Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311824
Type: TESE
Title: Ensaio clínico aleatorizado de crioterapia intra-operatória versus fotocoagulação pós-operatória a laser para retinopexia na cirurgia de introflexão escleral
Title Alternative: Randomized clinical trial cryotherapy intra-operative versus laser photocoagulation postoperative in scleral buckle surgery
Author: Takasaka, Iuuki, 1980-
Advisor: Lira, Rodrigo Pessoa Cavalcanti, 1973-
Abstract: Resumo: Introdução: O descolamento de retina regmatogênico (DRR), uma das causas de cegueira, tem uma incidência anual de cerca de 6,3 - 17,9/100.000 habitantes na população mundial, e se não tratado pode levar a cegueira devido a degeneração das camadas retinianas. O uso de introflexão em conjunto com as adesões coriorretinianas em torno da rotura retiniana forma a base do tratamento para muitos DRR simples. A crioterapia realizada para retinopexia intra-operatoria tem sido implicada no desenvolvimento de pucker macular e vitreorretinopatia proliferativa. Eliminar a crioterapia da cirurgia convencional de introflexão poderia não afetar o resultado do sucesso anatômico e melhorar a recuperação visual. Objetivo: O objetivo primário deste ensaio clínico randomizado foi comparar a taxa de reaplicação retiniana e secundariamente os resultados da acuidade visual em pacientes com DRR que se submeteram a cirurgia de introflexão escleral e retinopexia com a crioterapia intra-operatória versus fotocoagulação a laser pós-operatório (um mês após a cirurgia). Método: É um ensaio clínico aleatorizado, mascarado, realizado em um único centro, composto por 86 pacientes submetidos à cirurgia de introflexão escleral. Os pacientes foram aleatorizados para serem submetidos à cirurgia de introflexão escleral e retinopexia com crioterapia intraoperatória (criopexia) ou retinopexia com fotocoagulação a laser pós operatória de 30 dias (laserpexia) após o procedimento. O desfecho primário foi avaliar a taxa de reaplicação retiniana no seguimento pós-operatório em 1 semana. Os desfechos secundários foram avaliar as taxas de reaplicação retiniana, as taxas de reoperação, as taxas de complicações pós-operatórias e recuperação da acuidade visual, em 1 mês e 6 meses de seguimento pós-operatório. Resultados: Foram incluídos 86 olhos de 86 pacientes a serem submetidos introflexão escleral. A amostra foi constituída de 43 pacientes pertencentes ao grupo laserpexia e 43 pacientes atribuídos ao grupo criopexia. Os dados demográficos foram semelhantes nos dois grupos. A taxa de sucesso anatômico em 1 semana, 1 mês e 6 meses foram semelhantes nos dois grupos, respectivamente, 93% (40 pacientes), 100% e 100% no grupo criopexia e 95,3% (41 pacientes), 100% e 100% no grupo da laserpexia (P, respectivamente, 0,5; 1,0 e 1,0). Três pacientes do grupo criopexia e 2 do laserpexia foram submetidos a uma cirurgia adicional (vitrectomia via pars plana) após a falha primária em 1 semana de seguimento. As complicações pós-operatórias foram semelhantes nos dois grupos, com exceção do edema de pálpebras. A recuperação visual foi mais lenta no grupo da crioterapia. A diferença na AV após 6 meses não foi significativa. Conclusão: Em pacientes com descolamento de retina regmatogênico sem complicações, ambas as técnicas de retinopexia mostraram resultados anatômico e funcional satisfatórios. A opção por laserpexia oferece recuperação visual mais rápida com menos complicações, porém requer uma segunda intervenção e maior custo em relação a criopexia

Abstract: Introduction: Rhegmatogenous retinal detachment (RRD), one of causes of blindness, has an annual incidence of about 6.3 to 17.9/100.000 people in the world population, and if untreated can lead to blindness due to degeneration of the retinal layers. The use of scleral buckles combined with chorioretinal adhesions around the retinal tear forms the basis of treatment for many simple RRD. Cryotherapy for retinopexy performed intraoperatively has been implicated in the development of macular pucker and proliferative vitreoretinopathy. Eliminating cryotherapy of conventional surgery might not affect the outcome of anatomic success and improve visual recovery. Objective: The aim of this randomized clinical trial was to compare the rate of retinal reapplication and secondly the results of visual acuity in patients with rhegmatogenuos retinal detachment who underwent surgery with scleral buckle retinopexy and intraoperative cryotherapy versus laser photocoagulation postoperatively (one month after surgery). Method: A randomized, masked, performed in a single center, comprising 86 patients undergoing scleral buckle surgery. Patients were randomized to undergo surgery, scleral buckle retinopexy with cryotherapy and intraoperative (criopexy) or postoperative retinopexy with photocoagulation 30 days (laserpexy) after the procedure. The primary endpoint was to evaluate the rate of replication in retinal postoperative follow-up within 1 week. Secondary endpoints were to evaluate retinal reapplication rates, reoperation rates, rates of postoperative complications and recovery of visual acuity at 1 month and 6 months postoperative follow-up. Results: We included 86 eyes of 86 patients undergoing scleral buckle. The sample consisted of 43 patients belonging to the group laserpexy and 43 patients assigned to the group criopexy. Demographic data were similar in both groups. The anatomic success rate in 1 week, 1 month and 6 months were similar in both groups, respectively, 93% (40 patients), 100% and 100% in criopexy and 95.3% (41 patients), and 100% 100% in group laserpexy (P, respectively, 0.5, 1.0 and 1.0). Three patients of group criopexy and 2 of laserpexy underwent additional surgery (pars plana vitrectomy) after the primary failure at 1-week follow-up. The postoperative complications were similar in both groups, except for edema of the eyelids. The visual recovery was slower in the cryotherapy group. The difference in VA after 6 months was not significant. Conclusion: In patients with uncomplicated rhegmatogenuos retinal detachment, both techniques of retinopexy showed satisfactory anatomical and functional results. The choice of laserpexy offers faster visual recovery with fewer complications, but requires a second intervention and higher cost compared to criopexy
Subject: Descolamento de retina
Laser
Crioterapia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Takasaka_Iuuki_M.pdf2.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.