Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/312005
Type: TESE
Title: Influencia da posição corporal na medida da pressão inspiratoria maxima (PImax) e da pressão expiratoria maxima (PEmax) em voluntarios adultos sadios
Title Alternative: Influency of body position in the measurement of maximal inspiratory pressure (Pimax) and maximal expiratory pressure (Pemax) in adult healthy volunteers
Author: Roquejani, Augusto Cesar
Advisor: Araújo, Sebastião, 1954-
Abstract: Resumo: As medidas da PImáx e PEmáx são utilizadas para avaliar a força da musculatura respiratória. Porém, o efeito da posição corporal sobre essas medidas não se encontra bem estabelecido na literatura. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência de diversas posições corporais nos valores da PImáx e PEmáx. MÉTODO: Foi realizado um estudo prospectivo e aberto, em que foram avaliados 50 indivíduos saudáveis (25 homens e 25 mulheres), com idade entre 18 e 55 anos, em sete diferentes decúbitos [sentado (PRE), Trendelenburg (TREND), prona, 0°, decúbitos lateral direito (DLD) e esquerdo (DLE) e 45°]. Foram também analisadas as influências do sexo sobre essas variáveis. RESULTADOS: O maior valor da PImáx (média ± DP) foi de -79,4 ± 21,7 cmH2O em 45° nas mulheres e de -82,8 ± 21,3 cmH2O em DLD no homem (p = NS) e o menor em TREND (-64,3 ± 21,6 cmH2O versus -79,1 ± 22,3 cmH2O; p < 0,05). Com relação à PEmáx todos os valores no sexo masculino foram maiores que no feminino (p < 0,0001), sem influência da posição corporal. CONCLUSÕES: Determinadas posições corporais e o sexo influenciaram nas medidas de PImáx. Com relação às medidas da PEmáx, apenas a influência do sexo foi significativa

Abstract: Measurements of PImax and PEmax are useful to evaluate respiratory muscle strength. However, the effects of body position on these variables are not well established in the literature. The objective if this study was to evaluate the influence of different body positions on PImax and PEmax values. METHODS: Prospective, open label study, in which 50 adult healthy volunteers (25 males e 25 females), aging 18-55 years, were evaluated in seven different positions: sitting (PRE), Trendelenburg (TREND), prone, 0°, right lateral (RLD) and left lateral (LLD) decubitus and 45°. The influence of gender on these variables was also analyzed. RESULTS: The greatest Plmax value (mean ± SD) was -79.4 ± 21.7 cmH2O at 45° in females and -82.8 ± 21.3 cmH2O at RDL in males (p=NS) and the smallest at TREND (-64,3 ± 21.6 cmH2O versus -79.1 ± 22,3 cmH2O; p<0.05). PEmax values were ever greater in males than in females (p < 0.0001), without influence of body position. CONCLUSIONS: In adult healthy volunteers, some body positions and gender have had significant influence on PImax values. Otherwise, PEmax values have been influenced only by gender.
Subject: Testes funcionais dos pulmões
Capacidade pulmonar
Ventilação voluntaria maxima
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Roquejani_AugustoCesar_M.pdf2.55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.