Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312055
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Estudo clinico do alho fresco em voluntarios sadios : avaliação da agregação plaquetaria in vitro e in vivo e comportamento da pressão arterial atraves da MAPA in vivo
Author: Abib Junior, Eduardo
Advisor: De Nucci, Gilberto, 1958-
Nucci, Gilberto de, 1958-
Abstract: Resumo: Objetivo: Esta tese tem por objetivos: avaliar a agregação plaquetária e o comportamento da pressão arterial em três momentos (sem alho; alho dose única (3,5 g) e alho dose diária (3,5 g) duas vezes ao dia por 4 dias) em voluntários sadios; Analisar a resposta de agregação plaquetária in vitro adicionando extrato de alho diluído em PRP e por ultimo correlacionar os dados obtidos da analise da agregação com os parâmetros TxB2, GMPc entre in vivo e in vivo. Para Analise em in vivo foram selecionados dezoito (18) voluntários do sexo masculino, entre 18 a 45 anos, saudáveis, para estudo não randomizado, aberto e divididos em tres grupos (Grupo Sem alho; Grupo Com Alho Único e Grupo Alho Diário). Amostras de sangue dos voluntários foram coletadas de acordo com horários pré-estabelecidos. Após execução da agregação plaquetária, Pressão arterial através da MAPA e quantificação dos níveis de TXB2, foram realizadas análises estatisticas. Para analise in vitro foram selecionados 5 voluntários sadios, de ambos os sexos, isentos de qualquer medicação uma semana antes coleta. O sangue foi coletado e o PRP foi separado e adicionado extrato de alho em volume determinado. Após execução da agregação plaquetária e quantificação dos níveis de TXB2, foram tb realizadas análises estatisticas. Tendo estes dados tanto in vivo quanto in vivo procedeu-se a analise comparativa entre eles. Resultados : Na analise in vivo, tanto a agregação plaquetária quanto a inibição da formação de TxB2 não se observou diferença entre os outros grupos independente do agonista utilizado. Na analise in vitro, os resultados sugeriram que o extrato de alho, em quantidades pequenas, inibi a agregação plaquetária Os resultados se confirmaram com o TXB2, pois quantidades de extrato que foram capazes de inibir a agregação plaquetária induzida por todos agonistas, inclusive àquela induzida por AA, não causou diminuição significativa da síntese de TXA2 induzida por AA. Houve variação significativa da PA sistólica e FC com administração diária de alho fresco comparada ao sem alho e alho único. Conclusão: Concluímos que outros mecanismos podem estar envolvidos na inibição da agregação plaquetária que não da inibição da ciclooxigenase plaquetária quando utilizado o extrato de alho. Não há uma inibição da agregação plaquetária através da ação sobre a ciclooxigenase quando observado em voluntários que ingeriram alho fresco. A administração de alho in natura, pequenas quantidades (3,5g de dente de alho = 16 mg alicina/g de alho) pode contribuir para promover alterações no comportamento hemodinâmico como observado através da MAPA em voluntários sadios

Abstract: Objective: This thesis has as objectives: to evaluate the platelet aggregation and the behavior of blood pressure in three moments (control; garlic single dose (3,5 g) and garlic daily dose (3,5 g) twice a day for 4 days) in healthy volunteers; To analyze the in vitro platelet aggregation answer adding garlic extract diluted in PRP and the last to correlate the obtained data from the aggregation analysis with the TxB2, GMPc parameters between in vivo and in vivo. For the in vivo Analysis eighteen (18) healthy volunteers of the masculine gender between 18 and 45 years old were selected, for an open, non-randomized study and divided into three groups (Control; Group With Single Garlic and Group Daily Garlic). Samples of the volunteers' blood were collected according to the pre-established schedules. After execution of the platelet aggregation, blood Pressure through AMBP and quantification of TXB2 levels , statistical analyses were accomplished. For in vitro analysis 5 healthy volunteers of both genders were selected, free of any medication one week before collection. The blood was collected and the PRP was separated and added garlic extract in determined volume. After execution of the platelet aggregation and quantification of TXB2 levels, statistical analyses were also accomplished. Having these in vivo data as well in in vivo the comparative analysis between them was preceeded. Results: There was significant variation of the systolic BP and HR with daily administration of fresh garlic compared to control and single garlic. Regarding the platelet aggregation it was observed difference between the daily garlic group and the other two groups (P <0.005) when used agonist arachidonic acid. In the in vitro analysis, the results suggested that the garlic extract, in small amounts, can inhibit the platelet aggregation without affecting in a significant way the activity of ciclooxygenase. The results were confirmed with the TXB2, for amounts of extract that were capable to inhibit the platelet aggregation induced by all agonists, including that one induced by AA, didn't cause significant decrease of TXA2 synthesis induced by AA. Conclusion: We concluded that other mechanisms can be involved in the inhibition of the platelet aggregation other than the inhibition of the platelet ciclooxygenase when used the garlic extract. There is not an inhibition of the platelet aggregation through the action on the ciclooxygenase when observed in volunteers that ingested fresh garlic. The administration of garlic in natura, small quantities (3,5g garlic glove = 16 mg allicim/g garlic) can contribute to promote alterations in the hemodynamic behavior as observed through the AMBP in healthy volunteers
Subject: Monitorização hemodinamica
Plaquetas (Sangue)
Alho
Pressão arterial
Farmacocinética
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ABIB JUNIOR, Eduardo. Estudo clinico do alho fresco em voluntarios sadios: avaliação da agregação plaquetaria in vitro e in vivo e comportamento da pressão arterial atraves da MAPA in vivo. 2005. 92f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/312055>. Acesso em: 4 ago. 2018.
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
AbibJunior_Eduardo_D.pdf624.06 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.