Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312148
Type: TESE
Title: Expressão do 'p16 POT. INK4a' e do p53 como marcadores prognosticos da neoplasia intra-epitelial cervical e sua relação com o papilomavirus humano de alto risco oncogenico
Title Alternative: Expression of p16INK4a and of p53 as prognostic markers of cervical intraepithelial neoplasia and their relationship with high risk human papillomavirus
Author: Bastos, Joana Fróes Bragança, 1971-
Advisor: Derchain, Sophie Françoise Mauricette, 1959-
Abstract: Resumo: Objetivo: Avaliar a relação da expressão do p53 e do p16INK4a em diferentes graus de neoplasia intra-epitelial cervical (NIC) e suas possíveis relações com a recidiva/persistência da NIC após conização diatérmica e a infecção persistente de papilomavírus humano (HPV) de alto risco oncogênico. Sujeitos e métodos: Este foi um estudo de corte, com análise intermediária em corte transversal, para o qual foram selecionadas mulheres submetidas à conização diatérmica no período de fevereiro de 2001 a abril de 2004. Os resultados deste estudo são apresentados em dois artigos: o primeiro consiste em corte transversal incluindo 125 espécimes cirúrgicos de mulheres submetidas a conização diatérmica. Foram avaliadas a expressão do p53 e do p16INK4a em diferentes graus de NIC e sua relação com a infecção pelo HPV de alto risco oncogênico realizado através da Captura de Híbridos 2 (CH2). No segundo artigo, com análise longitudinal foram incluídas 104 mulheres com NIC 2 ou 3, seguidas por até 24 meses após conização diatérmica. Foram avaliadas a expressão de p16INK4a e p53 como fatores préditivos de persistência/recidiva de NIC e a sua relação com a infecção persistente por HPV de alto risco oncogênico após o conização cervical diatérmica. Resultados: No primeiro artigo foram incluídos 21 casos cervicites/NIC1, 17 NIC2 e 87 NIC3. Noventa e nove (79,2%) casos foram positivos para p16INK4a (> 5% do epitélio corado), significativamente maior em lesões de alto grau (p< 0.001). A expressão do p53 não variou de acordo com o grau histológico. Não houve correlação entre a expressão da p16INK4a e a detecção do HPV de alto risco oncogênico. A expressão do p16INK4a não teve relação com a do p53. No segundo artigo, 104 mulheres com NIC 2 ou 3 foram acompanhadas por 24 meses, e detectou-se 12 casos de recidiva/persistência de NIC, sendo 8 nos primeiros 6 meses. Entre as mulheres com recidiva/persistência de NIC, 9 (75%) apresentaram presistência do HPV de alto risco oncogênico. A expressão da p16INK4a foi moderada/forte em 96 casos (92%) e mais de 50% dos núcleos estavam corados para p53 em 80 (78%). A análise prospectiva não detectou diferença significativa na recidiva/persistência da NIC durante o follow up com segundo a expressão do p16INK4a ou do p53. Nenhum dos parametros estudados teve relação com a infecção persistente pelo HPV. Conclusões: este estudo está em concordância com o conhecimento atual e mostra uma associação da positividade para p16INK4a com a severidade da lesão cervical, embora esta proteína não esteja associada com a detecção de HPV de alto risco oncogênico pela CH2. Não houve correlação entre a expressão de p53 e a positividade para HPV nem houve associação da expressão do p53 com a do p16INK4a. A análise prospectiva não mostrou correlação entre a expressão do p 16 INK4a e do p53 e a recorrência/persistência da NIC ou persistência do HPV de alto risco oncogênico no seguimento de mulheres com NIC 2 ou 3 tratadas com conização diatérmica

Abstract: Objective: to concurrently investigate the immunoexpression of p53 and p16INK4a4 in different grades of cervical intra-epithelial neoplasia (CIN) and their relation with the persistence/ recurrence of CIN and persistent infection by high-risk Human Papillomavirus (hr-HPV) after electrosurgical cervical conization. Subject and methods: a series of 125 women subjected to electrosurgical conization was selected for this cross-sectional and cohort study. Enrollment was carried out between February 2001 and April 2004. The results of this study are presented in two articles: the first one consists of a cross-sectional analisys, including 125 surgical specimens of women who underwent diathermic conization. Expression of p53 and p16INK4a were evaluated in different grades of CIN and their relation with hr-HPV infection was evaluated with HC2. The second article is a longitudinal analysis on 104 women with CIN 2 and 3, followed up for 24 months after electrosurgical cervical conization. Expression of p16INK4a and p53 were tested as predictive markers of persistent/recurrent CIN and persistent infection by hr-HPV during follow up after electrosurgical cervical conization. Results: in the first series, 21 cases of CIN1, 17 CIN2 and 87 CIN3 were included. Ninety-nine (79.2%) cases stained moderate/strongly to p16INK4a, significantly higher in high-grade CIN (p< 0.001). p53 expression did not relate with the grade of CIN and there was no relation between p16INK4a expression and hr-HPV detection. Expression p16INK4a and p53 were not correlated. In the second article, 104 women with CIN 2 or 3 were followed up for 24 months, and 12 (11%) persistent/recurrent CIN were observed, eight of them during the first 6 months follow-up. Among women with persistent/recurrent CIN, 9 (75%) presented persistent hr-HPV detection. p16INK4a expression was moderate/strong in 96 cases (92%) and p53 stained in more than 50% of the nuclei in 80 (77%). The expression of p16INK4a or p53 was not associated with persistent/recurrent CIN during follow-up. None of the studied parameters correlated with persistent hr-HPV detection. Conclusion: these results showed a strong association between p16INK4a expression and grade of CIN, although this protein was not associated with hr-HPV detection by HC2. There was no relation between p53 and hr-HPV detection or p16INK4a expression. Prospective analysis showed that p16INK4a and p53 expression was not related with persistent/recurrent CIN or persistent hr- HPV detection during follow-up of women conservatively treated for CIN 2 or 3
Subject: Neoplasia intra-epitelial cervical
Marcadores biológicos
Imuno-histoquímica
Colo uterino - Câncer
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bastos_JoanaFroesBraganca_D.pdf1.81 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.