Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312020
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.descriptionOrientador: Sergio Resende Carvalhopt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicaspt_BR
dc.format.extent122 p.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.typeTESEpt_BR
dc.titleO apoio institucional como estratégia de gestão em coletivos na saude mentalpt_BR
dc.title.alternativeReaching out to mental healthpt_BR
dc.contributor.authorPena, Ricardo Sparapan, 1977-pt_BR
dc.contributor.advisorCarvalho, Sérgio Resende, 1958-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicaspt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Saúde Coletivapt_BR
dc.subjectSaúde públicapt_BR
dc.subjectPolíticas públicas de saúdept_BR
dc.subjectGestão em saúdept_BR
dc.subjectSaúde mentalpt_BR
dc.subjectRelações pesquisador-sujeitopt_BR
dc.subject.otherlanguagePublic healthen
dc.subject.otherlanguageHealth public policiesen
dc.subject.otherlanguageHealth managementen
dc.subject.otherlanguageHealth mentalen
dc.subject.otherlanguageResearcher-subject relationsen
dc.description.abstractResumo: Esta pesquisa busca analisar a intervenção ativada pelo Apoio Institucional para a construção de redes de produção de saúde junto às equipes que atuam nos serviços de saúde localizados no território do Distrito de Saúde Leste (DSL), órgão da Secretaria Municipal de Saúde/Campinas/SP. Podemos destacar que o trabalho dos profissionais da Saúde Mental aparece como elemento central na constituição destas redes. Frente a este quadro, o desafio encontrado pelo Apoio Institucional é desconstruir esta centralidade, problematizando a ação da Saúde Mental junto às demais áreas estratégicas, a atuação das equipes no acolhimento aos usuários, assim como a construção de projetos terapêuticos baseados na integralidade das ações em saúde. Para tanto, faz-se necessário construir coletivamente pactos de gestão que alinhem o trabalho em saúde neste território aos investimentos apontados pelas atuais políticas públicas em curso no campo da Saúde Mental, o que configura o cenário de práticas do Apoio. No curso desta intervenção, as ações operacionalizadas se dão pela presença constante do apoiador institucional nos serviços de saúde e também nos espaços coletivos de gestão do DSL, os quais se constroem cotidianamente. Para a análise da intervenção, os espaços eleitos para a construção dos diários de campo que forneceram os materiais empíricos desta pesquisa são as reuniões semanais entre trabalhadores e apoiadores da saúde mental e de outras áreas, sediadas no DSL e coordenadas pelos apoiadores institucionais ligados ao campo da Saúde Mental. A análise dos materiais produzidos nestes espaços de gestão busca compor uma cartografia do Apoio Institucional, sendo que o referencial teórico utilizado para este empreendimento cartográfico consiste na produção brasileira no campo da Saúde Coletiva, assim como no estudo da Análise Institucional e dos pensadores da diferença. A intervenção do Apoio Institucional é contínua e seus efeitos geram ações de cuidado que podem ser observadas e analisadas ao longo do tempo. Neste estudo, concentramos o trabalho de campo entre os anos de 2011 e 2012pt
dc.description.abstractAbstract: This research seeks to analyze the intervention enabled by Institutional Support for the construction of production networks with the health staff working in health services located within the Eastern Health District, an agency of the Municipal Health/Campinas/SP. We highlight, firstly, that the work of Mental Health's professionals appears as a central element in the formation of these networks. Facing this situation, the challenge faced by Institutional Support is to deconstruct this centrality, questioning the action of Mental Health along with other strategic areas, the teams' work hosting the users, as well the development of therapeutic projects based on completeness of shares health. Therefore, it is necessary to build collectively management pacts that align health work in this area indicated by the current investment policies in progress in the field of Mental Health, which sets the scene for the support practices. In the course of this intervention, actions occur operationalized by the constant presence of supportive institutional health services and also in collective spaces of the District, which are built daily. For the analysis of the intervention, the spaces chosen for the construction of field diaries that provided the empirical material of this study are weekly meetings between workers and supporters of mental health and other areas, based on District and coordinated by institutional supporters connected to the field of Mental Health. The analysis of the material produced on those managements spaces seeks to compose a map of Institutional Support. The theoretical basis for this venture is to produce cartographic Brazilian in the field of Health as well as the study of Institutional Analysis and Difference's thinkers. The intervention of Institutional Support is ongoing and its effects generate care actions that can be observed and analyzed over time. We concentrated our field study between the years 2011 and 2012en
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2012pt_BR
dc.identifier.citationPENA, Ricardo Sparapan. O apoio institucional como estratégia de gestão em coletivos na saude mental. 2012. 122 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/312020>. Acesso em: 22 ago. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelDoutoradopt_BR
dc.description.degreedisciplinePolítica, Planejamento e Gestão em Saúdept_BR
dc.description.degreenameDoutor em Saude Coletivapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameLima, Elizabeth Maria Freire de Araujopt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameBarros, Maria Elizabeth Barros dept_BR
dc.contributor.committeepersonalnameCampos, Rosana Teresa Onockopt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameOliveira, Gustavo Nunes dept_BR
dc.date.defense2012-12-19T00:00:00Zpt_BR
dc.date.available2018-08-22T21:15:04Z-
dc.date.accessioned2018-08-22T21:15:04Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-08-22T21:15:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pena_RicardoSparapan_D.pdf: 1316668 bytes, checksum: e39d5dfa3c381d8bf51780013c89b322 (MD5) Previous issue date: 2012en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312020-
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pena_RicardoSparapan_D.pdf1.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.