Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312084
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Avaliação do tamanho, forma e movimentação segmentar da cavidade ventricular esquerda em pacientes com cardiopatia chagasica cronica, pela cineangiocardiografia
Author: Nogueira, Eduardo Arantes, 1945-
Advisor: Carvalhal, Silvio dos Santos, 1917-
Abstract: Resumo: Por meio de cineventriculografia esquerda em posição oblíqua anterior direita (OAD) a 30º, foram avaliados o tamanho, forma e movimentação regional do ventrículo esquerdo (VE) de um grupo de 15 pacientes chagásicos cronicos sintomáticos (Grupo Chagásico) e de um grupo de 11 indivíduos submetidos a estudo hemodinâmico e angiocaroiografia por suspeita de doença cardíaca, mas cujos resultados foram normais (Grupo Controle). Os parâmetros analisados foram: volume diastólico final (VDF), volume sistólico final (VSF), fração de ejeção (FE), excentricidade, sentido das curvaturas dos contornos das silhuetas, percentagem de encurtamento segmentar ao longo da sistole, a cada 31 ms, velocidade média (normalizada) de encurtamento segmentar (VME), sequência de encurtamento segmentar, volume e forma das regiões apicais acineticas e discinéticas. Foram também correlacionados os sintomas dos pacientes, eletrocaroiograma (ECG), RX de área cardiaca e pressoes do VE e da Aorta. Para o estudo da movimentação regional foi idealizado um novo método, cujos pontos principais foram: 1) suposição de que o ápex anatômico permanece praticamente fixo durante a sístole; 2) divisão das silhuetas por eixos longitudinais ligando a base (região mitro-aórtica) e a extremidade apical angiografica, e por 6 cordas ou eixos transversais; 3) Correção de movimentos de rotação do eixo longitudinal; 4) análise da movimentação da base e do ápex pela variação de suas distâncias (hemieixos longitudinais) ao ponto médio do eixo longitudinal - o encurtamento do hemieixo apical foi interpretado como obliteração da concha apical e o encurtamento da base como encurtamento longitudinal de todo o ventrículo, exceto quando houve movimentos discinéticos apicais; 5) divisão das 6 cordas transversais, em diástole, em hemieixos superior e inferior; 6) avaliação da percentagem de encurtamento no sentido transversal pela relação entre excursão transversal de cada segmento e seu respectivo hemieixo diastólico. Demonstrou-se que este procedimento é independente de movimentos de translação da câmara.Formulou-se a concepçao de que durante a sistole há movimento de encurtamento longitudinal do VE em direção ao seu centro, concomitante com movimento de translação de toda a câmara no sentido apical. No Grupo Controle o VDF variou de 75 a 98 ml/m2 de área de superfície corporal (ASC), a FE de 63 a 80%, a pressão sistólicarnâxima (PSM) de 103 a 140 mmHg e a pressão diastólica final (PDF) de 7 a 12 mmHg. Não houve correlação entre VDF e FE ou entre VDF e PDF. No Grupo Chagásico, o VDF variou de 77 a 288 ml/ m2 ASC, a FE de 20 a 71% e a PDF de 9 a 34 mmHg. Houve forte correlação inversa entre VDF e FE indicando que na doença de Chagas a dilatação do VE reflete urna redução do desempenho miocárdico, exceto em casos de adaptação a outros fatores como bradicardia. O Grupo Chagásico foi subdividido segundo a FE em três subgrupos: Grupo I com FE dentro da faixa encontrada no Grupo Controle, Grupo II com FE menor que o limite inferior do Grupo Controle e maior que 50%, e Grupo III com FE menor que 50%. Houve uma correlação entre estes grupos e intensidade dos sintomas de insuficiência cardÍaca (IC). Houve urna associação entre valores altos de PDF com valores altos de VDF, e moderada dispersão dos valores para VDF menores: assim, no Grupo I foram observados casos com PDF alta e volurnes normais ou pouco aumentados. Admitiu-se que nestes ca sos houve urna diminuição da complacência da câmara...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital

Abstract: Not informed
Subject: Coração - Doenças
Chagas, Doença de
Coração - Ventriculos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1983
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nogueira_EduardoArantes_D.pdf2.73 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.