Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311942
Type: TESE
Title: Perfil sorológico e avaliação parasitológica pela nested-PCR e hemocultura de indivíduos tratados com benzonidazol para a infecção por Trypanosoma cruzi
Title Alternative: Serological profile and parasitological evaluation with neste-PCR and hemoculture of benzonidazol treated individuals for Trypanosoma cruzi infection
Author: Aguiar, Camila de, 1986-
Advisor: Costa, Sandra Cecília Botelho, 1951-
Abstract: Resumo: A doença de Chagas afeta aproximadamente 9 milhões de pessoas em todo mundo, sendo a maioria dessa população constituída de indivíduos cronicamente infectados, o que a caracteriza como um importante problema de saúde pública. O seu agente etiológico é o protozoário Trypanosoma cruzi, transmitido, principalmente, por meio de insetos vetores triatomíneos. Outras formas de transmissão podem ocorrer via transfusão sanguínea, congênita, oral ou acidental. Durante a fase aguda da doença, o diagnóstico laboratorial é baseado na observação direta do parasito, através de exames microscópicos de amostras de sangue de indivíduos infectados. Na fase crônica, devido à parasitemia intermitente e ao aumento de anticorpos anti-T. cruzi, são utilizados métodos sorológicos convencionais (IFI e ELISA) para o diagnóstico. Como métodos confirmatórios, podem ser usados testes parasitológicos indiretos (hemocultura e xenodignóstico), porém, ambos apresentam baixa sensibilidade nessa fase. O tratamento etiológico da infecção por Trypanosoma cruzi tem como objetivo a eliminação do parasito, o que pode retardar a evolução clínica da infecção e prevenir lesões futuras características da doença, como o comprometimento do tecido cardíaco ou de órgãos do trato digestivo. Há dois medicamentos principais para a terapêutica da doença de Chagas: o nifurtimox (indisponível no Brasil) e o benzonidazol, ambos com efeitos colaterais importantes. A eficácia do tratamento é maior em pacientes tratados na fase aguda da infecção ou naqueles que se encontram recentemente na fase crônica da doença. O maior problema do tratamento, além da baixa eficácia quando aplicado à fase crônica, é a avaliação do critério de cura. As técnicas parasitológicas disponíveis são pouco sensíveis para detecção do parasito e resultados negativos não indicam, necessariamente, cura. Além disso, os testes sorológicos convencionais geralmente permanecem positivos por um longo período após o tratamento, tornando-os inadequados para a monitoração terapêutica. Atualmente, estudos relatam a eficiência da técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR) como uma ferramenta para a monitoração adequada do tratamento etiológico da doença de Chagas. Assim, o presente estudo objetivou avaliar a nested-PCR (N-PCR) como uma alternativa na determinação da eficácia do tratamento etiológico com benzonidazol, comparando-a com os testes sorológicos convencionais e a hemocultura. Para isso, realizou-se um estudo retrospectivo em pacientes que realizaram o tratamento corretamente entre 1980 e 2010, todos com testes sorológicos e/ou parasitológicos positivos para doença de Chagas antes do tratamento. Dos 29 pacientes incluídos no estudo, 14 (48,3%) apresentaram resultados positivos pela N-PCR, 12 (41,4%) apresentaram resultados negativos e 3 (10,3%) inconclusivos. Em relação à hemocultura, todos os pacientes (100%) tiveram resultados negativos. Os testes sorológicos mantiveram-se positivos após o tratamento em 27/29 (93%) dos casos, sendo 7% de resultados inconclusivos. Portanto, pode-se concluir que a avaliação de cura da doença de Chagas apresenta uma grande dificuldade para o controle dessa enfermidade e que a técnica de N-PCR pode contribuir com o estabelecimento de critérios confiáveis para a determinação da eliminação do parasito após tratamento específico, além de constatação precoce de falha terapêutica

Abstract: Chagas disease affects 9 million persons around the world, the major of them chronic infected individuals, characterizing it as an important public health problem. Etiologic agent, named Trypanosoma cruzi, is a protozoan transmitted by triatominae insects. Other routes of transmission are via blood transfusion, congenital, oral or accidental. During the acute phase, laboratorial diagnosis are based on direct visualization of parasites on blood by microscopic tests. In chronic stage, because of the intermittent parasitemia and increased anti-T. cruzi antibodies, conventional serology (IIF and ELISA) is used for diagnosis. Hemoculture and xenodiagnosis could be performed as confirmatory methods, however, both are low of sensitivity in this stage. Etiologic treatment of T. cruzi infection is focused on the elimination of the parasites, which should arrest the evolution of the disease and avert its irreversible long-term consequences such as cardiac and digestive damage. There are two drugs for specific treatment of Chagas disease: nifurtimox (not available in Brazil) and benzonidazole, both of them with considerable adverse effects. Therapeutic efficacy is more significant in the acute and recent chronic phase of infection. Besides the low efficacy of treatment in chronic patients, the major problem is the criteria of cure. Parasitological methods of routine are poor of sensitivity and negative results do not indicate cure, necessarily. In addition, conventional immunological tests remain positive during a long time after treatment and are not indicated to monitor chemotherapy. Recently, authors reported the usefulness of polymerase chain reaction (PCR) as an efficient tool of etiological treatment evaluation in Chagas disease. This work aimed to evaluate nested-PCR (N-PCR) as an alternative to determinate efficacy of etiological treatment with benzonidazole in comparison to serology and hemoculture. It was carried out a retrospective study in treated patients between 1980-2010, all of them with positive serological and/or parasitological tests before treatment. Out of 29 individuals studied, 14 (48,3%) had positive N-PCR, 12 (41,4%) had negative and 3 (10,3%) inconclusive results. All patients (100%) had negative hemoculture and serology was positive in 27/29 (93%) of the cases, with 7% of inconclusive results. We conclude that criteria of cure is a great difficulty of Chagas disease control and N-PCR assay may contribute to determinate parasite clearance as well earlier therapeutic failure
Subject: Chagas, Doença de
Trypanosoma cruzi
Reação em cadeia da polimerase
Terapêutica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Aguiar_Camilade_M.pdf818.19 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.