Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311909
Type: TESE
Degree Level: Universidade Estadual de Campi
Title: Detecção da carga viral dos herpesvirus HHV-5 (citomegalovirus) e HHV-6 pela reação em cadeia da polimerase em tempo real e transcrição reversa acoplada a nested-PCR em pacientes receptores de transplante de celulas tronco hematopoieticas
Title Alternative: Detection of herpesvirus HHV-5 (cytomegalovirus) and HHV-6 viral load by real time polymerase chain reaction and reverse transcription nested polymerase chain reaction in hematopoietic stem cell transplantation recipients
Author: Costa, Claudia Raquel Cantarelli
Advisor: Costa, Sandra Cecília Botelho, 1951-
Abstract: Resumo: O cytomegalovirus humano (HCMV) e o herpesvirus humano 6 (HHV-6) são ß-herpesvirus com homologia superior a 67% e alta soroprevalência na população adulta. A infecção primaria por estes herpesvirus ocorre comumente na infância e é normalmente subclinica, ou pode causar mononucleose (HCMV) ou exantema súbito (HHV-6) sendo resolvidos na maioria dos casos sem complicações. Após a infecção primária os vírus permanecem no hospedeiro por toda vida podendo ser reativado de seu estado de latência em indivíduos adultos imunocomprometidos como os receptores de células tronco hematopoiéticas (TCTH). A reativação ou reinfecção por estes vírus causam serias complicações em pacientes submetidos ao transplante de células tronco hematopoiéticas como pneumonia intersticial, febre, gastroenterite, mielossupressão, encefalite e doença do enxerto contra o hospedeiro (GVHD). A reativação do HHV-6 após o transplante é associada com o desenvolvimento de infecções oportunistas, doença causada pelo citomegalovírus humano e possíveis episódios de rejeição aguda. Com efetivos tratamentos antivirais disponíveis, um monitoramento adequado destes vírus distinguindo entre latência e reativação é critico para estes pacientes. Monitoramos 30 pacientes submetidos à TCTH quanto a infecção ativa por HCMV e HHV-6 pelas técnicas de nested-PCR em soro e células, PCR- em tempo real em soro e células e transcrição reversa acoplada a nestedPCR (RT-nPCR). 29 pacientes (96,66%) apresentaram infecção ativa por HCMV sendo 21 pacientes (70%) pela nested-PCR em células, 17 pacientes(56,66%) pela neste-PCR em soro ,23 pacientes(76,67%) pela PCR em tempo real em células,19 pacientes (63,33%) pela PCR em tempo real em soro e 15 pacientes (53,3%) pela RT-nPCR. 25pacientes (83,33%) apresentaram infecção ativa por HHV-6, sendo 14 pacientes (46,7%) pela nested-PCR em células, 2 pacientes(6,6%) pela PCR em tempo real em células,23 pacientes (76,67%) %) pela PCR em tempo real em soro e 9 pacientes (30%) pela RT-nPCR. Todos os pacientes que apresentaram infecção ativa por HCMV apresentaram também presença do HHV-6, e 25 pacientes (83,33%) apresentaram co-infecção HCMV/HHV-6, sendo a infecção por HHV-6 precoce em relação ao HCMV. O presente estudo encontrou também associação entre infecção ativa por HCMV e doença do enxerto contra o hospedeiro.

Abstract: Human cytomegalovirus (HCMV) and human herpesvirus type 6 (HHV-6) are ß-herpesvirinae extremely closely related with a homology > 67% with a high seroprevalence in the adult population. Primary infection commonly appears in early childhood and is usually subclinical, or may cause mononucleosis (HCMV) or febrile illness, including exanthema subitum (HHV-6), solving, in the majority of cases, without complications. After primary infection, the viruses persist in the infected individual through life and can be reactivated from their state of latency in immunocompromised hosts. Reactivation or reinfection causes severe clinical diseases in patients who underwent hematopoietic stem cell transplantation, like interstitial pneumonia, fever, gastroenteritis, myelossupression, encephalitis and graft-versus-host-disease (GVHD). A potential increase in virulence of HHV-6 in the course of a simultaneous CMV reactivation, leading to a great risk of CMV-associated disease. In this present study, 30 patients who received HSCT were monitoring for active HCMV and HHV-6 infection by Nested PCR in serum and peripheral blood leukocytes (PBL) samples, real time PCR in serum and PBL and RT-nPCR. In 29 patients (96,66%) active HCMV infection was detected: 21 patients (70%) by PBL nested-PCR, 17 patients (56,66%) by serum neste-PCR, 23 patients(76,67%) by PBL real-time-PCR,19 patients (63,33%) by serum real-time-PCR and 15 patients (53,3%) by RT-nPCR. In 25 patients (83,33%) active HHV-6 infection was detected : 14 patients (46,7%) by PBL nested-PCR, 2 patients(6,6%) by PBL real time -PCR,23 patients (76,67%) by serum real time-PCR and 9 patients (30%) by RT-nPCR. In all patients who had active HCMV infection, HHV-6 DNA was detected. 25 patients (83,33) had HCMV/HHV-6 co-infection, and the active HHV-6 infection was detected earlier in the majority of the cases. Our results showed a correlation between GVHD and active HCMV infection and detection of active HCMV infection by serum nested-PCR and PBL and serum real time-PCR.
Subject: Citomegalovírus
Reação em cadeia da polimerase
Transplante de células-tronco hematopoéticas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: COSTA, Claudia Raquel Cantarelli. Detecção da carga viral dos herpesvirus HHV-5 (citomegalovirus) e HHV-6 pela reação em cadeia da polimerase em tempo real e transcrição reversa acoplada a nested-PCR em pacientes receptores de transplante de celulas tronco hematopoieticas. 2009. 189 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/311909>. Acesso em: 14 ago. 2018.
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Costa_ClaudiaRaquelCantarelli.pdf4.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.