Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311858
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Familias de jovens que tentam suicidio
Author: Mioto, Regina Celia Tamaso
Advisor: Cassorla, Roosevelt Moises Smeke, 1945-
Abstract: Resumo: A tentativa de suicídio pode ser considerada o ponto culminante de um processo no qual está envolvida uma multiplicidade de fatores tanto de ordem individual como de ordem sócio-cultural. Esta tese dedica-se ao estudo das famílias de jovens com tentativa de suicídio. É um estudo de natureza qualitativa que se desenvolve a partir do método clínico. Através da discussão do método e de sua articulação com a pesquisa, procura-se responder à pergunta central: Por que uma família, num dado momento de sua história, tem um jovem tentando suicídio? A resposta é construída por dois caminhos: o primeiro resgata a literatura sobre a tentativa de suicídio e os estudos sistêmicos e psicanalíticos sobre família, o segundo efetua a análise das entrevistas com famílias, considerando a história, a dinâmica e a estrutura familiar. Nesta perspectiva, a tentativa de suicídio é interpretada como uma das formas de expressão dos conflitos familiares. Acumulando-se ao longo de uma infância comprometida, estes conflitos se agravam no momento da adolescência familiar. O desejo de morte expresso na tentativa de suicídio é entendido como um sentimento que subjaz às relações familiares e que faz parte de sua estrutura inconsciente. Este desejo é atuado pelo jovem num momento marcado pelo desespero e desesperança, não só do próprio jovem mas também de sua família.

Abstract: Suicidal attempt can be considered the turning point of a process in which several factors interfere, be them personal as well as social and cultural ones. This piece of work is dedicated to the study of families whose youngsters have tried to commit suicide. It is based on a qualitative approach developed upon the clinical method. The discussion of the method and its unfolding in the research leads one to a central question: Why does a family, at a certain point in its history, have a young member trying to commit suicide? The answer is drawn from two different roads: the first one goes through the literature on suicide tendency, and systemic and psychoanalytic studies about the family; the second one involves the analysis of the interviews with families, taking into account their history, dynamic and structure. In such an approach, the suicidal attempt is interpreted as a means of expressing family conflicts. These conflicts, which increase over a strayed childhood, are worsened duringfamily adolescence. Death desire expressed through the suicide tendency is understood as a feeling underlying family relationships, part of its unconscious structure. Such desire is triggered by the youngster in a desperate and hopeless moment - not only his/hers but also his/her family's.
Subject: Família
Jovens
Suicídio
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MIOTO, Regina Celia Tamaso. Familias de jovens que tentam suicidio. 1994. 283f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/311858>. Acesso em: 21 jul. 2018.
Date Issue: 1994
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mioto_ReginaCeliaTamaso_D.pdf5.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.