Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312104
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Mobilização e coleta de CD34+ para transplante autólogo de células progenitoras periféricas hematopoiética em pediatria : análise de duas doses diferentes de G-CSF
Title Alternative: Mobilization and collection of CD34+ cells for autologous transplantation of peripheral blood hematopoietic progenitor cells in children : analysis of two different G-CSF doses
Author: Eid, Katia Aparecida de Brito, 1964-
Advisor: Aguiar, Simone dos Santos
Abstract: Resumo: Introdução: As células progenitoras periféricas hematopoiéticas (CPHP) é uma das alternativas de enxerto para a realização de transplante autólogo em crianças, adolescente e adulto jovem portadores de tumores sólidos e linfomas. Na mobilização, a dose clássica de G-CSF é 10µg/kg/peso do paciente SC em dose única. Acredita-se que doses maiores de G-CSF aplicadas duas vezes ao dia aumentariam o número de CD34+ coletadas com o menor número de leucaféreses. A tecnologia atual permite que seja realizado leucaférese em crianças com baixo peso (<10 kg). Objetivo: o mote do estudo foi avaliar se o G-CSF na dose de 15µg/kg peso do paciente ao dia e fracionado em duas doses, 10µg/kg e 5µg/kg, diminuiria o número de leucaférese realizada para atingir o mínimo de 3x106/kg/peso do paciente de CD34+ quando comparada com G-CSF na dose convencional, 10µg/kg/peso do paciente em dose única. Métodos: Os pacientes foram divididos em dois grupos. Grupo 10 formado por pacientes que receberam G-CSF 10µg/kg/peso SC ao dia em dose única às 6h e grupo 15 formado por pacientes que receberam G-CSF 15µg/kg/peso SC ao dia dividido em duas vezes, 10µg/kg SC às 6h e 5µg/kg SC às 18h. As leucaféreses foram realizadas em um separador celular automático de fluxo contínuo com anticoagulante ACD-A, foram processados 4 volemias em cada leucaférese. Pacientes com < 20 kg receberam priming de concentrado de hemácias filtradas e irradiadas (CHFI) durante as leucaféreses. A realização do transplante autólogo ocorreu com o número mínimo de 3x106/kg/peso de CD34+. Resultados: Sessenta e cincos pacientes portadores de tumores sólidos e linfomas foram avaliados, 39 pacientes receberam 10µg/kg/peso SC ao dia em dose única às 6h de G-CSF e 26 pacientes receberam 10µg/kg SC às 6h e 5µg/kg SC às 18h de G-CSF. Foram realizadas 146 leucaféreses, 110 (75,3%) no grupo 10 e 36 (24,7%) leucaféreses no grupo 15. No grupo 10 foi obtido uma mediana de 3 (1-7) leucaféreses e coletado uma média de 8,89x106/kg (± 9,59) de CD34+, o grupo 15 realizou uma mediana de 1 (1-3) leucaféreses e coletado uma média de 5,29x106/kg (± 4,95) de CD34+. Uma diferença estatística importante foi o número de leucaféreses (p<0,0001). Nenhum paciente apresentou intercorrências durante as leucaféreses. Os pacientes que receberam CHFI (<20 kg) não apresentaram hipovolemia nas leucaféreses realizadas. Conclusão: Para coletar o mínimo de 3x106/kg/peso de CD34+, a aplicação de G-CSF 15µg/kg/peso fracionada diminuiu significativamente o número de leucaférese realizada

Abstract: Introduction: The peripheral hematopoietic progenitor cells are a graft choice for performing autologous transplantation. In the mobilization, the classical dose of G-CSF is 10?g/kg of the patient in a single dose. There is a theory that higher doses of G-CSF applied twice daily could increase the number of collected CD34+ cells with a smallest number of leukapheresis. Objective: The aim of this study is to evaluate if a fractionated-dose of G-CSF at 15?g/kg of patient may reduce the number of leukapheresis for achieving the minimum target of 3 x 106/kg of CD34+ cells as compared to conventional dose of G-CSF. Methods: Patients were divided into two groups. Group 10: patients who received a single dose daily of G-CSF 10?g/kg and Group 15: patients who received twice dose daily of G-CSF 15?g/kg. The leukapheresis were processed in an automated cell separator. The autologous transplantation happened when the minimum number of 3x106/kg CD34+ was reached. Results: Group 10 enrolled 39 patients who received 10?g/kg of G-CSF and group 15 had 26 patients who received 15?g/kg fractionated of G-CSF. There were a total of 146 aphaeresis; 110 (75.3%) in group 10 and 36 (24.7%) group 15. Group 10 collected a median of 3 (1-7) leukapheresis and a mean of 8.89 x106/kg (± 9.59) CD34+, whereas group 15 had a median of 1 (1-3) leukapheresis and collected a mean of 5.29 x106/kg (± 4.95). The relevant difference statistic was the number of aphaeresis (p<0.0001). Conclusion: To collect a minimum target of 3x106/kg of CD34 +, the application of fractionated-dose of 15?g/kg G-CSF decreased significantly the number of leukapheresis performed
Subject: Mobilização de células-tronco hematopoéticas
Leucaférese
Fator estimulador de colônias de granulócitos
Transplante autólogo
Editor: [s.n.]
Citation: EID, Katia Aparecida de Brito. Mobilização e coleta de CD34+ para transplante autólogo de células progenitoras periféricas hematopoiética em pediatria: análise de duas doses diferentes de G-CSF. 2015. 84 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/312104>. Acesso em: 27 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Eid_KatiaAparecidadeBrito_D.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.