Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311905
Type: TESE
Title: Ecocardiograma como ferramenta de triagem na avaliação de rejeição cardíaca no coração transplantado
Title Alternative: Echocardiogram as screening tool in the assessment of rejection in cardiac heart transplanted
Author: Miguel, Gabriel Antonio Stanisci, 1978-
Advisor: Ordinola Rojas, Salomon Soriano
Rojas, Salomon Soriano Ordinola
Abstract: Resumo: Introdução: O transplante (TC) cardíaco é uma alternativa para os indivíduos com doença cardíaca terminal. Na evolução pós-TC, a ocorrência de episódios de rejeição é um evento frequente, sendo responsável pelo aumento da morbi-mortalidade. Uma alternativa relevante seria o emprego de um exame não invasivo que tivesse uma boa acurácia na detecção das alterações da função sisto-diastólica do coração transplantado, pois a biópsia endomiocárdica (BEM) não é um procedimento isento de complicações. Objetivo: Analisar o Índice de Performance Miocárdica como ferramenta para o diagnóstico de rejeição cardíaca e demonstrar sua possibilidade de triagem na seleção de pacientes para BEM. Método: Foram realizados ecocardiogramas transtorácicos no período de janeiro de 2006 a janeiro de 2008, para a avaliação prospectiva de 58 pacientes; sendo 17 pacientes (29,3 %) pertencentes ao grupo controle (grupo GC), 22 (37,9%) pertencentes ao grupo de pacientes transplantados sem rejeição (TX0) e 19 (32,9%) pertencentes ao grupo de pacientes transplantados com rejeição (TX1). Comparou-se a função sisto-diastólica entre os três grupos (GC, TX0, TX1). O teste de Qui-quadrado foi utilizado para verificar se as proporções de gênero e raça eram homogêneas. Para a comparação entre os três grupos, foi utilizado a ANOVA, em caso de normalidade (verificada por meio do teste de Kolmogorov-Smirnov) e homocedasticidade (verificada por meio do teste de Levene) entre as variáveis; caso contrário, optou-se por utilizar o teste não-paramétrico de Kruskal-Wallis. O nível de significância utilizado para os testes foi de 5%. Resultados: Os grupos não diferiram em relação à idade [38,47 (±11,17) X 41,18 (±13,83) X 45,95 (±12,87) p = 0,212], ao peso [71,95 (±15,90) X 68,68 (±13,14) X 66,09 (±11,91) p = 0,442], altura [1,66 (±0,11) X 1,67 (±0,05) X 1,68 (±0,06) p = 0,894] e superfície corpórea [1,82 (±0,25) X 1,78 (±0,18) X 1,75 (±0,17) p = 0,603]. O grupo GC quando comparado com o grupo TX0, apresentou alteração da função sisto-diastólica do ventrículo esquerdo, expressa através do aumento do IPM, sendo esta mais intensa nos pacientes do grupo TX1 [0,38 (0,29 - 0,39) X 0,47 (0,42 - 0,49) X 0,60 (0,52 - 0,71) p <0,001]. Conclusão: Foi evidenciado que o ÍPM encontra-se bastante aumentado nos pacientes transplantados com rejeição em relação aos pacientes transplantados sem rejeição e também em relação ao controle; portanto, este índice mostrou-se como informação não invasiva e de boa acurácia na detecção das alterações da função sisto-diastólica do coração transplantado, podendo auxiliar na triagem de pacientes transplantados, clinicamente descompensados e que anteriormente seriam submetidos à biópsia de rotina

Abstract: Introduction: The transplant (TC) cardiac is an alternative for the individuals with terminal cardiac illness. In the evolution after TC, the occurrence of rejection episodes is a frequent event, being responsible for the increase of morbi-mortality. An excellent alternative would be the job of a not invasive examination that had a good acurácia in the detention of the alterations of the diastolic function of the transplantated heart, therefore the endomyocardial biopsy (EMB) is not an exempt procedure of complications. Objective: Analyze the Myocardial Performance Index (MPI) as a tool for the diagnosis of cardiac rejection and demonstrate their ability to triage in the selection of patients for EMB. Methods: Transthoracic echocardiograms in the period of January of 2006 had been carried through the January of 2008, for the prospective evaluation of 58 patients; being 17 patients (29,3%) pertaining to the group it has controlled (group GC), 22 (37,9%) pertaining to the group of patients transplantated without rejection (TX0) and 19 (32,9%) pertaining ones to the group of patients transplantated with rejection (TX1). It was compared sisto-diastolic function between the three groups (GC, TX0, TX1). The Qui-quadrado test was used to verify that the proportions of gender and race were homogeneous. For comparison between groups, ANOVA was used, in case of normality (verified by the Kolmogorov-Smirnov test) and homoscedasticity (verified by Levene's test) between the variables; otherwise opted to using the nonparametric Kruskal-Wallis test. The significance level used for the tests was 5% Results: The groups did not differ in age [38,47 (±11,17) X 41,18 (±13,83) X 45,95 (±12,87) p = 0,212], weight [71,95 (±15,90) X 68,68 (±13,14) X 66,09 (±11,91) p = 0,442], height [1,66 (±0,11) X 1,67 (±0,05) X 1,68 (±0,06) p = 0,894] and body surface area [1,82 (±0,25) X 1,78 (±0,18) X 1,75 (±0,17) p = 0,603]. The GC group compared with the group TX0, had an alteration of the systolic-diastolic function of left ventricle, expressed by increasing the Miocardic Performance Index (IPM), which is more significant for patients in group TX1 [0,38 (0,29 - 0,39) X 0,47 (0,42 - 0,49) X 0,60 (0,52 - 0,71) p <0,001]. Conclusion: It was shown that the PMI is greatly increased in patients with transplant rejection compared to patients transplanted without rejection and also in relation to the control, so this index proved to be as non-invasive and accurate method for the detection of changes in systolic and diastolic function of the transplanted heart to assist in screening transplant patients clinically decompensated and who previously underwent biopsy would be routine
Subject: Coração - Transplante
Rejeição de enxertos
Ecocardiografia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Miguel_GabrielAntonioStanisci_D.pdf3.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.