatic hyperplasia and should be recommended chief1y to the lower/higher volume prostates
Subject: Prostata - Hipertrofia
Termoterapia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1997
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cortado_PedroLuizMacedo_M.pdf5.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.